Prefeito do Assú vai torrar mais de R$ 1 milhão até 31/dez com ex sócio de George para estrutura de festa em pandemia

O prefeito do Assú, Gustavo Soares, em plena pandemia, quer mesmo é torrar o dinheiro do povo com a KN de Medeiros, cujo dono é ex sócio do seu irmão e deputado George Soares, e essa lambança custará ao cidadão que não tem medicamentos nas unidades de saúde e onde também faltam profissionais, mais de R$ 1 milhão de reais com serviços de estrutura para festa, como locação, manutenção, instalação, operação técnica, montagem e desmontagem de tendas, palcos, camarim, pavilhão, geradores, cercamentos, grades, telão, torres de vigilância e banheiros químicos.

O que mais chama a atenção e que vai interessar ao Ministério Público e quem sabe até a PF, é que em plena pandemia, onde as famílias choram seus mortos pela Covid e sofre com os mais de 1500 infectados em Assú, o prefeito celebra contrato de um pregão de 2019, com um valor milionário de quase R$ 1 milhão e 200 mil reais e que durará até 31 de dezembro de 2020.

 

O que a população quer saber, é qual a finalidade de publicar um contrato milionário se não tem a intenção de executar o serviço? E onde serão utilizados esses serviços em plena pandemia? Já que festas não podem ser realizadas e muito menos eventos que promovam aglomerações.

 

É no minimo um contrato muito suspeito, em que o proprietário da empresa beneficiada é ex sócio do deputado irmão do prefeito, e que participa ativamente tanto da eleição pra deputado, como da campanha pra prefeito em Assú.
09:40

Nelter Queiroz denunciará Governo do Estado caso não iniciem os serviços de recuperação das RN 118 e 016

O deputado estadual Nelter Queiroz, causou nas redes sociais esse fim de semana, em que percorreu cidades pelo interior e ficou indignado com o péssimo estados das rodovias estaduais, todas esburacadas e que tem causado diversos acidentes.
O parlamentar afirmou que denunciará o Governo do Estado ao Ministério Público, caso não iniciem os serviços de recuperação das RN em todo o estado, principalmente na RN 118, que além de ligar Jucurutu a Caicó, interliga as regiões do Seridó, Vale do Açu e Oeste, e na RN 016 que liga Assú a Carnaubais.
Nelter exige que as obras iniciem o mais rápido possível e ao lado de Ivan Júnior, informam que irão pedir ao Ministério Público para monitorar e fiscalizar a execução dessas obras, que andam a passos de tartaruga e maltratam a população, que já  sofre com a queda na economia do estaso e ainda tem que lidar com o descaso do Governo Estadual e Municipal.
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: