Prefeito Gustavo Soares com 23 milhões de royalties está mangando do povo do Assu

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
Ronaldo pai do deputado e do prefeito Gustavo Soares, foi o maior algoz da Frunorte, e sempre trabalhou para fechar a empresa que gerava mais de 2 mil empregos na região

Com uma receita de R$ 23 milhões  prefeito do Assú Gustavo Soares, irmão do deputado do PR e líder do governo na Assembléia, George Soares, não tem o menor respeito com a maioria da população, principalmente, as pessoas pobres, desempregadas e as famílias da cidade que acreditaram e votaram nele na campanha de 2017. O Doutor que do gira e gira, mudou a vida apenas de uma parcela privilegiada da patota da turma do pai deles, o ex-prefeito Ronaldo Soares. 

Para o leitor ter uma idéia do valor do dinheiro recebido pelo prefeito Gustavo Soares, isso representa um dos melhores prêmios da mega sena da Caixa, distribuído com os apostadores que acertaram os números. Com essa grana é possível comprar mais de 7 mil hectares de terra no Vale do Açu e fazer um investimento capaz de gerar em poucos anos, mais de 2 mil empregos, como fez a empresa de fruticultura irrigada, a Frunorte, que acabou quebrando por causa da contribuição inimiga do ex-secretário de Agricultura do RN, ex-prefeito e líder da oligarquia Ronaldo Soares, na dácada de 1990.

Veja os valores que o prefeito Gustavo Soares praticamente só dar para pagar altos salários dele, secretários indicados por vereadores,  e de outros cargos comissionados para seus apadrinhados, deixando a maioria da população chupando o dedo.

RN Açu 2017 Royalties R$ 795.445,30
RN Açu 2017 Royalties R$ 976.720,28
RN Açu 2017 Royalties R$ 930.878,69
RN Açu 2017 Royalties R$ 748.575,30
RN Açu 2017 Royalties R$ 856.565,96
RN Açu 2017 Royalties R$ 821.761,89
RN Açu 2017 Royalties R$ 780.303,18
RN Açu 2017 Royalties R$ 664.276,44
RN Açu 2017 Royalties R$ 485.094,58
RN Açu 2017 Royalties R$ 887.483,83
RN Açu 2017 Royalties R$ 701.064,74
RN Açu 2017 Royalties R$ 755.717,24
RN Açu 2018 Royalties R$ 765.174,24
RN Açu 2018 Royalties R$ 874.310,18
RN Açu 2018 Royalties R$ 917.039,07
RN Açu 2018 Royalties R$ 782.019,22
RN Açu 2018 Royalties R$ 896.021,81
RN Açu 2018 Royalties R$ 944.868,22
RN Açu 2018 Royalties R$ 1.189.805,91
RN Açu 2018 Royalties R$ 1.199.415,03
RN Açu 2018 Royalties R$ 1.231.757,21
RN Açu 2018 Royalties R$ 1.039.207,93
RN Açu 2018 Royalties R$ 1.219.845,63
RN Açu 2018 Royalties R$ 1.161.789,87
RN Açu 2019 Royalties R$ 913.744,66
RN Açu 2019 Royalties R$ 985.551,92
R$ 23.524.438,33

 

Com mais de R$ 24 milhões no cofre, não tempo ruim para o prefeito de Carnaubais Thiago Meira

O prefeito de Carnaubais Thiago Meira, está sorrindo a toa da cara do empresário Dinarte Diniz que caiu de patinho na conversa dele, e também debocha da oligarquia Cavalcanti, comandada pelo atual coordenador do Programa do Leite do Governo do RN e ex-prefeito Luizinho Cavalcanti e do seu irmão, o vereador Nicolau Cavalcanti.

O vereador, irmão de Luizinho, sonha em ser candidato a prefeito de Carnaubais com o apoio da governadora Fátima Bezerra e do deputado do PR e seu líder do governo, George Soares, que se tornou um pau mandado do PT, sem a menor vergonha em troca de cargos comissionados no governo para alimentar a sua oligarquia familiar em Assu e permanecer no poder.

Enquanto a turma reclama e esbraveja, grita e chora, o prefeito Thiago Meira, ja acumula desde que ele assumiu em 2017 a Prefeitura de Carnaubais, um total de mais de R$ 24 milhões de receita do repasse dos royalties da Petrobrás, mas ainda faz beicinho aqui e ali, alegando dificuldade financeira do município.

Uma fortuna ja entrou nos cofres do município, mas a cidade não mudou em nada. Continua abandonada como sempre foi pelo poder público municipal. Veja abaixo o quanto o prefeito recebeu mês a mês:

Carnaubais 2017 Royalties R$ 707.865,20
Carnaubais 2017 Royalties R$ 661.900,17
Carnaubais 2017 Royalties R$ 702.922,04
Carnaubais 2017 Royalties R$ 723.277,22
Carnaubais 2017 Royalties R$ 688.114,00
Carnaubais 2017 Royalties R$ 766.488,44
Carnaubais 2017 Royalties R$ 795.926,43
Carnaubais 2017 Royalties R$ 849.095,35
Carnaubais 2018 Royalties R$ 914.322,74
Carnaubais 2018 Royalties R$ 961.480,53
Carnaubais 2018 Royalties R$ 1.030.915,50
Carnaubais 2018 Royalties R$ 888.498,57
Carnaubais 2018 Royalties R$ 982.025,68
Carnaubais 2018 Royalties R$ 1.051.004,29
Carnaubais 2018 Royalties R$ 1.249.926,67
Carnaubais 2018 Royalties R$ 1.250.522,07
Carnaubais 2018 Royalties R$ 1.283.796,28
Carnaubais 2018 Royalties R$ 1.143.063,66
Carnaubais 2018 Royalties R$ 1.368.843,86
Carnaubais 2018 Royalties R$ 1.266.222,03
Carnaubais 2019 Royalties R$ 1.007.621,50
Carnaubais 2019 Royalties R$ 935.417,10
R$ 24.411.004,16

Prefeitura do Alto do Rodrigues fatura mais de R$ 26 milhões de royalties e abandona a cidade

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas
Secretário do Governo Wilson Rodrigues, filho do prefeito do Alto, em reunião com equipe da PMAR que anda nadando em dinheiro

O prefeito Abelardo Rodrigues (DEM), do Alto do Rodrigues, que corre o risco de ser preso e também o seu filho e secretário do Governo Wilson Rodrigues, acusados de fraudar licitações para desviar dos cofres do município, após o Tribunal de Justiça do RN – TJRN, aceitar a denúncia que deverá julgar em breve, está seguindo o exemplo do prefeito do Assú Gustavo Soares, que abandonou a cidade.

No governo do prefeito Abelardo até caminhão atola no calçamento executado pela administração que recebe rios de dinheiro

No Alto, um caminhão que transportava material de construção, acabou atolando numa rua asfaltada pela administração do prefeito Abelardo, que só de receita de royalties repassados pela Petrobrás, embolsou desde que assumiu em janeiro de 2017, até agora, a bagatela acima de R$ 26 milhões. 

Veja abaixo a tabela do repasse feito mês a mês pela Petrobrás segundo o Tesouro Nacional.

Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 757.624,89
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 997.150,12
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 892.807,62
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 755.544,00
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 754.607,10
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 694.086,23
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 833.056,78
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 861.527,77
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 684.234,66
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 1.006.006,53
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 908.555,78
Alto do Rodrigues 2017 Royalties R$ 985.747,30
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.035.106,60
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.062.350,86
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.104.953,64
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 941.054,24
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.035.112,51
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.106.151,86
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.281.569,65
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.256.660,98
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.337.805,04
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.196.198,67
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.472.153,23
Alto do Rodrigues 2018 Royalties R$ 1.374.173,32
Alto do Rodrigues 2019 Royalties R$ 1.098.205,30
Alto do Rodrigues 2019 Royalties R$ 998.740,53
R$ 26.431.185,21

Tesouro Nacional bloqueia repasse do FPM para a Prefeitura de Afonso Bezerra

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo
Deputado Walter Alves que apoia o prefeito Chico Bertuleza ainda não o tirou da enrascada em que ele se meteu desde fevereiro

O prefeito de Afonso Bezerra, Chico Bertuleza, é atualmente o único prefeito do Rio Grande de Norte, que tem repasses do FPM bloqueados, pela Secretaria da Receita Federal – SRF, pela Procuradoria Geral da Fazenda Nacional – PGFN ou pelo Ministério do Planejamento – MPO, até a data informada.

Presidente do BB diz que curso sobre assédio fomenta guerra cultural

Resultado de imagem para presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes,

O presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, defendeu as críticas que o presidente Jair Bolsonaro fez à exigência de cursos de ética, diversidade e contra assédio sexual para que funcionários do BB sejam promovidos . Novaes disse que conceitos como diversidade foram capturados pela esquerda radical para fins políticos e ideológicos a fim de fomentar uma “guerra cultural” que cria rivalidade entre negros e brancos, pobres e ricos, mulheres e homens, homossexuais e heterossexuais e até entre bandidos e “respeitadores da lei e da ordem”.

“A “guerra cultural” foi um tema sobejamente coberto na campanha presidencial e o povo manifestou nas urnas sua inconformidade com a utilização de conceitos politicamente corretos para fins negativos e inconfessáveis”, afirmou Novaes, em e-mail encaminhado ao GLOBO.

Leia maisPresidente do BB diz que curso sobre assédio fomenta guerra cultural

Mulheres são maioria entre prejudicados pela reforma da Previdência

Bolsonaro entrega proposta da Previdência ao Congresso

A reforma da Previdência do governo de Jair Bolsonaro (PSL) prejudicará uma quantidade maior de mulheres do que de homens no que diz respeito às mudanças nas regras da pensão por morte e da carência para a aposentadoria por idade, segundo dados divulgados ontem pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos).

Do total de dependentes da pensão por morte, 83,7% são mulheres e só 16,3% são homens. Na proposta de reforma, novas pensões terão redução do valor.

Em 2017, foram pagas 7,6 milhões de pensões, que correspondem a 27% dos benefícios previdenciários.

Pensionistas no Regime Geral de Previdência Social recebem hoje 100% do benefício herdado. Ou seja, uma viúva de um aposentado cujo benefício era de R$ 2.000 terá direito ao mesmo valor de pensão.

Com a mudança, a viúva ficaria com 60% do benefício e o restante seria distribuído em cotas de 10% por filho menor de 21 anos, até o limite de 100%. Caso a viúva não tenha filhos com esse perfil, um benefício de R$ 2.000 resultaria em uma pensão de R$ 1.200.

A reforma também acaba com a possibilidade do acúmulo integral de pensão e aposentadoria. A proposta é ter o pagamento integral do benefício maior e a limitação em até dois salários mínimos do benefício adicional. Clayton Castelani e Fernanda Brigatti – Folha de São Paulo

Leia maisMulheres são maioria entre prejudicados pela reforma da Previdência

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: