COVARDIA: Silvio Nobre pode abandonar o barco da oposição em Ipanguaçu

O ex-vereador Silvio Nobre, que criticou de forma “ferrenha” a gestão do prefeito de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, e vale lembrar que ano passado, foi à radio de Assú, e uma das críticas era que o prefeito queria acabar com atividades que fortaleciam a cultura no município.

O que se comenta nos bastidores da politica, é que Silvio Nobre fez “carreira” criticando Valderedo, e agora acaba deixando de lado um movimento que tinha levantado para ser contra o prefeito, por causa da sua grande desaprovação popular, pula da oposição para ser um ferrenho aliado.

A reunião aconteceu ontem na casa de Valderedo, e que em breve deve anunciar o nome de Silvio como seu apoiador e até cogita um cargo a vice-prefeito para eleições deste ano. O que nos resta é só aguardar as manobras politicas do prefeito Valderedo e ver quem de fato, vai aguentar as “propostas” do prefeito, que não cumpre promessa a santo!

Fornecedores de alimentos poderão doar excedentes a pessoas necessitadas

Sessão Deliberativa Remota (SDR) do Senado Federal realizada a partir da sala de controle da Secretaria de Tecnologia da Informação (Prodasen). Ordem do dia.  Na pauta está previsto para votação o substitutivo da Câmara dos Deputados ao PL 1.194/2020, que dispõe sobre o combate ao desperdício de alimentos; e também discussão, em turno único, do projeto de lei que suspende o reajuste de preços de medicamentos, planos e seguros privados de saúde por 120 dias (PL 1.542/2020).  Senador Fernando Collor (Pros-AL) em pronunciamento via videoconferência.  Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

Os supermercados, restaurantes e outros estabelecimentos dedicados à produção e fornecimento de alimentos estão autorizados a doar os excedentes para pessoas em situação de vulnerabilidade ou de risco alimentar ou nutricional. A permissão é prevista na Lei 14.016, de 2020, publicada no Diário Oficial da União  desta quarta-feira (24).

A lei sancionada pelo governo federal, oriunda do PL 1.194/2020, de autoria do senador Fernando Collor (Pros-AL), determina que os alimentos ou refeições não comercializados poderão ser doados desde que sejam próprios para o consumo humano. A ação pode ser feita diretamente, em colaboração com o poder público, ou por intermédio de bancos de alimentos, entidades beneficentes de assistência social certificadas ou de entidades religiosas.

O texto isenta o doador e o intermediário de qualquer responsabilidade após a primeira entrega do alimento, podendo responder nas esferas civil e administrativa por danos causados somente se houver dolo, ou seja, quando há intenção ou risco assumido de causar o prejuízo. O mesmo serve para a esfera penal, que só será acionada se for comprovado o dolo específico de provocar dano à saúde de outrem.

Leia maisFornecedores de alimentos poderão doar excedentes a pessoas necessitadas

Equipe técnica do estado visita hospital de Macau para avaliar instalação de UTI

Na manhã de ontem, terça-feira, (23), a secretária de saúde de Macau, Nalvanir Soares e a Diretora do Hospital Municipal, Ludimilla Melo, receberam a visita de equipe técnica da Secretaria de Saúde Pública do Estado – SESAP, para avaliar as instalações do Hospital Municipal Antônio Ferraz.
A avaliação tem como objetivo a implantação de Unidades de Terapia Intensiva – UTI, no município de Macau a fim de ampliar o quantitativo de leitos na 3ª Região de Saúde do Estado.
A visita é resultado da solicitação do Prefeito Túlio Lemos ao Governo do Estado, onde argumentou a respeito da necessidade da região, que hoje, possui mais  de 120 mil habitantes.
Em contato telefônico na noite desta segunda-feira com o secretário adjunto Petrônio Spinelli, o prefeito Túlio Lemos reforçou a necessidade de instalação dos leitos de UTI e da urgência da medida: “Perdemos pacientes por falta de UTI e salvamos pacientes quando conseguimos internação em UTI. Ou seja, o leito de UTI faz diferença entre a vida é a morte”. O secretário foi sensível ao apelo do prefeito e determinou a visita técnica de imediato. Petrônio também afirmou que o tema é prioridade da governadora Fátima Bezerra.

SEM NECESSIDADE: Prefeito de Carnaubais empenha quase 200 mil em serviço de buffet e passagem aérea

O prefeito de Carnaubais, Thiago Meira, vem conduzindo a prefeitura como um verdadeiro “carro sem freio”, pra isso, o “Doutor” tem colecionado diversos processos, e usado a prefeitura como cabide de emprego para os seus familiares, e agora começa a mostrar que gosta mesmo é de esbanjamento e luxo.

Sem a menor necessidade, e nenhum motivo para festejar, pois o Estado do RN tem mais 700 mortes do COVID, o “doutor” em plena pandemia, já empenhou recursos para o serviço de buffet e de passagens aéreas por quase 200 mil reais.

A vida para o prefeito está muito boa, esbanjando luxo, enquanto para a população carnaubense, muitas vezes não tem nada para se alimentar.

Mas Thiago Meira não está muito preocupado, e o mínimo que ele poderia fazer, era suspender todos os contratos não essenciais, mas parece que seu maior objetivo é “quebrar” a prefeitura usufruindo do dinheiro, supostamente para seu próprio desejo. Diferentemente de outros gestores, que só fazem contratos e licitações para o interesse do povo.

Confira aqui os documentos extraídos do portal da transparência.

Justiça Eleitoral condena vereadora de Goianinha a pagar multa por propaganda eleitoral fora do prazo

A Justiça Eleitoral do Rio Grande do Norte condenou a vereadora Juliana Braga, do município de Goianinha, ao pagamento de R$ 5 mil em multa por realizar propaganda eleitoral fora do prazo legal, nos termos do artigo 36, parágrafo 3º, da Lei das Eleições. A sentença foi proferida pelo juiz da 9ª Zona Eleitoral, Witemburgo Gonçalves de Araújo, e atendeu parcialmente ao pedido do Ministério Público Eleitoral (MPE), autor da ação contra a parlamentar municipal.

De acordo com o MPE, a vereadora distribuiu máscaras de proteção a funcionários da Central de Regulação de Goianinha, órgão vinculado à Secretaria de Saúde do município. Além disso, fotos da distribuição foram publicadas em rede social da Central e curtidas pelo perfil pessoal da vereadora. Sendo assim, o órgão ministerial denunciou tanto a vereadora quanto a secretária de saúde, Valéria Texeira de Paz e Oliveira, que seria responsável pela conta na qual foram publicadas as fotos.

A defesa da parlamentar afirmou que não houve pedido de voto durante a entrega das máscaras e apontou que foram distribuídas para poucos servidores da Central de Regulação com quem “desenvolveu laços de carinho e companheirismo e, por tal razão, decidiu confeccionar e presentear essas poucas pessoas, que sempre lhe trataram com respeito e cordialidade”. Apontou, também, que a vereadora não teve conhecimentos das postagens e que os endereços eletrônicos (URLs) das mesmas não estavam incluídas nos autos do processo, “impossibilitando de realizar a ampla defesa quanto ao conteúdo de tal suposta postagem”.

Já a defesa da secretária indicou que a conta onde foram publicadas as imagens da distribuição das máscaras não é canal oficial de comunicação da Secretaria de Saúde e utilizava de forma indevida o brasão do município. Também argumentou que o perfil foi cancelado pelo criador da conta após solicitação de remoção das imagens.

Na decisão, o juiz apontou que, como não houve pedido expresso de voto por parte da vereadora, “a irregularidade está em distribuir máscaras,no caso, de prevenção ao coronavírus, que se constitui em vantagem para o eleitor, conduta expressamente vedada em lei”.

“A distribuição de tal brinde, ainda que de pequena monta, caracteriza nítida vantagem ao eleitor, com ofensa ao princípio da igualdade de oportunidade entre os pré candidatos”, indicou o magistrado.

Além disso, o juiz também afirmou que “Apesar de certo que a Resolução nº 23.608/2019-TSE exige sempre a indicação da identificação do endereço da postagem (URL), entendo que a página está perfeitamente identificada na presente representação”.

TRE-RN

RN ultrapassa 20 mil casos confirmados e chega a 750 óbitos por Covid-19

Mais de 50 mil testes foram realizados em todo o Rio Grande do Norte — Foto: Pedro Vitorino/Cedida

O Rio Grande do Norte chegou a 20.075 casos confirmados de Covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde Pública do Rio Grande do Norte divulgado nesta terça-feira (23). A Sesap registrou também 750 mortes pela doença. Outros 100 óbitos estão sob investigação.

O estado tem ainda 25.569 casos suspeitos e 31.188 descartados, além de 2.035 pessoas recuperadas do coronavírus. Na segunda-feira (20), a Sesap apontava 19.957 casos confirmados e 730 mortes no estado.

No total, 50.993 testes de Covid-19 foram realizados no Rio Grande do Norte. Em relação à ocupação de leitos, são 667 pacientes internados por causa da doença (380 na rede pública e 287 na rede privada). Os leitos de UTI estão 94% ocupados na rede pública e 86% na rede privada.

Situação do coronavírus no RN

  • 750 mortes
  • 20.075 casos confirmados
  • 25.569 suspeitos
  • 31.188 descartados
  • 2.035 recuperados
  • 94% de ocupação dos leitos públicos de UTI
  • 86% de ocupação dos leitos privados de UTI
  • 50.993 testes feitos (24.989 RT-PCR + 26.004 testes rápidos)

G1 RN

Dólar emenda terceira queda e é vendido a R$ 5,153

Em queda pelo terceiro dia seguido, o dólar comercial fechou no menor valor em oito dias. A bolsa de valores recuperou-se parcialmente da queda de ontem (22) e voltou a subir.

O dólar comercial encerrou esta terça-feira (23) vendido a R$ 5,153, com queda de R$ 0,119 (-2,25%). A moeda operou em queda durante toda a sessão. Na mínima do dia, por volta das 16h, chegou a ser vendida a R$ 5,134.

A cotação está no nível mais baixo desde o dia 15, quando havia fechado em R$ 5,142. A divisa acumula alta de 28,41% em 2020.

O dólar caiu num dia marcado por sinais de recuperação da atividade econômica no exterior. Na Europa, a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) registrou melhora pelo segundo mês seguido. Embora ainda indique queda na atividade, o indicador superou as expectativas das instituições financeiras.

As tensões comerciais entre Estados Unidos e China diminuíram depois que o presidente norte-americano, Donald Trump, escreveu na rede social Twitter que o acordo comercial continua intacto.
Bolsa

No mercado de ações, o dia foi marcado pela recuperação. O índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira), fechou o dia aos 95.975 pontos, com alta de 0,67%. O indicador chegou a subir quase 2% por volta do meio-dia, mas desacelerou os ganhos no decorrer da tarde.

No Brasil, a ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, divulgada hoje (23), indicou que a economia brasileira deve encerrar o primeiro semestre com forte queda. Mesmo assim, o documento informou que a atividade atingiu o nível mais baixo em abril e que a taxa Selic (juros básicos da economia) chegou ao limite mínimo.

Como a queda dos juros foi uma das principais responsáveis pela alta do dólar nos últimos meses, a indicação de que o BC pode encerrar os cortes na Selic alivia as pressões sobre a cotação. Juros baixos estimulam a fuga de capitais financeiros de países emergentes, como o Brasil, porque tiram a atratividade do país diante dos títulos do Tesouro norte-americano, considerados os investimentos mais seguros do mundo.
Petróleo

Outro fator que contribuiu para o alívio no mercado financeiro foram os preços do petróleo. A cotação do barril do tipo Brent, principal referência para as transações internacionais e usada pela Petrobras, fechou a terça-feira em US$ 43,86, no maior nível desde o início de março, pouco antes de ser declarada a pandemia de coronavírus. Em 21 de abril, a cotação chegou a cair para US$ 19,33, por causa da redução global da demanda desencadeada pelas restrições de circulação em diversos países.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: