PUBLICIDADE

Ministério Público Federal aponta fraudes de R$ 2,5 bilhões no Bolsa Família

Ministério Público Federal aponta fraudes de

R$ 2,5 bilhões no Bolsa Família

Bolsa Fami

Entre possíveis irregularidades há pessoas que estariam recebendo o benefício sem ter direito, como servidores públicos e doadores de campanhas políticas

ISADORA PERON E GUSTAVO AGUIAR - O ESTADO DE S.PAULO

Um levantamento feito pelo Ministério Público Federal apontou suspeitas de fraudes no pagamento do programa Bolsa Família que podem chegar a R$ 2,5 bilhões e atingir 1,4 milhão de beneficiários.

Entre as possíveis irregularidades encontradas pelo órgão há saques realizados por pessoas que já morreram, indivíduos sem CPF ou com CPFs múltiplos, além de pessoas que estariam recebendo o benefício sem ter direito, como servidores públicos e doadores de campanhas políticas.

Os dados foram levantados a partir do cruzamento de informações do cadastro de beneficiários com dados da Receita Federal, Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Tribunais de Contas.

Essas irregularidades foram identificadas em pagamentos feitos entre 2013 e 2014. O Ministério Público deu prazo de 30 dias para que o Ministério de Desenvolvimento Social e Agrário informe quais providências serão tomadas diante de inconsistências identificadas.

Leia mais:Ministério Público Federal aponta fraudes de R$ 2,5 bilhões no Bolsa Família

Pagamento aos servidores do Estado deve começar no 4º dia útil, diz Fábio Dantas

Pagamento aos servidores do Estado deve

começar no 4º dia útil, diz Fábio Dantas

Fabio Dantas

O governador em exercício Fábio Dantas afirmou em entrevista ao Jornal da Noite, da 95FM, nesta segunda-feira (30), que os pagamentos aos servidores devem ser realizados entre os dias 6 e 10 de junho. O calendário oficial referente ao mês de maio será divulgado nesta terça-feira, 31.

As datas foram discutidas em reunião realizada nesta tarde com os secretários de Finanças, Gustavo Nogueira, de Administração, Cristiano Feitosa, e técnicos das duas pastas. Durante a entrevista, Dantas salientou ainda que a previsão – a ser confirmada amanhã pelo Governo do Estado- é de que, diferente dos outros meses, sejam pagos primeiro os servidores ativos, nos dias 6, 7 e 8. A data de pagamento dos inativos será divulgada no calendário de pagamento.

"E é preciso lembrar que se o governo não está pagando dentro do mês não é porque não quer. O problema é do país inteiro, que está enfrentando uma grande crise econômica. Financeiramente para o Rio Grande do Norte, o ano de 2016 está mais difícil que 2015. Não podemos utilizar os recursos da previdência para pagar ao servidor. Tudo isso nos remonta a um contexto em que todo mês é preciso fazer uma nova avaliação", destacou o governador em exercício, realçando que o RN será um dos primeiros estados do Brasil a pagar seus servidores.

Fábio Dantas acrescentou ainda que o Governo do Estado está trabalhando duro no enfrentamento da crise. "O governador Robinson faz sua parte quando fomenta o Turismo com a redução do ICMS do querosene de aviação (QAV); o governador Robinson faz sua parte quando trabalha para atrair indústrias para o Estado. A arrecadação do Estado permanece, mas a da União não. Para se ter uma ideia, só no repasse de royalties este mês, a frustração foi de 50%", afirmou.

Fabiano Silveira pede demissão do ministério da Transparência

Fabiano Silveira pede demissão do ministério

da Transparência

1463077165354

Em áudios divulgados pelo 'Fantástico', ministro critica a Operação Lava Jato em conversa com o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado

CARLA ARAÚJO E TÂNIA MONTEIRO - O ESTADO DE S.PAULO

O ministro da Transparência, Fabiano Silveira, pediu demissão do cargo nesta segunda-feira, 30. Silveira enviou a carta de demissão e telefonou para o presidente em exercício Michel Temer para oficializar o seu pedido para deixar do cargo. Temer, que até então vinha afirmando que o manteria na pasta, acatou o pedido. Na carta, ele diz ter sido alvo de 'especulações insólitas'.

Temer havia telefonado mais cedo para Silveira para dizer que o manteria no cargo. No entanto, a pressão de centenas de servidores que anunciaram que deixariam o cargo se ele permanecesse foi mais forte e pesou na decisão do ministro.

Silveira teve áudios de conversas com ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado divulgados no domingo, 29 pelo Fantástico, da TV Globo. Nas conversas, ocorridas há cerca de três meses, quando Silveira ainda era do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ele aconselha Machado e o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), sobre como deveriam agir em relação às investigações da Operação Lava Jato, da Polícia Federal. Nesta segunda-feira, Silveira se reuniu com o presidente em exercício no Palácio do Jaburu para se explicar.

Para interlocutores que defendiam a manutenção de Silveira no governo os áudios divulgados "não são comprometedores". A permanência de Silveira também agradaria o presidente do Senado, Renan Calheiros, que também foi flagrado nas conversas. A avaliação é que a queda de Silveira poderia enfraquecer diretamente Renan.

Leia mais:Fabiano Silveira pede demissão do ministério da Transparência

Fábio Dantas sanciona lei que institui agosto como "Mês de Proteção à Mulher"

Fábio Dantas sanciona lei que institui agosto

como "Mês de Proteção à Mulher"

e Lei proteda Mulher fot Ivanizio Ramos 4

O governador em exercício, Fábio Dantas, sancionou na tarde desta segunda-feira (30) o projeto de lei que institui o mês de agosto como "Mês de Proteção à Mulher". A proposta é que nesse período sejam intensificadas nas escolas potiguares as campanhas educativas e palestras acerca do tema. A sanção será publicada no Diário Oficial do Estado de amanhã (31).

"É fundamental combater a cultura do machismo, do estupro e da violência contra a mulher durante a formação escolar. Só com essa conscientização sendo feita ainda na infância e adolescência é que vamos conseguir evitar atrocidades como as que vemos atualmente nos noticiários", afirmou Fábio Dantas.

A deputada estadual Cristiane Dantas, autora do projeto, explicou que a escolha do oitavo mês do ano leva em consideração a data de sanção da Lei Maria da Penha, que este ano completa 10 anos. A proposta tem o intuito de prevenir, combater e enfrentar a violência contra a mulher, a partir um trabalho desempenhado pela Secretaria de Educação em conjunto com a Secretaria de Política Pública para as Mulheres. "A ideia é que façamos um trabalho de prevenção nas escolas com crianças e adolescentes, para que, com palestras, debates e outras atividades, a cultura da violência doméstica seja erradicada", destacou Cristiane.

A secretária da Educação, Cláudia Santa Rosa, presente na assinatura do projeto de lei, atestou que a criação de um mês de proteção às mulheres fortalece a discussão que já acontecem na sala de aula. "Este tema é previsto de ser trabalhado nas escolas. Mas na hora que se cria uma data com esta, ela ganha efeito provocativo e evita que o tema seja esquecido diante de tantos conteúdos", afirmou a secretária.

Também acompanharam a assinatura, a chefe do Gabinete Cilvil, Tatiana Mendes Cunha, e a defensora pública Ana Lúcia Raymundo.

Assecom/RN

Ministro da Fazenda Henrique Meirelles vai tratar como 'prioridade' a dívida dos Estados

Ministro da Fazenda Henrique Meirelles vai

tratar como 'prioridade' a dívida dos Estados

Meirelles 2

O ministro da Fazenda disse, no discurso, que o aumento dos gastos públicos foi uma das principais causas da crise econômica enfrentada pelo país.

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta segunda-feira (30) que o governo federal vai "lidar como prioridade" a questão da dívida dos Estados, que passam por uma grave crise financeira.

Em discurso na sede da Firjan (Federação das Indústrias do Rio), Meirelles se dirigiu ao governador interino do Rio, Francisco Dornelles (PP), que estava na plateia, ao comentar o tema.

"Para não deixar de mencionar este fato aqui para o governador Dornelles e os cariocas em geral, vamos certamente endereçar a questão da dívida dos Estados. Hoje, em Brasília, tem um grupo trabalhando nisso", disse Meirelles.

Segundo ele, o objetivo seria não apenas dar um "alívio temporário" aos Estados, mas criar um "horizonte para os próximos anos" por meio de novas leis que ofereçam "proteção ao próprio executivo estadual".

Leia mais:Ministro da Fazenda Henrique Meirelles vai tratar como 'prioridade' a dívida dos Estados

Ivan Júnior visita comunidades da região do Trapiá e de Palheiros

Ivan Júnior visita comunidades da região do

Trapiá e de Palheiros

A TRAPI E PALHEIROS

O prefeito Ivan Júnior, acompanhado de secretários e auxiliares, visitou na manhã deste domingo (29), visitou as comunidades de Trapiá e do Palheiros II.

Na oportunidade Ivan Júnior visitou obras de revitalização do abastecimento d'água do sítio Trapiá, além de projetos sociais e de convivência com Seca, tais como: melhoramento de açudes e perfuração de Poços; projeto de criação de aves caipira, Cocoricó; Palmas para o Assú dentre outros.

O prefeito aproveitou para interagir com os beneficiários dessas ações e ouviu palavras de incentivo dos agricultores, como do Sr. Antônio Lucena de Medeiros, do Palheiros II, que agradeceu o trabalho que a administração municipal vem desenvolvendo em benefício do homem do Campo.

SEACOM - PMA

Fábio Dantas entrega à Assembleia Projeto Lei que cria Lei Orgânica e Estatuto do Itep

Fábio Dantas entrega à Assembleia Projeto

Lei que cria Lei Orgânica e Estatuto do Itep

Estatuto ITEP Demis Roussos 3

O governador em exercício Fábio Dantas entregou hoje (30) à Assembleia Legislativa projeto de Lei que cria a Lei Orgânica e o Estatuto dos servidores do Instituto Técnico-Científico de Perícia do Rio Grande do Norte – ITEP/RN. Ao entregar pessoalmente o projeto de Lei ao presidente da AL, deputado Ezequiel Ferreira de Souza, Fábio Dantas pediu celeridade da casa legislativa para a aprovação, uma vez que ele vem sendo estudado há nove anos e foi definido em entendimento com as categorias administrativa e pericial do Instituto.

Ezequiel Ferreira, que recebeu o governador em exercício juntamente com os líderes dos partidos, disse que o projeto será apreciado em regime de urgência. Nesta terça-feira (31) será lido em plenário e encaminhado às Comissões para parecer. A perspectiva é que seja aprovado até a próxima quinta-feira e sancionado pelo governador Fábio Dantas na sexta-feira.

Estatuto ITEP Demis Roussos 8

Ezequiel disse que "a Lei Orgânica e o Estatuto do Itep são preocupação antiga de Fábio Dantas, desde quando ele foi diretor do Instituto. É uma proposta justa e muito importante para os servidores do órgão e à própria sociedade que passará a dispor de um órgão melhor qualificado e profissionalizado", afirmou.

Leia mais:Fábio Dantas entrega à Assembleia Projeto Lei que cria Lei Orgânica e Estatuto do Itep

Prefeitura do Assú divulga nota de pesar pelo falecimento de Antônio Basílio de Góis

Prefeitura do Assú divulga nota de pesar pelo

falecimento de Antônio Basílio de Góis

NOTA-PESAR1

A Prefeitura do Assú lamenta, com profundo pesar, o falecimento do senhor Antônio Basílio de Góis ocorrido na noite de ontem, domingo 29 de Maio de 2016, no Centro de Oncologia em Mossoró.

O senhor Antônio Basílio, 75 anos, estava exercendo o segundo mandato como presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais e da Agricultura Familiar de Assú. Ele deixa esposa, 15 filhos, netos e bisnetos.

O velório aconteceu na Funerária Caminho do Céu, na sede do sindicato e neste momento esta sendo realizado na comunidade de Nova Trapiá, onde ocorrerá o sepultamento às 16 horas.

Neste momento de dor, prestamos sinceras condolências aos familiares e amigos pedindo a Deus que conforte a todos.

Prefeitura Municipal do Assú

Deputado José Adécio prestigia lançamento da pré-candidatura de Maria Édice em Boa Saúde

Deputado José Adécio prestigia lançamento da

pré-candidatura de Maria Édice em Boa Saúde

Ad BS

Com a presença do Deputado José Adécio, na noite deste último sábado 28/05, no município de Boa Saúde, foi realizado o lançamento da ex-prefeita Maria Édice a pré-candidata à prefeita do município, a solenidade contou com a presença do ex-prefeito Joãozinho, do Presidente da Câmara, Zé Lúcio e dos vereadores; "Som do Povo", Val, Valdinho, Paulinho de Azulão, Marilia Andrade, assim como diversas lideranças políticas.

auxiliar BS1

auxiliar BS2

"Cumprimento a ex-prefeita e pré-candidata a prefeita Maria Édice, sei que com a sua competência e a experiência, juntamente com este grupo, o município terá uma boa administração, irei contribuir como uma voz ativa e construtiva na Assembleia Legislativa em benefício de Boa Saúde, garanto o meu apoio a pré-candidata a prefeita Maria Édice." Falou o Deputado.

Assecom: Rafael Maia

Rafael Motta recebe prêmio nos Estados Unidos

Rafael Motta recebe prêmio nos Estados Unidos

IMG-20160529-WA0068

O deputado federal Rafael Motta, do PSB, recebeu neste final de semana o prêmio Notáveis USA, em Nova York. O parlamentar foi escolhido para o prêmio pela comunidade brasileira, com base em suas ações e projetos ligados, principalmente, a inclusão social e de combate aos crimes virtuais e a limitação da internet no Brasil.

"Sou um jovem parlamentar, e como todos que estão aqui quero ver o Brasil trilhar o caminho do crescimento. Defendo que o nosso parlamento seja independente e possa atender os anseios da sociedade, defendo ainda uma política tributária mais justa e um maior combate à violência em nosso país", afirmou o parlamentar.

Rafael Motta se destacou pelas ações na área da inclusão social na Câmara dos Deputados. Dentre elas, um projeto que solicita a exclusão da obrigatoriedade de compensação de horário pelo servidor beneficiário de horário especial que tenha cônjuge, filho ou dependente com deficiência física ou mental. E, ainda, o que dispensa de licitação para a contratação de fundações e associações sem fins lucrativos de pessoas com deficiência, alterando a Lei de Licitações, além da indicação da professora potiguar Débora Seabra ao prêmio Darcy Ribeiro, sendo Débora a primeira professora com Síndrome de Down no Brasil.

IMG-20160529-WA0069

Além da área social, o parlamentar também se destacou pela sua atuação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Crimes Cibernéticos, propondo o bloqueio para sites com conteúdos criminosos, a educação digital nas escolas para proteger os jovens do aliciamento e, ainda, a proibição de novos bloqueios para aplicativos de troca de mensagens, como Whatsapp.

Além de Rafael Motta, a lista de premiados teve o senador pelo estado do Mato Grosso, José Medeiros (PSD), que é natural de Caicó; a deputada federal Geovania de Sá (PSDB-SC) e o deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO).

Com a moral na lama, Ronaldo Soares, fica de fora da campanha de Gustavo em Assú

Com a moral na lama, Ronaldo Soares, fica de

fora da campanha de Gustavo em Assú

11822624 861179807298008 7589714586061121011 n

Ronaldo Soares foi secretário de Estado, deputado estadual, prefeito do Assu e agora é obrigado a ficar fora da campanha do filho

Apesar de ter participado ativamente da memorável campanha para prefeito do Assú em 2012, quando o deputado George Soares, foi vergonhosamente derrotado por mais de 10 mil votos pelo atual prefeito Ivan Júnior, o ex-prefeito Ronaldo Soares, foi literalmente excluído de participar da campanha eleitoral do seu filho Gustavo Soares, sob o pretexto de que ele atrapalha mais do que ajuda.

Por determinação do marketing da campanha, Ronaldo Soares, fica proibido de fazer discursos e caminhar pelas ruas do Assú, pedindo votos para o pré-candidato Gustavo Soares. Até o trenzinho que ele saiu feito doido com o chapéu de palha atolado na cabeça pedido votos, não foi permitido e a tarefa de visitar casas e amigos, caberá ao deputado George Soares.

Com a revelação fica explicada a ausência do ex-prefeito Ronaldo Soares, aos estúdios da Rádio Princesa para prestigiar o anúncio do lançamento da pré-candidatura do seu filho a prefeito do Assú, Gustavo Soares, feito pelo seu irmão e deputado George Soares, durante entrevista ao programa Sala de Redação.

A denúncia apresentada pelo procurador do Ministério Público Federal Victor Queiroga, encaminhada a Justiça Federal em Assú, contra o ex-prefeito Ronaldo Soares que corre risco de ser preso se for condenado por desviar mais de R$ 100 mil do programa Bolsa Família, foi a gota de água para que ele fosse afastado de qualquer movimentação política para não contaminar a campanha de Gustavo.

Com extensa folha corrida de condenações na Justiça, o marketing político afastou Ronaldo da campanha para que principalmente, a imagem de Gustavo Soares, não seja prejudicada e associada ao seu pai, um político ficha suja e de péssima reputação, por não cuidar bem do dinheiro público. Certamente, envergonhando George Soares que atua na Assembleia Legislativa como um defensor da moralidade e da ética na gestão pública.

Mais envergonhado certamente deve estar o pré-candidato a prefeito Gustavo Soares. O pré-candidato do PR vai precisar de muito óleo de peroba para passar na cara e convencer a população que não vai fazer ser um prefeito igual ao seu pai. Atualmente, Ronaldo responde a diversos processos por falta de zelo ao dinheiro do erário.

O ex-prefeito Ronaldo Soares, é um dos políticos com diversas condenações pela Justiça a devolver mais de R$ 5 milhões aos cofres públicos, dinheiro do povo, que foi desviado por superfaturamento, roubalheiras e maracutaias, durante a sua gestão de 2000 a 2008. A famosa e saudosa cantora Clara Nunes já alertava na sua música que 'por isso não adianta estar, no mais alto degrau da fama, com a moral toda enterrada na lama'.

Machado e Renan tinham 'esquemão' para atender PMDB, diz Delcídio

Machado e Renan tinham 'esquemão' para

atender PMDB, diz Delcídio

hqdefault

Segundo senador cassado, os dois atendiam interesses da sigla no Senado. Assessorias de Renan e Machado não se manifestaram sobre o caso.

Andreia Sadi - Da GloboNews

Ex-líder do governo no Senado, o senador cassado Delcídio do Amaral (sem partido-MS) disse neste sábado (28) em entrevista exclusiva à GloboNews que o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado era "prioridade absoluta'' do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), na residência oficial do peemedebista. Delcídio relatou episódios em que o presidente do Senado suspendia reuniões com outras pessoas para atender Machado.

Delcídio teve o mandato cassado no último dia 10. Ele foi preso em novembro de 2015 por suspeita de tentar atrapalhar as investigações da operação Lava Jato e deixou a prisão em fevereiro deste ano. Desde então, ele é mantido em recolhimento domiliar.

A cassação de Delcídio ocorreu após parlamentares descobrirem que ele havia firmado acordo de delação premiada. Na colaboração, ele fez revelações envolvendo diversos ex-colegas de parlamento, como o próprio Renan, o que irritou os senadores. Delcídio atribui a rapidez de sua cassação, antes da votação no Senado do impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, a uma "vingança'' do presidente da Casa.

Delcídio, como senador, era um dos principais parlamentares do Congresso. Ele tinha livre acesso a deputados e senadores de diversos partidos, e atuava como líder do governo de Dilma Rousseff. Como líder, frequentava o Palácio do Planalto, da Alvorada e também a residência oficial do Senado.

Leia mais:Machado e Renan tinham 'esquemão' para atender PMDB, diz Delcídio

Ronaldo Soares falta a festa de lançamento da pré-candidatura do seu filho Gustavo

Ronaldo Soares falta a festa de lançamento da

pré-candidatura do seu filho Gustavo

133 Rizza e George

Rizza prestigiou o lançamento da pré-candidatura do seu filho, Gustavo Soares. Já Ronaldo que não se encontra doente, faltou ao evento.

O ex-prefeito Ronaldo Soares, não compareceu hoje aos estúdios da Rádio Princesa, para prestigiar o anúncio do lançamento da pré-candidatura do seu filho a prefeito do Assú, Gustavo Soares, feito pelo seu irmão e deputado George Soares, durante entrevista ao programa Sala de Redação.

Ronaldo Soares que corre risco de ser preso por desviar mais de R$ 100 mil do Bolsa Família, se for condenado pela denúncia apresentada pelo procurador do Ministério Público Federal Victor Queiroga, encaminhada a Justiça Federal em Assú, faltou a festa de lançamento e a ausência do velho líder da oligarquia começa a gerar muitas especulações nas conversas políticas.

A maioria dos ouvintes e presentes aos alpendres da Rádio Princesa, não entenderam a ausência de Ronaldo Soares e declararam que o ex-prefeito não estava doente e poderia ter comparecido para prestigiar a pré-candidatura de Gustavo.

Já a ex-esposa de Ronaldo, a ex-secretária Rizza Montenegro, se fez presente ao evento para prestar solidariedade a pré-candidatura do filho que tentará retomar o comando administrativo do município para o clã Soares/Montenegro. 

Lula vê escolha de Dilma como seu erro mais grave, diz Sarney em áudio

Lula vê escolha de Dilma como seu erro mais

grave, diz Sarney em áudio

00Sarney

Sérgio Machado, que fechou acordo de delação premiada com a Justiça, gravou conversas suas e as entregou ao Ministério Público

Em um novo trecho da gravação de diálogos seus com o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o ex-senador José Sarney (PMDB-AP) afirma que Luiz Inácio Lula da Silva considera a escolha de Dilma Rousseff para sucedê-lo como seu "mais grave erro".

A transcrição do diálogo foi veiculada pela edição deste sábado (28) do "Jornal Hoje", da TV Globo. A reportagem não reproduz o áudio, que é narrado pelo repórter.

Segundo o "Jornal Hoje", a conversa foi gravada por Machado na casa de Sarney. O nome do ex-presidente Lula não é citado, mas a reportagem diz que fica claro, para os investigadores, que a conversa é sobre ele.

No diálogo, Machado diz a Sarney: "Agora, tudo por omissão da dona Dilma", em uma referência às investigações da Lava Jato que atingem o mundo político.

Sarney responde: "Ele chorando. O que eu ia contar era isso. Ele me disse que o único arrependimento que ele tem é ter eleito a Dilma. Único erro que ele cometeu. Foi o mais grave de todos."

A Folha de S.Paulo não conseguiu falar, até a tarde deste sábado, com as assessorias de Sarney e do Instituto Lula.

Machado, que fechou acordo de delação premiada com a Justiça, gravou conversas suas com caciques do PMDB e as entregou ao Ministério Público.

A revelação, pela Folha de S.Paulo, do diálogo em que Romero Jucá sugeria um pacto para deter o avanço da Lava Jato levou à sua queda do Ministério do Planejamento.

Fonte: FOLHAPRESS

George anuncia a pré-candidatura do irmão Gustavo Soares e não toca no nome do vice

George anuncia a pré-candidatura do irmão

Gustavo Soares e não toca no nome do vice

George e radio

Na foto, a pré-candidata Sandra Alves sentada pertinho de Gustavo Soares, com o vice-prefeito Eurimar Nóbrega, um dos apoiadores da esposa de Helder Alves

Com o temor do racha político pairando no sistema liderado pelo deputado estadual George Soares, ele anunciou oficialmente hoje no programa Sala de Redação, da Rádio Princesa, o nome do seu irmão Gustavo Soares, como pré-candidato a prefeito do Assú nas eleições do dia 02 de outubro, mas como o Blog do VT previu antecipadamente, o parlamentar não falou no processo de escolha do nome do pré-candidato a vice-prefeito.

Apesar de ter sido eleito vereador pelo PMDB com 945 votos em 2012, Arnóbio Júnior, filho do ex-deputado Arnóbio Abreu, corre o sério risco de perder a vaga para a ex-secretária Sandra Alves, esposa do empresário Helder Cortez Alves e cunhada do vereador Heliomar Alves (PMDB),que na foto dentro do estúdio da emissora aparece sentada ao lado do pré-candidato a prefeito do PR Gustavo Soares.

O vereador Arnóbio Júnior que luta para ocupar o lugar de pré-candidato a vice-prefeito na chapa que tem como cabeça, Gustavo Soares, não estava dentro do estúdio da Princesa, o que revela uma desvantagem em comparação com Sandra Alves que ficou pertinho de Gustavo durante entrevista do deputado George Soares.

O vice-prefeito do Assu, Eurimar Nóbrega, do PMDB, que é um dos entusiastas apoiadores da pré-candidatura da ex-secretária Sandra Alves, aparece na foto ao fundo atrás da sua protegida política como demonstração de prestígio e apoio a chapa Gustavo e Sandra. 

Comenta-se nos bastidores que o nome de Sandra Alves para vice-prefeita na chapa de Gustavo Soares, já é prego batido e ponta virada. Apesar de vetado por seu tio Zeca Abreu, o vereador Arnóbio será recompensado e vai desistir da disputa com Sandra. George Soares tem preferência e simpatia pelo poder econômico de Helder para escolher Sandra Alves.

Arnóbio Abreu quer o lugar de Sandra, cunhada do vereador Heliomar Alves

George Soares, recua e Arnóbio Júnior pode

derrubar Sandra Alves como vice de Gustavo

Arnobio e Heliomar

Arnóbio quer o lugar de Sandra, cunhada do vereador Heliomar Alves

O deputado estadual George Soares deverá anunciar hoje no programa Sala de Redação, o nome do seu irmão Gustavo Soares, como pré-candidato a prefeito do Assú nas eleições do dia 02 de outubro, mas evitará divulgar o nome do escolhido a pré-candidato a vice-prefeito por temor de racha no sistema da oposição.

Apesar do acordo entre George Soares e o ex-vice-prefeito Zeca Abreu, para a escolha da ex-secretária Sandra Alves, com o aval do deputado e presidente da Assembléia do RN, Ezequiel Ferreira e do outro deputado do PSDB, Gustavo Carvalho - o vereador do PMDB, Arnóbio Júnior e a cúpula do PMDB no Estado, rejeitaram o acordo do seu tio e do parlamentar do PR.

Depois da decisão de Arnóbio Júnior de não concordar com a escolha de Sandra Alves, George Soares, recuou e não divulgará a chapa completa hoje. Comenta-se que o filho do ex-prefeito Ronaldo Soares ainda definiu se anunciará mesmo o nome do seu irmão, enquanto não for resolvido a indicação do candidato a vice-prefeito.

O vereador Arnóbio Júnior, filho do saudoso ex-deputado Arnóbio Abreu, continua no páreo como candidato a vice-prefeito do Assú e começa a ter chances de desmanchar esse acordo do seu tio com o deputado George Soares, para vetá-lo como indicado do grupo da oposição.

Enquanto o PMDB trava uma briga de foice, o ex-secretário Alberto Luis, luta nos bastidores para ser o candidato de consenso com o apoio do ex-prefeito José Maria e do vereadores que romperam com o governo municipal.

'PT e PMDB convergem para o arrefecimento da Lava Jato', diz Marina Silva

'PT e PMDB convergem para o arrefecimento

da Lava Jato', diz Marina Silva

125 Marina

Líder da Rede voltou a insistir que 'a melhor saída é o julgamento no TSE'

GABRIELA LARA, CORRESPONDENTE - O ESTADO DE S. PAULO

A ex-senadora Marina Silva (Rede) afirmou que as recentes revelações que vieram a público com base em gravações telefônicas mostram que PT e PMDB "convergem" no esforço de enfraquecer a Operação Lava Jato.

Em entrevista concedida nesta sexta-feira na capital gaúcha, ela também voltou a defender a cassação da chapa da presidente da República afastada, Dilma Rousseff, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por entender que há elementos trazidos pela própria Lava Jato que indicam que a eleição de 2014 "foi fraudada" pelo uso de dinheiro oriundo do esquema de corrupção em contratos da Petrobras. Embora defenda novas eleições, Marina disse que "ainda não sabe" se concorrerá à Presidência pela terceira vez.

"As revelações feitas de conversas de parte da cúpula do PT e agora de parte da cúpula do PMDB demonstram que qualquer pessoa que tenha conhecimento mínimo do que está ocorrendo da política brasileira sabe que o ponto em que eles (esses dois partidos) se encontram e convergem na mesma profundidade, na mesma proporção, é no arrefecimento da Lava Jato", disse.

De acordo com Marina, o impeachment não pode ser classificado como golpe porque está previsto na Constituição e porque, segundo ela, houve crime de responsabilidade cometido por Dilma. "Mais de R$ 60 bilhões foram usados em operações de crédito sem autorização do Congresso, sem que nós tivéssemos lasqtro necessário para essas operações", relatou.

Leia mais:'PT e PMDB convergem para o arrefecimento da Lava Jato', diz Marina Silva

STF libera divulgação de 'lista suja' de trabalho escravo

STF libera divulgação de 'lista suja' de

trabalho escravo

mte-

Ministério do Trabalho também editou medida para que empresas possam deixar o cadastro mediante a assinatura de um acordo de ajustamento de conduta

ISADORA PERON - O ESTADO DE S.PAULO

O Supremo Tribunal Federal (STF) revogou uma medida que impedia que o Ministério do Trabalho divulgasse a lista de cadastro de empresas autuadas por submeter trabalhadores a um regime análogo ao da escravidão.

Durante o recesso de fim do ano passado, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, concedeu uma liminar que impedia a publicação da chamada "lista suja" até que a matéria fosse julgada em definitivo.

Para a ministra Cármen Lúcia, relatora da ação proposta pela Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias, porém, o processo perdeu o objeto depois que foram publicadas duas portarias interministeriais que regulamentaram a matéria.
O principal questionamento da ação era que a regulamentação que criou o cadastro sobre trabalho escravo não previa uma maneira de as empresas recorrerem da inclusão dos nomes da lista.

Para a ministra, no entanto, essa questão foi superada com a publicação das novas regulamentações. O Ministério do Trabalho também editou uma medida para que as empresas possam deixar a lista suja mediante a assinatura de um acordo de ajustamento de conduta com a Advocacia-Geral da União.

Pedro Corrêa diz que Lula articulou esquema de corrupção na Petrobrás

Pedro Corrêa diz que Lula articulou esquema

de corrupção na Petrobrás

alx lula pgm tv1 original

Ex-deputado do PP, condenado no Mensalão e na Lava Jato, apontou ao menos dezoito políticos em 72 anexos à Procuradoria-Geral da República

O ex-deputado Pedro Corrêa (PP/PE), condenado no Mensalão e na Lava Jato, afirmou em delação premiada na Procuradoria-Geral da República que o ex-presidente Lula articulou esquema de corrupção na Petrobrás.

Lula teria imposto rigorosamente a nomeação do engenheiro Paulo Roberto Costa para a Diretoria de Abastecimento da estatal petrolífera, em 2004. As informações foram divulgadas pela revista Veja em sua edição deste fim de semana.

A delação de Pedro Corrêa ainda não foi homologada pelo ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo a reportagem, o relato do ex-deputado, preso em 2015 por ordem do juiz federal Sérgio Moro, preenche 72 anexos que somam 132 páginas e implicam ao menos 18 políticos, entre deputados, senadores, ministro do TCU, ex-ministros e ex-presidentes.

Corrêa admite que recebeu propina de quase vinte órgãos do governo ao longo de sua vida política, tendo começado a captar dinheiro ilícito ainda na década de 1970, em contratos do extinto Inamps.

Ele relata casos envolvendo outros delatores, como o ex-senador Delcídio Amaral.

Apontou o ex-presidente Lula. Segundo, ele o então presidente da Petrobrás, José Eduardo Dutra, teria dito a Lula que não era da tradição da estatal preencher cargos por indicação política. Mas Lula, afirmou o delator, ordenou a nomeação de Paulo Roberto Costa para a Abastecimento – primeiro bolsão de propinas instalado na Petrobrás, segundo a Lava Jato.

Leia mais:Pedro Corrêa diz que Lula articulou esquema de corrupção na Petrobrás

Presidente Ricardo Lewandowski proíbe processos ocultos no STF

Presidente Ricardo Lewandowski proíbe

processos ocultos no STF

Lewan

Com a medida, será possível verificar a existência de investigações contra políticos que hoje não aparecem sequer no sistema do tribunal

ISADORA PERON, GUSTAVO AGUIAR E CARLA ARAÚJO - O ESTADO DE S.PAULO

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, assinou uma resolução proibindo a tramitação de processos ocultos na Corte. Esse tipo de procedimento não aparece sequer no sistema do tribunal e atualmente só pode ser consultado pelo ministro-relator ou a Procuradoria-Geral da República pode acessá-lo.

Com a medida, será possível verificar a existência de investigações contra políticos que hoje estão ocultas no sistema do STF. Os processos poderão continuar tramitando sob segredo de Justiça, mas a população poderá saber, pelo menos, se há ou não uma investigação contra uma autoridade.
Antes da resolução, o mais provável era que a eventual abertura de um processo contra a presidente afastada Dilma Rousseff tramitasse de maneira oculta na Corte. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a instauração de um inquérito contra a petista por suposta tentativa de obstruir as investigações da Lava Jato.

A justificativa dada pelo presidente do Supremo para editar a resolução é que a medida atende aos princípios constitucionais da publicidade, do direito à informação, da transparência e também aos tratados internacionais dos quais o Brasil é signatário.

Segundo o Estado apurou, Lewandowski conversou com os demais ministros do STF antes de assinar a resolução, que data do dia 25.

Leia mais:Presidente Ricardo Lewandowski proíbe processos ocultos no STF

Deputado José Adécio destina emenda de R$ 150 mil para Santa Maria

Deputado José Adécio destina emenda de

R$ 150 mil para Santa Maria

Adecio - Emenda P.A

Ratificando o compromisso com seus eleitores e correligionários, como já é praxe na condução de seu mandato, o Deputado José Adécio sensibilizado com a crise financeira que atinge os municípios do Rio Grande do Norte, e atendendo a pedido da Prefeita Celina Câmara e do Vice-prefeito Manoel Amaro, destina de sua cota para Emendas Orçamentárias, no Orçamento do Estado, para este ano de 2016, a Emenda nº 46 no valor de R$ 150.000,00 para o município, a ser utilizada em obras de pavimentação e drenagem de águas pluviais no município de Santa Maria.

Assecom: Rafael Maia

Assú faz evento teste para passagem da Tocha Olímpica

Assú faz evento teste para passagem da

Tocha Olímpica

FALTAM 10 DIAS

O município do Assú vai receber nesta sexta-feira (27), o Exercício de Validação Operacional para passagem da Tocha Olímpica. O Evento Teste acontece a partir das 16 horas, com voluntários conduzindo uma tocha simbólica pelas ruas por onde o revezamento irá passar no dia 06 de Junho. Hoje, durante o Evento Teste, as vias serão isoladas parcialmente. O Departamento Municipal de Transito e Transporte – Demutran e o NORE estarão presentes orientando o tráfego e oferecendo todo o apoio necessário.

O Exercício contará com a participação da Policia Rodoviária Federal, Comando de Policia Rodoviária Estadual, Policia Militar (10º BPM), equipe da Secretaria Municipal de Juventude, Eventos, Esporte e Turismo, Secretaria Municipal de Infraestrutura e representantes do comitê olímpico. É aguardada ainda a presença do Exército e Força Nacional.

O acendimento da chama olímpica aconteceu na cidade grega de Olímpia, berço dos Jogos da Antiguidade, no dia 21 de abril. O revezamento da Tocha Rio 2016 no Brasil começou por Brasília, no dia 03 de maio, e percorrerá cerca de 20mil quilômetros por estradas brasileiras e 10mil milhas aéreas na região ao Norte e Centro-Oeste. A viagem se encerra no dia 05 de agosto, quando o último condutor da tocha acender a Pira Olímpica durante a Cerimônia de Abertura dos Jogos, no Estádio do Maracanã.

SEACOM - PMA

Temer promete cortar 4 mil cargos de confiança em 2016

Temer promete cortar 4 mil cargos de

confiança em 2016

000temer

Governo interino de Michel Temer pretende economizar cerca de R$ 200 milhões por ano com cortes de cargos

POR LUIZA SOUTO - O GLOBO

O governo interino de Michel Temer promete reduzir 4 mil cargos de confiança até o final deste ano. A meta foi anunciada pelo então ministro do Planejamento, Romero Jucá, dias depois de Temer ter assumido a Presidência da República. O corte de pessoal será obtido com um enxugamento da estrutura dos ministérios.

A expectativa é que o governo economize cerca de R$ 200 milhões por ano se o fechamento de todos esses cargos ocorrer de fato.

O processo de corte de cargos começou ainda na gestão da presidente afastada Dilma Rousseff, quando, no fim do ano passado, ela anunciou a medida dentro do pacote de ajuste fiscal.

Na época, o então ministro do Planejamento Nelson Barbosa falou na extinção de 3 mil vagas. Até o afastamento da petista, haviam sido realizadas 917 exonerações. O governo interino informou que vai considerar esse número para o alcance da meta de 4 mil cargos extintos.

Antes do afastamento de Dilma, PT tinha 10 mil cargos comissionados no governo

Antes do afastamento de Dilma, PT tinha 10

mil cargos comissionados no governo

11 Dilma 111

Aproximadamente 10 mil petistas entre os 107.121 funcionários que ocupam cargos comissionados apenas no Executivo federal

POR LUIZA SOUTO - O GLOBO

O GLOBO publicou no início deste mês, no entanto, que filiados ao PT ocupavam cerca de 10% dos cargos comissionados apenas do governo de Dilma Rousseff.

Estimativa feita pelo Núcleo de Dados do GLOBO apontou que havia, até o afastamento de Dilma, em torno de 10 mil petistas entre os 107.121 funcionários que ocupam cargos comissionados apenas no Executivo federal.

Parte desses cargos deve entrar na partilha feita pela equipe do presidente interino, Michel Temer, para partidos aliados a seu governo.

O objetivo do levantamento do TCU "foi identificar e avaliar riscos relativos à escolha e à investidura em funções de confiança e cargos em comissão, assim como dar transparência acerca dos quantitativos, atribuições, requisitos de acesso e outras informações relevantes a esses cargos e funções", diz o documento, cuja relatoria é do ministro Vital do Rêgo.

Leia mais:Antes do afastamento de Dilma, PT tinha 10 mil cargos comissionados no governo

Cargos de confiança do governo custam R$ 3,5 bilhões por mês, aponta TCU

Cargos de confiança do governo custam R$ 3,5

bilhões por mês, aponta TCU

2016-903450243-2016-903265700-201604160814135042.jpg 20160416.jpg 20160417

Gasto representa 35% da folha do funcionalismo federal, incluindo todos os Poderes

POR LUIZA SOUTO - O Globo

Relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) revela que a administração pública federal — incluindo Executivo, Legislativo e Judiciário federais — gasta hoje R$ 3,47 bilhões por mês com funcionários em cargos de confiança e comissionados. O valor representa 35% de toda a folha de pagamento do funcionalismo público na esfera federal, que é de R$ 9,6 bilhões mensais.

O documento detalha os gastos com esse tipo de funcionários em 278 órgãos federais, e mostra que, em pelo 65 deles, o número de cargos de confiança e comissão passa de 50% do total de empregados. Ou seja, há mais da metade dos servidores desses órgãos supostamente exercendo funções de direção, chefia ou assessoramento.

De acordo com o documento, elaborado pela Secretaria de Fiscalização de Pessoal (Sefip) do TCU, há hoje 1,1 milhão de funcionários em postos de Executivo, Legislativo e Judiciário. Desses, pouco mais de 346 mil trabalham em cargos de confiança e comissionados. Nos cargos de confiança estão pessoas concursadas e que recebem salário mais gratificação por ocupar posto de chefia. O comissionado não passou por concurso público.

Dos gastos com os cargos de confiança e em comissão, os maiores percentuais estão nos poderes Legislativo (60,9% do total de despesas com pessoal), e no Judiciário (56,9%).

O relatório aponta ainda que, entre os ocupantes dos 346 mil comissionados, 8,6% (cerca de 30 mil) estão filiados a partidos políticos. As legendas que mais ocupam esses cargos são PT (13,6% do total), PMDB (10,9%), PSDB (9,6%) e PDT (6,5%). A Fundação Cultural Palmares, o Ministério do Desenvolvimento Agrário e o Senado são os órgãos que apresentam os maiores percentuais de servidores comissionados filiados a partidos.

A fundação tem hoje 27% em cargos de confiança, enquanto o Desenvolvimento Agrário emprega 26,9% e o Senado, 23,28%. As assessorias dos três órgãos não foram localizadas ontem para falar do assunto.

José Adécio solicita a Robinson 'a recuperação da RN 263 e da BR 104 que liga Pedro Avelino a BR 304'

José Adécio solicita a Robinson 'a recuperação da RN

263 e da BR 104 que liga Pedro Avelino a BR 304'

Adecio

Atendendo solicitação do Vereador Gilmar que protocolou requerimento pela Câmara Municipal de Pedro Avelino, o Deputado José Adécio, protocolou requerimento na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, solicitando ao Governador Robinson Faria e ao Senhor Diretor Presidente do Departamento de Estradas e Rodagens – DER, Sr. Jorge Ernesto, às providências necessárias para a recuperação e tapa buraco da RN 263 e trecho da BR 104 que liga a cidade de Pedro Avelino a BR 304.

A solicitação em referência, tem como objetivo oferecer melhores condições de vida à população que necessita da estrada para atividades diárias, e a todos aqueles que precisam trafegar pela a rodovia, levando também em consideração a importância vital da rodovia para a economia da região, que se encontra em expansão, com investimentos de empresas geradoras de energia eólica.

Assecom: Rafael Maia

Pagina 1 de 418