ENTREVISTA: Ivan Júnior externa pesar a famílias que perderam entes para o COVID-19

No país todo, já somam mais de 120 mil mortos da COVID-19, no RN já são mais de 2 mil famílias, e em Assú já são mais de 50 familias que perderam um filho/pai/irmão/irmã/neto/mãe/avó-avô/primo/amigo para essa doença que se alastra de forma assustadora em todo o país, principalmente quando os governantes não a levam a sério, e não priorizam os investimentos para ações de combate.

Com esse pensamento e por entender o quão dificil tem sido pra essas famílias, em entrevista com anúncio de sua pré candidatura a prefeito e ao lado do pré candidato a vice Eurimar, Ivan Júnior externou pesar e condolências a todos que perderam alguém na batalha contra o novo corona vírus.

Ivan Júnior foi o único político genuíno do Assú que teve essa sensibilidade para com a dor das famílias, fez duras críticas a omissão da atual gestão e por ela minimizar a gravidade da doença, e principalmente as ações no combate a esse vírus, já que a terra dos poetas estão entre a primeiras do estado com maior número de infectados, que é de 1378.

O pré candidato Ivan Júnior em toda a entrevista, mostrou as falhas da atual da atual gestão, a ausência do prefeito Gustavo, e fez longos relatos do porque Assú precisa de um prefeito presente, ele destacou ainda que ser prefeito exige dedicação exclusiva e a vida das pessoas merece mais cuidado e respeito.

“Não sou candidato à reeleição”, garante Rodrigo Maia

Deputado(a) Federal Rodrigo Maia - Portal da Câmara dos Deputados

Diante do púlpito para falar com a imprensa, ele passa a mão na testa e ajeita a franja que insiste em cair, devido aos passos apressados na escadaria, momentos antes. O presidente da Câmara mexe na gravata, tira a máscara de proteção contra o novo coronavírus em busca de fôlego e começa a responder à bateria de perguntas dos jornalistas.

Rodrigo Felinto Ibarra Epitácio Maia, 50 anos, é deputado federal pelo DEM do Rio de Janeiro, e o único na história do país três vezes seguidas presidente da Câmara. Já admitiu a amigos que gosta da cadeira de presidente. O que faz com que muitos se perguntem quais são seus planos em um momento em que a reeleição para a presidência das duas Casas do Congresso, em uma mesma legislatura, está em debate no Supremo Tribunal Federal.

A resposta conservadora é que Maia pretende fazer um sucessor e, depois, assumir o protagonismo em matérias de cunho econômico-liberal. O presidente teria quatro cartas na manga, entre elas, Baleia Rossi (MDB-SP) e Aguinaldo Ribeiro (PP-PB). Em 26 de agosto, em coletiva, foi taxativo. “Não sou candidato à reeleição. As matérias estão equivocadas.

Agora, toda hora que eu encontrar o ministro, estarei tratando da ação do PTB sobre a não possibilidade do que já é proibido, da reeleição da presidência da Câmara e do Senado? Já disse várias vezes que não sou candidato à reeleição”, afirmou. Mas, na política, “não” pode significar “talvez”. E, como as eleições para a Câmara e para o Senado são decididas na última hora, a pergunta permanece: quais são os planos de Rodrigo Maia?

Existem algumas indicações para a possível resposta. Apesar de gostar do posto, “o presidente Rodrigo”, como se referem a ele os parlamentares mais próximos, está cansado. Além disso, teme que, num próximo mandato, já não tenha mais a mesma estatura e relevância que no atual. E a possível percepção de baixa rotatividade na presidência da Câmara é outro fator que preocupa. “Ele poderia ficar”, diz um amigo. “Se tivesse uma convocação de todo mundo, inclusive do próprio Arthur Lira (PP-AL, líder do Centrão). Aí, acho que ele atenderia”, observa.

Leia mais“Não sou candidato à reeleição”, garante Rodrigo Maia

Grupo anticorrupção diz que BC esconde estudos sobre nota de 200 reais

Um grupo formado por nove organizações de combate à corrupção enviou uma carta à ministra Cármen Lúcia reforçando pedido feito por partidos para vetar a nota de 200 reais.

Elas contestam explicação enviada pelo Banco Central ao STF segundo a qual há risco de falta de numerário, o que afetaria o “funcionamento adequado da economia e do sistema financeiro”.

As entidades dizem que as alegações são “contraditórias e aparentemente oportunistas”.

“Seguem desconhecidos os estudos técnicos e/ou de impacto ou ao menos as fontes de dados primárias que embasaram a referida decisão”, diz a carta. Uma informação alarmante é que o BC impôs sigilo de um ano nos documentos que justificam a criação da nova cédula.

O principal argumento contra a nova cédula é a facilitação para crimes como ocultação e lavagem de dinheiro, e evasão de divisas. Como a Lava Jato e outras operações mostram à exaustão, o dinheiro vivo é a forma preferencial para pagamento de propina.

Leia maisGrupo anticorrupção diz que BC esconde estudos sobre nota de 200 reais

TSE: Candidatos não podem participar de lives de artistas para promover campanhas

Por unanimidade, o Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) confirmou, em sessão extraordinária nesta sexta-feira (28), que candidatos não podem participar de lives promovidas por artistas com o intuito de fazer campanha eleitoral.

O posicionamento do Tribunal é uma resposta a uma consulta feita pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), na qual a legenda questiona se seria legítima a participação de candidatos em eventos virtuais não remunerados, como as transmissões ao vivo de artistas pela internet, ideia que tem recebido o nome de “livemício”.

Diante da pandemia causada pelo novo coronavírus e das medidas de isolamento social recomendadas por autoridades de saúde, o partido questionou se a regra do parágrafo 7º do artigo 39 da Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições) permite realização de apresentação dos candidatos aos eleitores juntamente com atores, cantores e outros artistas por meio de shows (lives eleitorais) não remunerados e realizados em plataforma digital.

Em seu voto, o ministro relator, Luis Felipe Salomão, destacou que a proibição compreende não apenas a hipótese de showmício, como também eventos assemelhados e alcança eventos dessa natureza.

Leia maisTSE: Candidatos não podem participar de lives de artistas para promover campanhas

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: