Fátima repete tática de Robinson para discutir crise financeira do RN

Fátima Bezerra se reuniu com senadores e deputados federais para tratar da questão financeira do Rio Grande do Norte — Foto: Elisa Elsie
Fátima foi orientada por João Maia e sua irmã Zenaide Maia, assim como na época dela Robinson fez isso e não resolveu nada com esse tipo de ajuda

A governadora Fátima Bezerra se reuniu nesta segunda-feira (21), em Natal, com deputados e senadores potiguares para repetir o que ex-governador Robinson Faria, fazia pedir ajuda do governo federal e recebeu o mesmo apoio e compromisso da bancada federal do RN concedeu ao seu antecessor para obtenção dos recursos extras.

Com a desconfiança da governadora do PT, os deputados federais e senadores vão assinar, junto com Fátima, um pedido de audiência com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Fátima Bezerra seguindo o manual do ex-governador Robinson com o ex-presidente Temer, ela pediu a união e o apoio das bancadas para as medidas que precisarão ser adotadas junto ao Governo Federal, como a liberação dos recursos da antecipação dos royalties do petróleo, a aprovação da repartição com Estados e municípios da cessão onerosa pela exploração de gás e petróleo, conclusão de obras como a Reta Tabajara, o complexo da Avenida Maria Lacerda e de obras de habitação e de segurança hídrica como a conclusão da barragem de Oiticica, no município de Jucurutu.

Votação aberta para presidente do Senado é casuísmo, diz Cid Gomes

cid gomes fabio rodrigues pozzebom abr

O ex-governador Cid Gomes (PDT-CE) se prepara para assumir seu primeiro mandato no Congresso Nacional como um dos líderes do recém-criado bloco oposicionista formado por PDT, PSB, Rede e PPS. O primeiro desafio, brinca, é conseguir reunir senadores no recesso. “Vim a Brasília [na semana passada] e só consegui encontrar dois.”

Mas a grande tarefa inicial é construir uma candidatura à presidência do Senado que concilie, segundo ele, o sentimento predominante na Casa: alguém que não pregue oposição radical ao governo, nem seja alinhado automaticamente ao presidente Jair Bolsonaro. Pelo primeiro motivo, o grupo quer se desvencilhar do PT. E, com o receio de incorrer em uma situação ou outra, não quer a volta de Renan Calheiros (MDB-AL) ao comando do Senado.

Na próxima sexta-feira (25) o bloco vai se reunir em Brasília na busca de um nome de consenso para enfrentar Renan – até agora o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) é o mais cotado para encarnar esse papel. Cid defende que a discussão seja feita sem maniqueísmos e casuísmos. Edson Sardinha – Congresso Em Foco

Leia maisVotação aberta para presidente do Senado é casuísmo, diz Cid Gomes

Guamaré gasta com saúde dez vezes mais que Assú

De acordo com publicação de levantamento do Conselho Federal de Medicina, divulgado nesta segunda-feira (21), sobre os investimentos realizados pelas prefeituras dos mais de 5 mil municípios do país, a Prefeitura de GUamaré investiu 10 vezes mais do que o prefeito do Assu e médico Gustavo Soares, irmão do líder e deputado George Soares, em 2017.

Enquanto Guamaré gastou com saúde R$ 2.298,86 aplicados pela Prefeitura por ano por cada habitante, o prefeito e médico Gustavo Soares que mora em Natal e como sócio investiu na construção de luxuosa clínica de ortopedia em Mossoró – aplicou apenas R$ 280,62 na terra natal que lhe paga salário mensal de R$ 18 mil como chefe do executivo.

A média nacional é de investimento de R$ 403 por ano por habitante. Dos 167 municípios do RN, 95 gastam menos que esse valor, anualmente. Os dados foram divulgados hoje pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e são de 2017

Tribunal condena Estado a pagar R$ 17 milhões a Queiroz Galvão e Construbase

Foto aérea mostra a ponte Newton Navarro, inaugurada em novembro de 2007. Edificação é considerada a mais alta ponte estaiada (suspensa por cabos) do país — Foto: Canindé Soares
Ponte Newton Navarro, é considerada a mais alta ponte estaiada (suspensa por cabos) do país — Foto: Canindé Soares

O Estado do Rio Grande do Norte foi condenado a pagar à Construbase Engenharia Ltda. e à Construtora Queiroz Galvão S.A. a quantia total de R$ 17.608.151,32 como adimplemento de parte das contraprestações pecuniárias impostas ao estado em relação ao Contrato de nº 072/2004-SIN, firmado entre as empresas e o Executivo, por intermédio da Secretaria de Infraestrutura, para a edificação das obras relativas à construção da ponte Forte-Redinha (Ponte Newton Navarro), em Natal.

O valor referente à execução de obras para a construção da nova ponte sobre o Rio Potengi, na cidade de Natal, mediante o regime de empreitada por preço unitário, é composto por: R$ 14.950.359,40, a título de valor principal dos serviços executados; R$ 2.103.515,57, referente a reajuste do valor das referidas prestações; e de R$ 554.276,35, de correção monetária do reajuste.

Segundo as empresas de construção civil, o cumprimento das obrigações cabíveis a elas, consistente na entrega das obras contratadas, foi ultimado e atestado pelo estado do Rio Grande do Norte. Porém, o estado não honrou o pagamento das quantias devidas. A sentença é do juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal.

Leia maisTribunal condena Estado a pagar R$ 17 milhões a Queiroz Galvão e Construbase

Homem mata, enterra esposa em casa e sai para jogar em São Fernando

Daniele Medeiros, de 32 anos, foi encontrada morta e enterrada no quintal de casa em São Fernando, no interior do RN — Foto: Redes sociais
Daniele Medeiros, de 32 anos, foi encontrada morta e enterrada no quintal de casa em São Fernando, no interior do RN — Foto: Redes sociais

Uma mulher de 32 anos foi morta pelo próprio marido e enterrada no quintal de casa, na madrugada do sábado (19), em São Fernando, na região Seridó potiguar. Segundo a Polícia Militar, após o crime, o homem manteve uma rotina normal durante o dia, inclusive saindo para jogar futebol com amigos.

Ele só confessou o crime à família no final da noite, segundo o G1 RN. O suspeito chegou a fugir, mas se entregou na manhã deste domingo (20), à polícia.

Ainda de acordo com a PM, os policiais da cidade foram acionados pela irmã do suspeito, por volta das 23h20. Ela informou que o homem tinha matado a esposa e a enterrado no quintal de casa no conjunto Vital Galdino. O corpo foi achado no local apontado pelo suspeito aos familiares, enterrado, com marcas de agressões e uma perfuração de tiro na cabeça.

A família disse à polícia que o homem chegou à noite da casa da mãe dele e revelou que tinha asssassinado a sua esposa, identificada como Daniele Medeiros. Após confessar o crime à família e apontar o local onde o corpo estava enterrado, o suspeito fugiu.

Leia maisHomem mata, enterra esposa em casa e sai para jogar em São Fernando

Justiça bloqueia bens de ex-gestores de Olho D’Água do Borges

O juiz Edilson Chaves de Freitas, da Comarca de Umarizal, decretou a indisponibilidade de bens dos ex-gestores do Município de Olho D’Água do Borges, Antônio Wilson Gonzaga Dias, na quantia de R$ 154.050,17, e José Jackson Queiroga de Morais, na quantia de R$ 22.380,72 em uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público onde acusa ambos por irregularidades na aplicação de verbas do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

O magistrado determinou a ordem de bloqueio via Bacenjud, até o limite de R$ 154.050,17 em relação a Antônio Wilson Gonzaga Dias e R$ 22.380,72 a José Jackson Queiroga de Morais e também determinou a expedição de ofícios ao Cartório de Registro de Imóveis da comarca para que averbe a indisponibilidade de bens existentes em nome dos acusados até o limite de R$ 154.050,17 em relação a Antônio Dias e R$ 22.380,72 a José Jackson. O Detran deverá lançar impedimento nos veículos registrados em nome dos acusados.

Leia maisJustiça bloqueia bens de ex-gestores de Olho D’Água do Borges

‘Espero que governo da Venezuela mude rapidamente’, diz Bolsonaro em Davos

Da esq. para a dir. o deputado federal Eduardo Bolsonaro, o presidente Jair Bolsonaro, o chanceler Ernesto Araújo e o ministro da Justiça, Sergio Moro, durante viagem a Davos

O presidente Jair Bolsonaro disse a jornalistas, na chegada a Davos, no fim da tarde desta segunda-feira (21), que veio ao Fórum Econômico Mundial na Suíça para “mostrar, via nossos ministros em especial, que o Brasil mudou” e que o país está pronto para que “negócios voltem a florescer” e para “restabelecer a confiança do mundo em nós”.

Sobre os desdobramentos da crise política na Venezuela, o presidente afirmou esperar que o “governo [do ditador Nicolás Maduro] mude rapidamente”.

Bolsonaro afirmou que não vai detalhar o plano do governo para a reforma da Previdênciadurante sua participação no encontro. Ele discursa em plenária na tarde desta terça-feira (22). Folha de São Paulo

Leia mais‘Espero que governo da Venezuela mude rapidamente’, diz Bolsonaro em Davos

Concessões de aeroportos envolverão investimento de R$ 8,8 bi, diz secretário

Maior investimento está concentrado no bloco que inclui Congonhas. Foto: Felipe Rau/Estadão

O secretário de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Ronei Glanzmann, afirmou nesta segunda-feira, 21, que as próximas rodadas de concessões aeroportuárias, envolvendo mais seis blocos, demandarão investimento de R$ 8,8 bilhões.

O maior montante está concentrado no bloco que inclui o Aeroporto de Congonhas (SP) e outros cinco terminais, com R$ 2,4 bilhões.

“Engana-se quem acha que Congonhas é a joia da coroa. Há muito investimento a ser feito”, destacou Glanzmann, em apresentação durante a inauguração de um terminal dedicado à aviação geral no Aeroporto de Guarulhos (SP).

Segundo o secretário, o aeroporto central paulista não está em conformidade com uma série de normas internacionais, “caras e difíceis de serem resolvidas”, o que explica a previsão de elevados aportes. Letícia Fucuchima, O Estado de S.Paulo

Leia maisConcessões de aeroportos envolverão investimento de R$ 8,8 bi, diz secretário

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: