Governo federal financia metade de 'Coliseu' no sertão cearense

Governo federal financia metade de 'Coliseu'

no sertão cearense

estadio municipal alto santo 4

Capacidade de estádio de Alto Santo, que custou R$ 1,3 mi, supera total de habitantes do município

ANDRÉ UZÊDA - Folha de São Paulo - ENVIADO ESPECIAL A ALTO SANTO (CE)

O governo da presidente Dilma Rousseff (PT) financiou metade da construção, no sertão cearense, de um estádio de futebol com fachada inspirada no Coliseu romano.

A arena, em Alto Santo (a 230 km da capital, Fortaleza), terá capacidade (20 mil) superior ao número de habitantes do município (16 mil).

Após cinco anos em obras, o Coliseu do Sertão deve ser inaugurado em janeiro do ano que vem. O custo de R$ 1,3 milhão foi dividido entre governo federal e prefeitura.

O Ministério do Esporte repassou R$ 619 mil, por emendas parlamentares --quando o deputado indica a obra e o governo libera o recurso.

Alto Santo não tem time na primeira divisão do Estado --o Alto Santo Futebol Clube, fundado em 2007, não joga em nenhuma divisão do futebol local. Para evitar que a obra faraônica logo se torne um elefante branco, a prefeitura negocia para receber os jogos do time de Quixadá, cidade a 160 km de distância.

Para o ex-prefeito Adelmo Aquino (SD), idealizador do Coliseu, o estádio ampliará o potencial turístico e trará receitas para o comércio local.

"O projeto é a longo prazo e será finalizado gradativamente daqui a dez anos. Daqui a uma década, Alto Santo terá uma população maior, e queremos que o estádio continue atual", afirmou.

A primeira fase da obra será entregue com 6.000 lugares. As demais 14 mil cadeiras, que estão no projeto, viriam numa segunda etapa.

Questionado sobre os critérios adotados pelo governo federal para financiar o estádio, o Ministério do Esporte informou que as emendas já vieram definidas pelo Congresso e que o projeto foi aceito pelos técnicos da pasta.

O governo não disse quantas pequenas cidades do interior do país receberam repasses similares para construir equipamentos esportivos.

IRRIGAÇÃO

O interior do Ceará sofre com a falta de chuvas regulares há quatro anos, e Alto Santo é um dos 175 municípios do Estado (95% do total) que decretaram situação de emergência devido à seca.

Mesmo assim, o gramado é irrigado regularmente, meses antes de sua inauguração.

Para Aquino, água não falta. "Estamos, possivelmente, em um dos locais de maior volume de água de todo o Ceará. Temos aqui dois grandes açudes que nos abastecem em grande volume, o Castanhão e a barragem do Figueiredo", disse à Folha.

Procurado, o atual prefeito da cidade, José Iran Paulino (PRB), não foi localizado.

O município aposta na negociação com o Quixadá Futebol Clube, da primeira divisão cearense. O gramado já foi aprovado pela federação estadual, mas o clube hesita em bancar a taxa relativa ao aluguel do estádio --10% do arrecadado na bilheteria.

Nadoth de Castro, presidente do Quixadá, diz que o clube aceitará jogar no Coliseu se a prefeitura abrir mão dessa receita. "Só é vantajoso se tivermos esse percentual da renda. Caso contrário, fica muito oneroso."

Aécio: Não farei um governo de planos mirabolantes

Aécio: Não farei um governo de planos mirabolantes

aecio betim

ELIAZABETH LOPES - ESTADÃO CONTEÚDO

O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, afirmou nesta terça-feira, em entrevista ao Bom Dia Brasil, da Rede Globo, que se for eleito não fará um governo de choques ou de planos mirabolantes . "Vou atuar com previsibilidade", destacou, dizendo que por essa razão foi o primeiro candidato ao Palácio do Planalto a anunciar o nome do seu eventual ministro da Fazenda, o ex-presidente do Banco Central Armínio Fraga.

Questionado sobre os seus planos para recolocar o País na rota do crescimento, o tucano não entrou em detalhes, mas disse que pretende aumentar a taxa de investimentos com relação ao PIB para algo em torno de 23%, 24% nos próximos quatro anos. "O atual governo demonizou as parcerias e os investimentos. O Brasil fracassou e a atual presidente fracassou na gestão do Estado, por isso não merece mais um mandato pra governar o Brasil."

Apesar de estar em terceiro lugar nas atuais pesquisas de intenção de voto, atrás das adversárias Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB), Aécio disse que está otimista para virar o processo eleitoral e chegar ao segundo turno. E voltou a dizer que tem uma equipe de economistas altamente qualificada, em torno de 30 a 40 profissionais liderados por Armínio Fraga, e que essa equipe vem discutindo temas importantes, como a questão dos subsídios e a retomada dos investimentos. E voltou a criticar a atual gestão: "Com relação ao superávit primário deste ano, se você tirar as receitas não recorrentes, vai ficar próximo de zero."

Leia mais:Aécio: Não farei um governo de planos mirabolantes

Câmara move ação contra idealizador da Ficha Limpa

Câmara move ação contra idealizador da Ficha Limpa

Henrique Ficha

Henrique enxergou uma ofensa na declaração de Márlon Reis que disse que há deputados corruptos 

FERNANDO RODRIGUES - Folha de São Paulo - DE BRASÍLIA

A Câmara dos Deputados, por meio de seu presidente, Henrique Alves (PMDB-RN), decidiu processar o juiz Márlon Reis, um dos idealizadores do movimento que resultou na Lei da Ficha Limpa.

Henrique Alves, candidato ao governo do Rio Grande do Norte, enxergou uma ofensa em declaração de Márlon Reis ao "Fantástico", da TV Globo, exibida em 8 de junho.

Na reportagem, Márlon diz que "[os corruptos] ocupam grande parte das cadeiras parlamentares do Brasil e ("¦) precisam deixar de existir."

Para a Câmara, Márlon Reis cometeu "ilícitos". Na peça inicial do processo, Henrique Alves afirma: "Por meio de acusações genéricas contra sujeitos não identificados, que inviabilizam o direito de defesa, o Reclamado [Márlon Reis] assacou conduta desonesta e criminosa a todos os integrantes do Poder Legislativo."

Márlon foi notificado pelo Conselho Nacional de Justiça na semana passada e terá 15 dias para se manifestar.

Procurado, o magistrado disse, em nota, que "a Constituição Federal assegura a todos plena liberdade de pensamento e de expressão."

Além disso, reafirmou que "há entre os deputados pessoas que alcançaram seus mandatos por vias ilícitas" e que "estes precisam ser detidos."

Em Fernando Pedroza

Prefeito eleito José Renato, ex-prefeto Gon e

vereadores realizam comício em apoio a Adécio

Foto Principal -  Fernando Pedroza

O Deputado José Adécio foi recebido no município de Fernando Pedroza pelo prefeito eleito José Renato, a vice-prefeita Patricia, o ex-prefeito Gon;o ex-pres. da câmara Miranda e os vereadores: Tiva, Francimário, Paulo de Ramiro, Pretinho e correligionários. Estiveram também no momento Grimaldi vereador de Angicos e a ex-vereadora de Ipanguaçu Rosa e Dra. Raissa representando Ivan Fonseca.

Adécio caminhou pelas ruas do município ao lado do povo finalizando em um comício realizado na praça central, onde foi ouvido por milhares de pessoas.

Foto auxiliar 1-Fernando Pedroza

Foto auxiliar 2-Fernando Pedroza

Milhares de populares e os líderes políticos José Renato e Gon apoiam Adécio

Foto auxiliar 3 - Fernando Pedroza

Foto auxiliar 4 - Fernando Pedroza

Vereador de Angicos Grimaldi e a ex-vereadora de Ipanguaçú Rosa e Dra Raissa apoiam o trabalho parlamentar de José Adécio

Assecom: Rafael Maia

Anistia para partidos

Presidente do TSE propõe anistia para partidos que

possuem contas pendentes

Antonio-Dias-Toffoli

De autoria de Dias Toffoli, proposta prevê que prestações das siglas antes de 2009 que não foram julgadas deixem de ser analisadas definitivamente; medida pode beneficiar PT

MARIÂNGELA GALLUCCI E BEATRIZ BULLA - O ESTADO DE S. PAULO

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, José Antonio Dias Toffoli, pretende aprovar nesta semana uma espécie de anistia para partidos políticos. A proposta, de sua autoria, prevê que as prestações de contas das siglas anteriores a 2009 que ainda não foram julgadas deixem de ser analisadas pela Corte definitivamente.

Se a medida passar pelo plenário, o TSE deixará de analisar, por exemplo, as contas do PT relativas ao ano de 2008, em que técnicos apontaram irregularidades na aplicação do Fundo Partidário e recomendaram por duas vezes a rejeição dessas contas.

Quando há rejeição de contas, a legenda pode ser punida com a suspensão do recebimento dos recursos do Fundo Partidário pelo período de 1 a 12 meses.

Entre os problemas encontrados nas contas de 2008 do PT, sigla da presidente Dilma Rousseff, está o uso de R$ 320 mil do Fundo Partidário para pagar Marcos Valério Fernandes de Souza. Condenado a 37 anos, 4 meses e 11 dias de prisão por participação no mensalão, o empresário cumpre pena desde novembro do ano passado.

Toffoli apresentou a proposta, denominada por ele de "política de gestão de processos", na quinta-feira passada, durante a análise da prestação de contas do PV também do ano de 2008.

Leia mais:Anistia para partidos

Ministério Público ajuíza ação para aumentar efetivo da polícia civil em Caicó

Ministério Público ajuíza ação para aumentar efetivo

da polícia civil em Caicó

DSCN9989

A 1ª Promotoria de Justiça de Caicó ajuizou ação civil pública para que a Justiça determine o Estado a designar um delegado exclusivo, mais dois policiais e um escrivão em especializada do adolescente

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Caicó, ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para que a justiça determine o Estado a manter em funcionamento, de forma permanente e exclusiva, uma equipe da polícia civil na Delegacia Especializada no Atendimento ao Adolescente Infrator (DEA), sem acúmulo de funções dos profissionais com outras delegacias de Caicó.

Segundo a ação, a delegacia precisa ter mais um delegado exclusivo, dois agentes e um escrivão. Na ACP, a Promotoria incluiu um pedido de "obrigação de não fazer" também por parte do Estado, para que seja evitado a designação dos membros da polícia civil, indicados para atuarem na DEA, em outras delegacias e consequentemente acumulando funções. A exceção fica na situação em que o delegado acumule funções em casos de férias ou licenças de outros colegas de função.

O MP pede também que seja disponibilizada pelo menos uma viatura policial exclusiva para a Delegacia Especializada no Atendimento ao Adolescente Infrator de Caicó. Além disso, a Promotoria requer que a justiça determine uma reforma estrutural do prédio da DEA, ou a mudança da unidade para outro imóvel de propriedade do Estado. E com isso, "permitir sua utilização de forma compatível com a sua finalidade a que se destina, oferecendo segurança a integridade física dos jovens apreendidos e aos policiais civis em serviço".

Presidente do STF assumirá lugar de Dilma por 2 dias

Presidente do STF assumirá lugar de Dilma por 2 dias

Ricardo-Lewandowski-stf

Manobra foi decidida de última hora para evitar que o vice, Michel Temer, assumisse o Planalto e houvesse alguma representação da oposição, tornando-o inelegível

TÂNIA MONTEIRO - ESTADÃO CONTEÚDO

O novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, assume na noite desta segunda-feira, 22, a Presidência da República no lugar da presidente Dilma Rousseff, que embarca para Nova York. Dilma discursará na Cúpula do Clima, nessa terça, 23, e participará da abertura da Assembleia Geral da ONU, na quarta-feira.

A manobra foi decidida de última hora, enquanto a presidente Dilma estava em Minas Gerais. O objetivo foi evitar que, na sua ausência da Presidente da República, o vice-presidente Michel Temer, candidato a permanecer no posto, em caso de reeleição de Dilma, assumisse o Planalto e houvesse alguma representação da oposição, tornando-o inelegível. "Para evitar o risco de inelegibilidade, o vice-presidente Temer fará uma visita ao Uruguai", informou um interlocutor da presidente.

A articulação foi necessária porque o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), disputa a eleição neste ano. Já o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), também está impedido de assumir a presidência porque Renan Filho disputa a eleição ao governo de Alagoas.

Para acertar a necessidade de Lewandowski permanecer por dois dias à frente do Palácio do Planalto, Dilma telefonou para o presidente do TSE e lhe explicou o que estava ocorrendo. Lewandowski concordou e, assim que Dilma deixar o espaço aéreo brasileiro esta noite, ele assume automaticamente o cargo, por dois dias. Dilma volta na noite de quarta feira, 24, ao Brasil.

Projeto Palmas para o Assú foi iniciado no último sábado

Projeto Palmas para o Assú foi iniciado

no último sábado

PROJETO PALMAS PARA ASSU

No último sábado (20), a Prefeitura do Assú, por meio da Secretaria de Agricultura, começou o projeto "Palmas para Assú". O trabalho, iniciativa da prefeitura, que conta com apoio da Emater e SEBRAE distribuiu nesta primeira etapa raquetes de palma para 40 produtores rurais da agricultura familiar. Na ocasião, também foi realizada palestra/treinamento com o tema 'Palma Forrageira Adensada e Irrigada', apresentada pelo agrônomo e consultor Klénio Albuquerque Vieira.

No encontro, o prefeito de Assú, Ivan Júnior, acompanhado do secretário de Desenvolvimento Rural, Paulo César de Brito, do gestor de EMATER/Assú, Evilásio Dantas de Farias e do coordenador do projeto, o zootecnista Valmir Aquino, fizeram na sede do SEBRAE, a entrega das raquetes. "Com o cultivo da palma os criadores terão um reserva estratégica de alimentos para os animais, permitindo mesmo durante a seca, continuar alimentando seu rebanho, com qualidade, utilizando a palma como base alimentar", enfatizou o prefeito.

Neste sábado, os produtores cadastrados receberam vinte mil raquetes da palma Orelha de Elefante Mexicana (Opuntia Tuna), sendo 500 raquetes para cada produtor rural. As mudas de palmas distribuídas são resistentes à Cochonilha do Carmim, um inseto que se alimenta da seiva das plantas e além de sugar a planta, a cochonilha também pode introduzir vírus ou toxinas que deixam à planta amarela e murcha podendo destruir a palma forrageira dentro de poucos meses se não for combatida rapidamente.

De acordo com o gestor da EMATER, Evilásio Dantas de Farias, a cidade de Assú é uma das que possui os melhores resultados em trabalhos com novas práticas agrícolas. "Os produtores de Assú recebem muito bem essas novas técnicas e ferramentas para o combate aos problemas da lavoura", ressaltou.

Além de distribuir e incentivar o cultivo, técnicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural darão suporte aos produtores, oferecendo assessoramento para o plantio e manuseio das mudas e raquetes de palma. Dentro de aproximadamente 11 meses, os produtores contemplados nesta primeira etapa fornecerão 10% da palma cultivada para beneficiar 120 novos produtores e assim sucessivamente o projeto será multiplicado.

Palma

Planta originária do México, que foi introduzida na Brasil no início do século XX, com intuito de abrigar um inseto para a produção de corante natural utilizado no tingimento de tecidos, situação mudada com o surgimento do corante artificial, mas com o tempo, passou a ser usado como pasto para animais como bovinos, caprinos e ovinos, tornando-se assim uma alternativa de alimentação desses rebanhos.

SEACOM/Assessoria de Imprensa - PMA

MPF denuncia ex-prefeito de Extremoz por desvio de R$ 4,1 milhões

Ministério Público Federal denuncia ex-prefeito de

Extremoz por desvio de R$ 4,1 milhões

enilton 29Irregularidades incluem saques feitos pelo próprio Enilton Trindade e repasses às construtoras, sem que as obras fossem executadas

O Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) denunciou o ex-prefeito de Extremoz Enilton Batista da Trindade por se apropriar e desviar recursos de dois convênios com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa). O prejuízo aos cofres públicos alcançou R$ 4,1 milhões, de acordo com uma tomada de contas especial realizada pelo Tribunal de Contas da União (TCU). As irregularidades ocorreram entre 2007 e 2008 e outros três foram denunciados: o empresário Wellington Ferrário Costa; e os engenheiros Lizélia Maria de Souza e Francisco Francil da Rocha.

As duas denúncias assinadas pelo procurador da República Fernando Rocha apontam o mesmo tipo de conduta ilícita: a apropriação e desvio de recursos públicos através de saques na "boca do caixa", o pagamento de dívidas ao INSS que não era previsto nos convênios, além de repasses às construtoras, sem que as obras fossem executadas.

Uma das denúncias aponta prejuízos de R$ 2.314.849,13 à Funasa, dentro do Convênio 2285/2004, assinado pelo então prefeito para a construção de um sistema de esgotamento sanitário na cidade. O montante previsto para as obras era de R$ 3 milhões, dos quais R$ 2,4 milhões foram efetivamente repassados à Prefeitura.

A microfilmagem de cheques permitiu identificar que o ex-prefeito fez nove saques, na "boca do caixa", totalizando a quantia de R$ 126.400,44. E embora os recursos tivessem sido repassados ao Município com a exclusiva finalidade de possibilitar as obras de saneamento, o então gestor destinou outros nove cheques, no valor total de R$ 111.232,37, para pagar débitos com o INSS.

Leia mais:MPF denuncia ex-prefeito de Extremoz por desvio de R$ 4,1 milhões

Aécio diz que Dilma 'mente' e Marina só 'se desmente'

Aécio diz que Dilma 'mente' e Marina só 'se desmente'

439264-970x600-1

O senador Aécio Neves, candidato do PSDB à Presidência da República, fez nesta segunda-feira (22) um ataque duplo às adversárias Dilma Rousseff (PT) e Marina Silva (PSB). Ele classificou a petista como "candidata que mente" e disse que a pessebista apenas "se desmente" –uma referência aos recuos em seu programa de governo.

"O tempo é nosso melhor aliado pois está mostrando que, de um lado, temos uma candidata que mente e, do outro, uma candidata que se desmente o tempo inteiro, haja visto que seu programa de governo parece ter sido feito a lápis para que se possa passar uma borracha quando determinado compromisso contraria determinado segmento que ela acha estratégico para sua campanha", afirmou.

Aécio está em terceiro lugar na corrida presidencial, atrás das duas rivais. Em campanha em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, ele buscou demonstrar confiança na virada dizendo que apresenta o melhor projeto para o Brasil.

Leia mais:Aécio diz que Dilma 'mente' e Marina só 'se desmente'

José Adécio participa de mobilizações em Taipu e São Pedro

José Adécio participa de mobilizações nos municípios

de: Taipu e São Pedro

FOTO PRINCIPAL 2 - TAIPU

O Deputado José Adécio esteve o município de Taipu, onde visitou a feira – livre do município e comerciantes locais, recebendo diversas manifestações de apoio por onde passou. No município o Deputado tem o apoio do ex-prefeito Dr. Marcelo, da vice-prefeita Leônia Maria e do vereador mais votado nas últimas eleições, Marcelo Queiroz( Marcelinho) 713 votos.

EM SÃO PEDRO

FOTO  PRINCIPAL 1  - SAO PEDRO

Dando continuidade a sua agenda o deputado estadual e candidato a reeleição José Adécio participou de atividades políticas no município de São Pedro. Adécio se reuniu com o ex-prefeito João de Deus, correligionários e amigos. (O ex-prefeito João de Deus e seu grupo político apóiam a reeleição de Adécio).

Assecom: Rafael Maia

00PEDR

Juíza decreta indisponibilidade dos bens da prefeita de Ouro Branco

Juíza decreta indisponibilidade dos bens da prefeita de

Ouro Branco que responde ação de improbidade

fatimaaraujo ourobranco

A prefeita Fátima Araújo (PT), que administra pela primeira vez o município de Ouro Branco teve decisão judicial desfavorável expedida pela juíza Janaína Lobo da Silva Maia. O Ministério Público Estadual ingressou com uma liminar solicitando a indisponibilidade dos bens da prefeita, filiada ao PT, que é ré numa ação de improbidade administrativa.

acao improbidade ourobranco4

Na decisão, a juíza deferiu o pedido de liminar e decretou a indisponibilidade dos bens da prefeita de Ouro Branco até o limite de R$ 77.518,64 (setenta e sete mil, quinhentos e dezoito reais e sessenta e quatro centavos).

Fátima Araújo responde ação de improbidade administrativa, onde o Ministério Público Estadual acusa a prefeita de ter autorizado serventes e pedreiros efetivos da Prefeitura Municipal de Ouro Branco, para construírem e reformarem imóveis particulares em detrimento de suas atividades legais.

Rafael Motta participa de grande carreata em Areia Branca

Rafael Motta participa de grande carreata

em Areia Branca

SAM 6635

Candidato a deputado federal pelo PROS, Rafael Motta participou na noite deste domingo (21) do que pode ser considerada como uma das maiores carreatas já registradas até o momento nas eleições 2014. Foram dezenas de motos, carros e, até, caminhões da cidade de Areia Branca e municípios vizinhos, mobilizados pelo candidato a deputado estadual João de Beguinho.

"Rafael Motta é uma das pessoas mais simples e humildes que já conheci, mas não foi só isso que me fez decidir apoiá-lo para federal. Rafael Motta também tem compromisso e vontade de trabalhar para desenvolver Areia Branca e todo o Rio Grande do Norte", afirmou João de Beguinho, ao lado de Rafael Motta.

SAM 6729

Além dos dois, participaram da carreata o ex-prefeito Zé Alfredo, mais um apoiador de Rafael Motta. A atual prefeita da cidade, Luana Bruno, também subiu junto no palanque, por apoiar a candidatura de João de Beguinho. "Fiquei impressionado com a força demonstrada por João de Beguinho na região. E, pelo que já rodei pelo Estado, posso garantir que ele não será votado somente em Areia Branca", afirmou Rafael Motta.

SAM 6771

Antes, o candidato a federal pelo PROS havia participado de uma mobilização em Porto do Mangue, promovida pela família Fernandes e com as presenças dos vereadores Jailson Fernandes, Magno Domingo e João Cirilo. Ainda no domingo, Rafael Motta participou de uma grande mobilização política em Riachuelo, ao lado da prefeita local, Mara Cavalcanti, e do deputado estadual, Raimundo Fernandes; e visitado a prefeita de Caiçara do Rio dos Ventos, Ceiça Lisboa.

No sábado (20), Rafael Motta visitou o município de Macau, onde participou de uma grande caminhada ao lado do ex-prefeito Flávio Veras e do deputado estadual Ezequiel Ferreira. Além disso, visitou as cidades de Guamaré, Pendências e João Câmara, ao lado do deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta.

Pesquisas mostram que 'palanques' estaduais não ajudam presidenciáveis

Pesquisas mostram que 'palanques' estaduais não

ajudam presidenciáveis

campanhaspalanque - 511

Levantamentos nos Estados revelam desconexão entre as eleições para governador e para presidente; favoritos nas disputas locais, como Alckmin (SP), Perillo (GO) e Paulo Souto (BA), veem a maior parte de seu eleitorado apoiar rivais no plano federal

DANIEL BRAMATTI - O ESTADO DE S.PAULO

A cada eleição presidencial, o ritual se repete. Na preparação das campanhas, os concorrentes ao Palácio do Planalto fazem acordos com candidatos a governador, em busca de votos nos Estados. O processo, chamado de "formação de palanques", até no nome evoca uma forma antiga de fazer política, da época em que os comícios eram relevantes nas corridas eleitorais. É como se houvesse um rebanho passivo de eleitores, pronto a seguir a orientação dos caciques regionais. As pesquisas e as urnas, porém, mostram que é um mito a existência do "voto casado" para governador e presidente.

A desconexão entre "palanques fortes" e intenção de voto pode ser observada em quase todas as pesquisas Ibope nos Estados. Dilma Rousseff (PT) lidera com taxas similares em Estados do Nordeste onde não tem palanque (Paraíba, 53%) e onde todos os candidatos fortes a governador a apoiam (Ceará, 56%). Aécio Neves (PSDB) está em terceiro lugar mesmo onde os favoritos ao governo são tucanos (São Paulo, Goiás, Paraíba). E Marina Silva (PSB), com rede quase inexistente de apoio nos Estados, está quase no segundo turno.

O Pará é um território quase perfeito para avaliar o peso dos palanques estaduais no voto para presidente. A disputa local está polarizada entre um candidato que apoia Aécio (Simão Jatene, do PSDB) e um aliado de Dilma (Helder Barbalho, do PMDB, que concorre coligado ao PT). Os dois estão empatados tecnicamente.

Se houvesse conexão entre voto estadual e federal, os paraenses pró-Jatene votariam mais em Aécio, e os barbalhistas se alinhariam a Dilma. Mas não é isso o que acontece. Os eleitores de ambos se dividem quase na mesma proporção entre os presidenciáveis do PT, do PSDB e do PSB.

Leia mais:Pesquisas mostram que 'palanques' estaduais não ajudam presidenciáveis

Ricardo Motta vai a 10 cidades e percorre 1.800 quilômetros no final de semana

Ricardo Motta vai a 10 cidades e percorre 1.800

quilômetros no final de semana

Canguaretama

Canguaretama 26

A população de Canguaretama foi às ruas para receber os candidatos a deputado estadual Ricardo Motta e deputado federal Rafael Motta em caminhada e comício ao lado do grupo formado pela prefeita Fátima, deputada Gesane Marinho, ex-prefeito Jurandyr Marinho, ex-prefeito Edmilson Faustino, os vereadores João Paulo, Elvis, João Batista, Bosco, Romilson, José Augusto, Dadá, Castelo e Dominguinhos; e os ex-vereadores Rosário, Dal, Toinho Freire, Carlinhos Fagundes e Lúcio.

Alto do Rodrigues

Alto do Rodrigues 1

O prefeito Abelardo Rodrigues, de Alto do Rodrigues, promoveu grande carreata e comício na noite de sexta-feira para que seus candidatos Ricardo Motta e Felipe Maia pudessem levar sua palavra aos eleitores, nesta reta final da campanha. Presentes também a vice-prefeita Emília, o ex-prefeito Geraldo e os vereadores Nixon, Ina Mulatinho, Zé Pedro, Pedro Eugênio e Lobão.

Carnaubais

Carnaubais

Em Carnaubais, Ricardo Motta prestigiou o lançamento da revista Foco - O Vale do Assú em Revista e a comemoração do primeiro ano do blog Carnaubais em Foco. O evento foi promovido pelo professor Francisco e pelo empresário Dinarte Diniz. Estavam presentes os vereadores de Carnaubais Keide e Francisco Wanderley Mendes e de Assu Breno, Antônio José e Waldson.

João Câmara

Joo Cmara

O sábado começou com uma caminhada de Ricardo e Rafael pelo comércio e feira livre de João Câmara. Ao lado da ex-prefeita Goreti Leite, do vereador Hoderlin e das lideranças Gameleira, Flávio Samir, Zé Araújo, Carlinhos, Zé Noel, Marcos Brejeiro, Rosevaldo, Léo de Fátima e Rizomar, os dois foram recebidos pelo povo de João Câmara.

Pendências

Pendencias

Os ex-vereadores Gustavo Queiroz e João Zuza promoveram uma carreata pelas ruas de Pendências, no final da tarde e início da noite deste sábado para os candidatos a deputado estadual Ricardo Motta e federal Rafael Motta. A programação foi encerrada com comício relâmpago.

Guamaré

Guamare

O ex-prefeito Mozaniel, o vereador Gustavo e as lideranças Marcos da Igreja, Enéas, Alex do Mercadinho, Severo e Márcio de João Pedro reuniram cerca de 600 pessoas da comunidade de Baixa do Meio, Guamaré, para ouvir o deputado Ricardo Motta e o candidato a deputado federal Rafael Motta.

Parazinho

Parazinho

A oposição de Parazinho mostrou sua força, neste sábado, em mobilização para reafirmar o compromisso com seus candidatos: estadual Ricardo Motta e federal Rafael Motta. Os vereadores Rildo Câmara, Flávio Bocão e Danda de Garrote, a vice-prefeita Edna Câmara e a liderança Wanderley de Souza levaram centenas de pessoas às ruas em carreta e comício.

Boa Saúde

Boa Saude

O primeiro compromisso do domingo foi uma caminhada pela feira de Boa Saúde, acompanhado do ex-candidato a prefeito Pedro Birico, do dentista Marcílio Vila, vereadora Aldenir, professor Pereira, suplente Marcelo e do presidente da Associação Comunitária de Murici e Limoeiro, Josemar Alves.

Extremoz

Extremoz

Em Extremoz, atendo convite do vereador Joaz e do pastor Edson Oliveira, presidente do Campo da Assembléia de Deus no município, Ricardo Motta prestigiou o aniversário de Júnior Oliveira e participou de reunião com pastores, dentre os quais o pastor Jair, e também com Rubens, representante dos transportes alternativos de Extremoz.

Porto do Mangue

Porto do Mangue

O último compromisso do final de semana foi em Porto do Mangue. Ricardo Motta percorreu as ruas do município em carreata junto com o prefeito Titico, os vereadores Carlinhos do Rosado e Mariazinha. A mobilização, que terminou com grande comício, contou também com a presença do prefeito de Assu, Ivan Júnior.

Henrique Alves destaca apoio que tem recebido dos prefeitos

Henrique Alves destaca apoio que tem

recebido dos prefeitos

Assu

Henrique Alves com George Soares no comício em Assú

Em sua passagem por municípios da região Central, neste domingo (21), o candidato do PMDB ao Governo do Estado, Henrique Alves, disse que o apoio que tem recebido dos prefeitos locais e a presença da população nas ruas são a melhor resposta aos ataques que vem sofrendo dos adversários.

A Caravana da Mudança visitou as cidades de Santa Maria, Riachuelo, Caiçara do Rio do Vento, Lajes, Fernando Pedroza, Angicos e Assú. "O que vemos em todas as cidades que passamos é uma demonstração muito grande de carinho. Aqui no nosso palanque, ninguém vem falar mal de ninguém, agredir ninguém. A melhor resposta que podemos dar está nas ruas. Deixem eles falarem", disse Henrique.

Assu 2

A Caravana da Mudança encerrou com um comício em Assú, onde Henrique e Wilma foram recebidos pelo deputado estadual George Soares (PR), candidato à reeleição. Na ocasião, ele comemorou seu aniversário e disse que nos próximos dias vai intensificar o trabalho na região em busca de votos para os candidatos da coligação União pela Mudança.

Políticos de carteirinha e 'herdeiros' lideram pesquisas por vaga na Câmara

Políticos de carteirinha e 'herdeiros' lideram

pesquisas por vaga na Câmara

L01 Felipe Maia

O deputado Felipe Maia é filho do senador Agripino Maia - Celso Junior/AE

JOSÉ ROBERTO DE TOLEDO, RODRIGO BURGARELLI - O ESTADO DE S. PAULO

Os dados foram calculados com base no resultado das pesquisas da série Deputados do Ibope, que pode ser contratada pelos próprios candidatos que desejam ver os cinco mais citados espontaneamente pelos eleitores nos maiores Estados, além da sua própria posição no ranking geral. A conclusão é de que o discurso da renovação, que ganhou força após as manifestações de junho de 2013 e, na corrida presidencial, se personalizou na liderança de Marina Silva (PSB) entre quem quer mais mudança que continuidade, não deverá se manifestar com tanta força na nova composição do Legislativo federal.

Dos 90 candidatos preferidos dos eleitores até agora, 83 já são políticos e foram eleitos para cargos eletivos em pelo menos uma ocasião anterior. A maioria - 51 nomes - já está na Câmara, e outros quatro estiveram em legislaturas passadas. Além deles, 17 são atualmente deputados estaduais, que tentam pela primeira vez chegar à esfera federal concorrendo para o cargo. O resto já ocupou mandato de vereador em alguma cidade importante do seu Estado ou cargos executivos, caso do ex-prefeito de Belém Edmilson Rodrigues (PSOL) ou do vice-governador de Mato Grosso Chico Daltro (PSD).

Novatos. Dos sete estreantes, quatro podem atribuir ao sobrenome o motivo para estar na lista dos preferidos do eleitorado. Dulce Miranda (PMDB) é ex-primeira dama de Tocantins, casada com Marcelo Miranda, ex-governador e candidato ao cargo. O alagoano Pedro Vilela (PSDB) carrega o sobrenome do ex-senador Teotônio Vilela, seu avô, e do governador Teotônio Vilela Filho, seu tio. Também em Alagoas concorre Nivaldo Albuquerque (PRP), filho do deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa Antônio Albuquerque. Vicentinho Jr. (PSB-TO) só se difere do trio porque não precisa usar o sobrenome do pai, o senador Vicentinho Alves.

Leia mais:Políticos de carteirinha e 'herdeiros' lideram pesquisas por vaga na Câmara

Walter Alves destaca iniciativas para o homem do campo

No Agreste, Walter Alves destaca iniciativas

para o homem do campo

walter 15

O deputado Walter Alves, candidato a federal pelo PMDB, cumpriu a agenda de campanha deste sábado (20) em Natal e na região Agreste. Ao lado do ministro Garibaldi Filho (Previdência Social), ele visitou cinco municípios para rever amigos, fortalecer as alianças com prefeitos e destacar e correligionários e relembrar as iniciativas que teve nos últimos anos como parlamentar.

walter2 1

Walter destacou a importância da lei Selo Boi da Terra, uma iniciativa apresentada no primeiro mandato para fortalecer economicamente o homem do campo, porque garante a isenção da cobrança do ICMS para o gado nascido, criado e abatido no Rio Grande do Norte, fomentando a cadeia produtiva dos pequenos criadores.

walter4

"Leis como essas ajudam a desenvolver a economia local. Os criadores já enfrentam grandes problemas com a estiagem, com a alimentação do gado, por isso apresentamos essa iniciativa para incentivar e garantir o sustento desses trabalhadores. É uma lei que está em prática e que já garante resultados efetivos para o homem do campo", discursou.

walter6

O primeiro dos compromissos foi a visita à feira livre de Goianinha ao lado do prefeito Júnior Rocha. O segundo dos compromissos foi a grande Carreata do 1511 pelas ruas de Natal ao lado do ministro Garibaldi Filho, do deputado Hermano Morais e dos vereadores Júlio Protásio, Felipe Alves e Ubaldo Fernandes.

Em seguida, Walter seguiu rumo a Monte Alegre para cumprimentar correligionários e o prefeito Severino Rodrigues. De lá, Walter seguiu para os arrastões em Santo Antônio sob o comando do prefeito Lula Ribeiro e em Espírito Santo sob o comando do prefeito Chico Araújo.

Assú cresce com empreendedorismo

Tribuna do Norte destaca crescimento da

economia do Assú nos últimos 5 anos

A edição deste domingo (21), do Jornal Tribuna do Norte apresenta uma reportagem especial sobre o crescimento da economia do município do Assú nos últimos cinco anos. A matéria destaca a participação decisiva da gestão municipal em todo esse processo. Confira texto da reportagem:

Assú cresce com empreendedorismo

O desafio para qualquer município brasileiro de pequeno porte é criar mecanismos capazes de gerar renda, atrair investimentos e movimentar a economia. A cidade de Assú (distante cerca de 210 quilômetros de Natal) conseguiu o feito através do incentivo ao empreendedorismo. Com a implementação da Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, o município facilitou o processo de abertura e regularização de empresas, concedeu incentivos para expansão dessas organizações e aumentou a quantidade de fornecedores da cidade nos pregões realizados. O resultado dessa visão foi o crescimento da economia, o aumento da empregabilidade e o desenvolvimento local.

Nos últimos cinco anos, a quantidade de negócios de pequeno porte em Assú – sobretudo na área urbana - quase triplicou, passando de 735 empresas formalizadas, em 2009, para 2.193 até agora. Essa explosão de formalizações contribuiu para incrementar as receitas com recolhimento de tributos, principalmente o Imposto Sobre Serviço (ISS), que passou de R$ 128,5 mil antes das ações para R$ 343,8 mil. Esse desempenho, no entanto, exigiu uma série de iniciativas para tirar a lei do papel e criar um ambiente legal de fato propício ao empreendedorismo na cidade.

DivulgaçãoMaciel Dalisson de Medeiros: Facção costura peças de roupas para a Hering e gera empregosMaciel Dalisson de Medeiros: Facção costura peças de roupas para a Hering e gera empregos


A estratégia para inserir os pequenos negócios foi desmembrar as licitações em pequenos lotes viabilizando a participação de pequenos empreendedores nos certames. Hoje, 70% das compras governamentais são direcionadas a pequenos negócios da cidade. De acordo com o prefeito de Assú, Ivan Lopes Junior, a implementação da Lei Geral- que foi aprovada em 2010 e implementada a partir daí - tem funcionado como indutor para o crescimento das empresas existentes e surgimento de novas.

“Com a Lei Geral implementada, as pequenas empresas da cidade puderam participar com mais forças dos processos licitatórios, referentes às compras governamentais. Isso favoreceu também o município, já que passaram a existir mais empresas interessadas em fornecer, aumentando a concorrência, reduzindo valores, criando um ciclo na economia municipal com geração de emprego e renda”, explica o gestor.

LEIA MAIS AQUI

Cruzeiro/ AssuNet é vice- campeão brasileiro Interclubes de Taekwondo

Cruzeiro/ AssuNet é vice- campeão brasileiro

Interclubes de Taekwondo

Foto 01

Márcio Diego, Fábio Lourenço e Peterson Endres

O Cruzeiro/ AssuNet representado por três atletas do projeto Team Taekwondo Escola ficou na segunda colocação no Campeonato Brasileiro Interclubes disputado em Porto Alegre capital do Rio Grande do Sul nas categorias até 45 quilos com Márcio Diego e até 63 com Peterson Endres.

"A primeira luta de Marcio Diego foi contra um atleta do São Paulo, vencendo por 7 a 4. Na segunda luta Marcio Diego venceu o representante de Santa Catarina por 11 a 0 e na final perdeu para o atleta do time do Goiás por 12 a 11 conquistando a medalha de prata para o Cruzeiro/ AssuNet", disse Fábio Lourenço da Silva técnico da equipe assuense.

Foto 02

Fábio Lourenço 

Fábio Lourenço, ainda falou sobre o desempenho de Peterson Endres, que também ficou com a medalha de prata. "Na categoria até 63 quilos Peterson Endres venceu a primeira luta e carimbou o passaporte para a final contra o Santos, tendo perdido a luta por 11 a 10 e o título da disputa", frisou. Outro representante do Cruzeiro/ AssuNet no campeonato foi Moisés Gonçalves que perdeu nas oitavas de final e foi eliminado. Dos três taekwondistas assuenses apenas um não garantiu medalha. Na avaliação de Fábio Lourenço o saldo foi positivo.

"O nível da competição foi bastante elevado. O resultado foi bom, nossos atletas marcaram pontos para o ranking nacional e estão garantidos na seletiva para formação da seleção brasileira. Também conquistaram o Bolsa Atleta que irá costear as despesas das suas futuras competições". Por fim o treinador e dirigente agradeceu aos parceiros do Team Taekwondo Escola. "Queremos agradecer as prefeituras de Assu e Ipanguaçu, Ranicarla Costa gestora do CDI, à imprensa local e ao Cruzeiro/ AssuNet pelo apoio que nos deram", finalizou Fábio Lourenço.

Assessoria AAT.

Fábio e Dison participam de mobilizações na região Agreste

Fábio e Dison participam de mobilizações

na região Agreste

Canguaretama 55

"Os candidatos do Agreste". É assim que se apresentaram o deputado federal Fábio Faria (PSD) e o candidato a deputado estadual Dison Lisboa (PSD) nas cidades de Baía Formosa, Canguaretama, Goianinha, Monte Alegre e São José de Mipibu.

Baia Formosa 1 55

Eles foram recebidos em Baía Formosa pelo líder da oposição no município, Adeilson, que disputou a prefeitura em 2012. Fábio e Dison também têm o apoio dos vereadores Vagner e Tico de Abel.

Baia Formosa 5

Já em Canguaretama, quem reforça o palanque é a vice-prefeita Fátima, que caminhou com Fábio Faria por ruas drenadas e calçadas com recursos de emenda do deputado federal. "Destinei, só no ano passado, mais de R$ 1 milhão para beneficiar Canguaretama e posso fazer muito mais pelo município", afirmou Fábio Faria.

O apoio de Dison e Fábio em São José de Mipibu é a ex-prefeita Norma Ferreira e vereadores. A Caravana da Liberdade encerrou com a presença de Fátima, candidata ao Senado.

Prefeito Leonardo Oliveira apresenta seus candidatos em Ipanguaçu

Prefeito de Ipanguaçu Leonardo Oliveira fala sobre

eleições e recebe apoio de moradores em Arapuá

1Reun Arapu 13 15 20

O prefeito de Ipanguaçu, Leonardo Oliveira(PT), lidera a nova maratona de reuniões nas comunidades e bairros da cidade, apresentando os candidatos apoiado por ele e seu grupo político na qual inclui ainda o vice-prefeito Josimar Lopes(PSB) e mais seis, dos nove veadores. Por onde passa o prefeito tem recebido apoio da população.

Neste sábado(20) ele juntamente com outras lideranças do município estiveram reunidos com centenas de moradores na comunidade rural de Arapuá.

1Reuni Arapu 13 15 21

Destacando a importância do voto, Leonardo frisou o trabalho do presidente da câmara e candidato ao governo do Rio Grande do Norte, Henrique Alves(PMDB). Para o prefeito "Henrique é o candidato que RN precisa, tem história como deputado pelo seu trabalho. Agora, Henrique vai colaborar ainda mais direta em favor do nosso estado, sendo eleito no dia 05 como governador", disse, falando ainda do seu apoio e ao deputado estadual Ricardo Motta (PROS) e Rafael Motta(PROS), candidato a câmara Federal.

1Reuni Arapu 13 15 22

No bate papo, Leonardo ainda enalteceu o trabalho da Presidenta Dilma Rousseff(PT), candidata à reeleição. Para o petista o governo federal tem diminuindo nos últimos doze anos a desigualdade social, "Dilma é a continuidade do trabalho de Lula. Temos que reelegê-la e fazer esse país crescer ainda mais", reiterando ainda o seu apoio a deputada federal e candidata ao Senado, Fátima Bezerra(PT), "temos uma deputada que fez e continuará fazendo não só por Ipanguaçu mais por todo o estado. O RN vai reconhecer e continuará no rumo certo elegendo Fátima como a senadora nestas eleições".

1Reuni Arapu 13 15 23

Participaram do encontro ainda o vereador Batista Lobo (PSD), Fonseca (PT), os ex-vereadores Ruan Montenegro (PRB), Dedé de Eduardo (PMN), o ex-prefeito, Zé Wilson (PMDB), o ex-vice-prefeito Mário Silvério entre outras lideranças.

Fábio Faria caminha em Parnamirim com ex-prefeito e vereadores

Fábio Faria caminha em Parnamirim com

ex-prefeito e vereadores

Parnamirim 1

Candidatos da coligação Liderados Pelo Povo, Robinson Faria, Fátima Bezerra e Fábio Faria caminharam na manhã deste sábado (20) em Parnamirim. Conversaram com pequenos comerciantes, ouviram a população e receberam apoio de lideranças políticas.

Parnamirim 3

Em Parnamirim, Fábio e Robinson têm apoio do ex-prefeito Raimundo Marciano e dos vereadores Ricardo Gurgel, Gustavo Negócio e Sheyla. Fábio Faria faz dobradinha no município com Carlos Augusto Maia, que é vereador e está na disputa por uma vaga à Assembleia Legislativa.

Parnamirim 5

Parnamirim 6

AGRESTE - A agenda do deputado segue pela região Agreste, ao lado do candidato a deputado estadual Dison Lisboa. Os dois participam de mobilizações em Baía Formosa, Canguaretama, Goianinha, Monte Alegre e São José de Mipibu.

Em restaurantes e choperias

Sandra Rosado e Paulo Wagner gastam mais de

R$ 100 mil em restaurantes e choperias

Paulo-Wagner-HD-1024x682

Parlamentares federais do RN usam dinheiro da Câmara Federal para pagar comidas, bebidas e, até, sorvete

Os deputados federais têm um salário mensal de R$ 26,7 mil e mais auxílios e ajudas de custo que chegam a somar R$ 3 mil. Porém, ainda assim, dois deputados potiguares, Sandra Rosado (PSB) e Paulo Wagner (PV), preferem utilizar dinheiro público para pagar contas em restaurantes e choperias. Cada um utilizou mais de R$ 50 mil da verba indenizatória (que deveria ser utilizada para o exercício do mandato) para gastar com o chamado "fornecimento de alimentação parlamentar".

Da bancada potiguar na Câmara, Paulo Wagner foi o que gastou mais dinheiro público com alimentação na atual legislatura. Um pouco mais, é bem verdade. Foram R$ 50,6 mil com contas em restaurantes tradicionais de Natal e de Brasília. A churrascaria Sal e Brasa e os restaurantes finos como o Guinza, o Pinga Fogo e o Camarões estão entre os que mais aparecem na lista.

Ao observar a relação de pagamentos, disponível no site da Câmara Federal, é fácil constatar que as contas do deputado federal do PV, candidato à reeleição, ultrapassam a casa dos R$ 130, o que faz a soma mensal passar, facilmente, da casa dos R$ 1 mil. E, detalhe: em julho de 2011, Paulo Wagner ultrapassou a média e chegou a gastar R$ 5,8 mil de dinheiro público com comida.

Leia mais:Em restaurantes e choperias

PT da Bahia desviou milhões de programa habitacional

PT da Bahia desviou milhões de programa habitacional

Dona de ONG revela como funcionava esquema que irrigou o caixa eleitoral do partido e beneficiou um senador, dois deputados federais, o atual candidato a governador e um ex-ministro do governo Dilma

RUI-COSTA-912-size-598

O candidato do PT ao governo da Bahia, Rui Costa, um dos políticos envolvidos no esquema alimentado pela ONG Instituto Brasil: mesada entre três e cinco mil reais (Luciano da Matta/Ag. A Tarde/VEJA)

Robson Bonin - Veja

Desde 2010, o Ministério Público investiga o Instituto Brasil, uma ONG criada pelos petistas da Bahia. Em 2008, a entidade foi escolhida pelo governo do estado para construir 1 120 casas populares destinadas a famílias de baixa renda.

Os recursos, 17,9 milhões de reais, saíram do Fundo de Combate à Pobreza. Os investigadores já tinham reunido provas de que parte do dinheiro desaparecera, mas não havia nada além de suspeitas sobre o destino final dele. O mistério pode estar perto do fim.

Em entrevista a VEJA, a presidente do instituto, Dalva Sele Paiva, revela que a entidade foi criada para ajudar a financiar o caixa eleitoral do PT na Bahia, um esquema que funcionou por quase uma década com dinheiro desviado de "projetos sociais" das administrações petistas. A engrenagem chegou a movimentar, segundo ela, 50 milhões de reais desde 2004.

O golpe era sempre o mesmo: o Instituto Brasil recebia os recursos, simulava a prestação do serviço e carreava o dinheiro para os candidatos do partido. Como os convênios eram assinados com as administrações petistas, cabia aos próprios petistas a tarefa de fiscalizar.

Assim, se o acordo pagava pela construção de 1 000 casas, por exemplo, o instituto erguia apenas 100. O dinheiro que sobrava era rateado entre os políticos do partido.

George, filho de Ronaldo Soares, evita o pai no Assú

Deputado George, filho de Ronaldo Soares,

evita o pai no Assú

assu RS

Na campanha de 2010, Ronaldo era presença constante no palanque do filho em Assu

Filho do ex-secretário de Agricultura, deputado estadual e ex-prefeito do Assú, Ronaldo Soares, que tem várias condenações pelo Tribunal de Contas do Estado, o deputado e candidato a reeleição, George Soares, do PR, encarna o projeto político do pai e do avô de manter viva a oligarquia dos Soares e dos Montenegro no município e na região do Vale do Açu.

George Soares que é neto e herdeiro de outro coronel da velha política oligárquica no Vale do Açu, o ex-deputado Edgar Montenegro, faz campanha sem a presença do pai em Assú e dissociada do avô, o sobrenome da família não aparece e Montenegro é uma referência distante.

Apesar de na campanha de 2010 ter participado ativamente, este ano, o pai Ronaldo Soares ficou longe da campanha do filho. Por sua vez, George não usa mais o nome do seu pai como referência política e não diz mais que é filho [de Ronaldo] com muito orgulho como dizia no pleito passado.

Nos últimos meses, o pai do deputado George Soares tem sido condenado em diversos processos a ressarcir os cofres públicos e mais recentemente o Tribunal de Contas do Estado - TCE condenou ex-prefeito de Assu a devolver R$ 694 mil por irregularidades.

Pagina 1 de 197