fbpx

Nelter convoca classe política para socorrer Produtores de Leite no RN

Em pronunciamento realizado no horário dos líderes partidários, nesta quarta-feira (29), durante sessão de deliberação remota da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN), o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) fez comparativo dos preços do leite e da ração em relação aos anos de 2020 e 2021.

De acordo com os dados apresentados pelo parlamentar, se comparado o preço do leite nos dois primeiros quadrimestres de 2020 e 2021 (janeiro, fevereiro, março e abril) houve uma valorização de apenas 36,5% enquanto a ração de armazém (milho em grão, farelo de milho, farelo de soja, casquinha de soja, torta de algodão, farelo de trigo e refinazil) teve supervalorização de 71,1%.

“Isso é um absurdo. Precisamos fazer com que a bancada federal potiguar em Brasília tome alguma providência, junto ao Governo Federal, para tirar o homem do campo desse sufoco, especialmente em relação ao grande aumento do preço da ração e o baixo valor do leite”, refletiu Nelter Queiroz, incluindo também em sua fala apelo direcionado ao Governo do Rio Grande do Norte.

Além do sufoco financeiro que o homem do campo passa, o parlamentar também deu destaque para a insegurança vivida na zona rural dos municípios potiguares, rotineiramente vítima da ação de criminosos.

ESTRADAS

Ao final de seu pronunciamento, Queiroz atentou para a deficiência existente na malha viária das rodovias estaduais do Rio Grande do Norte. Segundo o deputado, o Governo do RN praticamente só investe recursos federais na recuperação destas e quase nada de recursos próprios.

Dentre as rodovias citadas por Nelter, estiveram: RN-087 (Florânia a Tenente Laurentino Cruz), RN-089 (Jardim do Seridó a Ouro Branco), BR-226 (Currais Novos, São Vicente e Florânia) e RN-118 (Jucurutu, comunidade Boi Selado e São Rafael), dentre outras.

Queiroz também atentou sobre a chegada de recursos do Programa Governo Cidadão ao Estado e pediu que a chefe do Poder Executivo os invista não só com a elaboração de projetos, mas na recuperação das estradas.

No RN, 56 mil pessoas estão com a segunda dose da vacina contra Covid atrasada

Aplicação de segunda dose da Coronavac está suspensa em Natal e Parnamirim — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

O Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) divulgou levantamento em que aponta que 56.840 pessoas estão com a segunda dose da vacina contra a Covid-19 em atraso no Rio Grande do Norte. Os dados são da plataforma RN+Vacina, retirados no último dia 26, às 16h50.

Natal e a região metropolitana – referente à VII Regional de Saúde – somam 34.486 pessoas, equivalente a 60% do total. A II Regional, de Mossoró, aparece com 8.338 cidadãos em atraso.

Das 56.840 pessoas com atraso da segunda dose da vacina, 56.816 receberam o imunizante da CoronaVac, e apenas 24 da Oxford/AstraZeneca.

A bula da CoronaVac orienta que todas as pessoas vacinadas com este imunizante devem receber segunda dose entre o 14º e o 28º dia. Porém, para melhor eficácia, é recomendado entre o 21º dia ao 28º dia. A segunda dose de Oxford deve ser tomada após 12 semanas (cerca de 90 dias) da primeira.

O LAIS/UFRN informa que, entre 19 de janeiro e 26 de abril, analisou mais de 640 mil registros de vacinação na plataforma RN+Vacina, com o objetivo de subsidiar os gestores da Secretaria de Estado de Saúde Pública e das secretarias municipais neste trabalho de imunização.

O relatório destacar ainda que “existe um déficit de registros por parte de alguns municípios”, e, “com isso, é possível que haja mais D2 atrasadas, já que algumas pessoas podem ter tomado a D1 e ela não ter sido inserida no sistema, como também podem existir pessoas que já tomaram a D2 mas a mesma ainda não foi inserida no RN+Vacina”.

Em Natal, a prefeitura voltou a suspender a aplicação da segunda dose da Coronavac na última segunda-feira (26) por falta de vacina. Quem está no limite de 28 dias para tomar a segunda dose terá que aguardar a chegada de uma nova remessa do imunizante. Parnamirim, na Grande Natal, também suspendeu nesta quarta-feira (28).

G1RN

Lideranças debatem sobre Piso Nacional dos Enfermeiros, Educação e agricultura no RN

A atual situação do homem do campo, o piso nacional da enfermagem e o Dia Nacional da Educação pautaram os discursos dos líderes parlamentares, durante sessão ordinária desta quarta-feira (28) da Assembleia Legislativa. O deputado estadual Nelter Queiroz (MDB), foi o primeiro deputado a usar a palavra durante o horário destinado aos líderes parlamentares. A atual situação e as dificuldades encontradas pelo homem do campo no Rio Grande do Norte pautaram o discurso do deputado. Os valores dos insumos necessários para a criação de animais foram questionados por ele.

“A situação do homem do campo é crítica em nosso Estado. Cada dia o custo e as dificuldades só aumentam. Para se ter uma ideia, tem produto que teve aumento de mais de 100%”, discorreu.

Nelter conclamou a união de todos, principalmente da bancada federal do Rio Grande do Norte, para adoção de políticas públicas que beneficiem o homem do campo. “É preciso que se faça alguma coisa. Especialmente aos criadores de gado leiteiro que hoje sofrem com a baixa no preço de leite. Devemos somar forças do Governo do Estado, Governo Federal, bancada federal, vamos dar as mãos para melhorar a situação do homem do campo do nosso RN, que está sofrido”, convocou.

O parlamentar solicitou ainda que o Governo do Estado dê continuidade as obras de recuperação das estradas que cortam o Rio Grande do Norte e citou algumas, como as estradas que ligam Jardim do Seridó a Ouro Branco, Florânia a Tentente Laurentino Cruz, São Vicente a Florânia, RN-118 a Comunidade de Boi Selado. “Faço um apelo a governadora que use o dinheiro do Governo Cidadão que vai chegar e use para recuperação dessas estradas”, cobrou.

Leia maisLideranças debatem sobre Piso Nacional dos Enfermeiros, Educação e agricultura no RN

Assembleia aprova decretos de calamidade para sete municípios

Na sessão ordinária por videoconferência desta quarta-feira (28), os deputados aprovaram decreto de calamidade pública para os municípios de Carnaubais, Espírito Santo, Extremoz, Ipanguaçu, Itajá, Lajes e Senador Georgino Avelino.

O deputado Souza (PSB) foi o relator da matéria e apresentou parecer favorável justificando as dificuldades dos municípios agravadas pela pandemia.

Para tramitação dos expedientes a Assembleia Legislativa disponibilizou o e-mail secleg@al.rn.leg.br, através do qual a documentação pode ser remetida pelos municípios.

Os decretos têm como base as Leis Orgânicas dos Municípios e em consideração ao Estado de Emergência em Saúde Pública (ESPIN), decretado pelo Ministério da Saúde, em virtude da disseminação global da infecção humana pelo novo Coronavírus e a declaração da condição de transmissão pandêmica anunciada pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os documentos também levam em consideração que a crise provocada na Saúde Pública, que impõe o estabelecimento das medidas de enfrentamento da pandemia.

PÉSSIMO EXEMPLO: Gustavo e Fabielle aglomeram em frente ao “hospital de campanha” contra a COVID e descumprem regras de distanciamento


O que o medo de perder a reeleição do deputado George Soares não faz com a dupla de farsante e mais cara de pau da região, nada mais faz. Gustavo e Fabielle descumprindo todas as regras de distanciamento, aparecem em foto na UPA, no chamado “hospital de campanha” contra a COVID, aglomerados, tudo para bater uma foto e registrar isso nas redes sociais, com o intuito de mostrar cuidado pelo povo e usar isso como moeda de troca, para angariar votos na campanha do irmão do prefeito.

O que causa indignação, é a dupla Gustavo e Fabielle que pregam amor e respeito, se darem a esse papel ridículo, usando como politicagem barata e debochando das pessoas que estão sendo obrigadas a respeitarem as regras de distanciamento, enquanto eles batem foto colados uns nos outros.

Comissão de Educação aprova projeto que institui o Prêmio “Amigo do Autista”

Em mais uma reunião ordinária, realizada nesta terça-feira (27), os membros da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo, da Assembleia Legislativa, analisaram e aprovaram projetos de interesse da sociedade. Destaque para o Projeto de Lei N° 38/2019, de autoria do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), que institui o Prêmio “Amigo do Autista”, a ser concedido pela Assembleia Legislativa, aprovado à unanimidade.

Na sequência da reunião, a deputada Isolda Dantas (PT), presidente da Comissão, Francisco do PT, Albert Dikcson (PROS) e Coronel Azevedo (PSC), aprovaram por maioria o Projeto de Lei Nº 16/2019, de autoria do ex-deputado Sandro Pimentel (PSOL), que dispõe sobre o estabelecimento dos parâmetros para inclusão dos itens de orientação sexual, identidade de gênero e nome social nos boletins de ocorrência e nos termos circunstanciados emitidos por autoridades policiais do Estado.

Outra matéria analisada e aprovado à unanimidade pela Comissão foi o Projeto de Lei Nº 31/2021, de autoria do deputado Kleber Rodrigues (PL) que beneficia os órfãos e egressos de orfanatos ou instituições coletivas, públicas ou privadas, com a prioridade de atendimento nos programas habitacionais implementados pela CEHAB, com recursos públicos em todo o Estado.

De autoria da deputada Cristiane Dantas (SDD), tramitou na Comissão o Projeto de Lei Nº 22/2021 que reconhece a Serra Barriguda, localizada no município de Alexandria (Alto Oeste) como patrimônio imaterial, histórico, cultural, paisagístico e turístico do RN.
Também foi analisado e aprovado à unanimidade o Projeto de Lei Nº 238/2019, de autoria do deputado Kleber Rodrigues (PL) que institui o Programa “Provão do Enem” que disciplina a realização de prova preparatória para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na Rede Estadual de Ensino.

Os projetos aprovados na Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente e Turismo, seguem regular tramitação até que seja levados ao plenário para análise e votação pelos deputados.

No final da reunião, os deputados propuseram realizar, uma reunião da Comissão, com o objetivo de debater a retomada da economia e fortalecimento das cadeias produtivas do Estado.

CASO DE POLÍCIA: Gustavo Soares recuperou 1km da estrada do Piató mas anunciou 4,43km supostamente para máquinas consumirem mais combustível

Um fato intrigante e estranho tomou de conta das rodas de conversas na cidade do Assú, pois a gestão do prefeito e da vice sempre levantam motivos de suspeitas.

No início da semana, o prefeito Gustavo e a Vice Fabielle, anunciaram recuperação da estrada do Piató, num total de 4,43km, mas na verdade, só foi feito o serviço de recuperação em apenas 1km.

O que deixa a dúvida é porque o anúncio de 4,3Km quando se recuperou apenas 1km? Nessa recuperação utilizou – se máquinas da Prefeitura e que em tese precisariam de combustível? Em resumo seria assim, se para recuperar 1 km precisariam de X litros de combustível, para recuperar 4,43km precisariam de quatro vezes mais a quantidade de combustível.

Como o prefeito do Assú, Gustavo Soares é muito confuso em suas explicações nas redes sociais, a população quer saber qual a quantidade realmente recuperada, porque essa história pode virar até caso de polícia e investigação pelo MP se for comprovado que a recuperação aconteceu apenas para pagar a conta de combustível de Posto.

Prefeita de Carnaubais e familiares custa quase 32 mil reais por mês ao povo

A “choradeira” da prefeita de Carnaubais, Marineide Diniz é grande, inclusive já decretou calamidade financeira só de “fachada” pois torra muito dinheiro com coisas que não são essenciais no momento.

Achando pouco, empregou seus familiares na prefeitura de Carnaubais, onde consta até o momento os salários da sobrinha-neta de Dinarte, Marlizia Veras, Rui Vieira Veras, e ainda Danielle Diniz.

Juntando todos os salários da prefeita Marineide, de seu esposo Dinarte e os demais familiares alocados na prefeitura, tem um gasto mensal de quase 32 mil reais (veja documento aqui), o que totaliza em um ano, quase 400 mil reais só para manter a família da prefeita.

Uma coisa é certa, o olho grande de Marineide para encher os bolsos de seus familiares pode trazer consequências financeiras e até jurídicas para a prefeita que não cuida e nem emprega o povo da terra de Carnaubais.

Na verdade, o povo de carnaubais só serve para pagar os salários da família de Marineide, e isso já está cansando, e dentro em breve, deve começar a revolta popular diante de tanto descaso em apenas 4 meses de gestão.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: