Temer condiciona realização de pacto federativo à aprovação da Previdência

Resultado de imagem para Temer condiciona realização de pacto federativo à aprovação da Previdência

O presidente Michel Temer condicionou nesta terça-feira (16) a discussão de medidas para revisar o atual pacto federativo à aprovação da reforma previdenciária, que tramita na Câmara dos Deputados e ainda não tem o apoio necessário para que entre em vigor.

A discussão em torno no pacto federativo é sobre ampliar a fatia da distribuição de recursos arrecadados para Estados e municípios, hoje bastante concentrados com a União.

Em discurso na abertura da 20ª Marcha Nacional dos Prefeitos, o peemedebista disse que a mudança na relação entre as unidades da federação é um dos objetivos de seu mandato. “Seguramente eu posso dizer que, logo depois de vencida essa etapa inicial das reformas fundamentais, vamos caminhar para o fortalecimento da federação e da simplificação do sistema tributário”, afirmou. As informações são da Folha de São Paulo.

Leia mais

Léo Pinheiro, da OAS, entrega a Moro ‘registros de encontros’ com Lula

Material foi anexado à ação penal do caso triplex na qual o empreiteiro e o ex-presidente são réus na Lava Jato

Julia Affonso, Ricardo Brandt, Luiz Vassallo e Fausto Macedo –  O Estado de São Paulo

O ex-presidente da OAS José Adelmário Pinheiro, o Léo Pinheiro, entregou à Justiça, nesta segunda-feira, 15, ‘registros de encontros’ com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o presidente do Instituto Lula Paulo Okamotto e com o ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, e-mails e documentos internos da empreiteira e mensagens do telefone celular do executivo.

A defesa de Léo Pinheiro afirmou que os registros dos encontros estavam na agenda dos celulares do empreiteiro.

Um dos arquivos entregues por Léo Pinheiro tem 41 páginas. O documento indica três reuniões no Instituto Lula: em 23 de fevereiro de 2012, em 27 de julho de 2012 e 16 de abril de 2013.

O material foi anexado à ação penal na qual Léo Pinheiro e Lula são réus. Os documentos foram entregues com o objetivo de corroborar o depoimento do empreiteiro. Ao juiz federal Sérgio Moro, o executivo afirmou que o triplex ‘era de Lula’.

Lula é acusado pelo Ministério Público Federal de receber R$ 3,7 milhões em benefício próprio – de um valor de R$ 87 milhões de corrupção – da empreiteira OAS, entre 2006 e 2012. As acusações contra Lula são relativas ao recebimento de vantagens ilícitas da empreiteira por meio do triplex 164-A no Edifício Solaris, no Guarujá (SP), e ao armazenamento de bens do acervo presidencial, mantido pela Granero de 2011 a 2016. O petista é acusado de lavagem de dinheiro e corrupção.

Uma das mensagens anexada por Léo Pinheiro é de 22 de fevereiro de 2014. O empreiteiro conversa com a filha e escreve. “Voltando de SBC. Trânsito horroroso no Ibirapuera.”

Deputado petista vai à PGR contra nomeação de babá de filho Temer

A Procuradoria-Geral da República recebeu representação contra o presidente Michel Temer por ter nomeado funcionária de gabinete de assessoramento para cuidar do filho, Michelzinho, de oito anos. A representação, por crime de responsabilidade e crime comum, foi feita nesta terça-feira pelo deputado Robinson Almeida (PT-BA).

Neste domingo, a coluna Lauro Jardim no GLOBO mostrou que uma funcionária do Gabinete de Informação em Apoio à Decisão (GAIA) toma conta de Michelzinho, de oito anos. Temer negou que o filho tenha babá, mas admitiu que uma funcionária do Planalto cuida da residência oficial.

O deputado petista aponta “desvio da função pública e, consequentemente, dos recursos públicos, tendo como finalidade especial remunerar interesses privados com recursos da sociedade brasileira”.

Leia mais

Governador reúne secretários para acompanhar andamento de obras

Em reunião com parte do secretariado, o governador Robinson Faria tratou sobre a execução e o andamento de várias obras nas diversas regiões do Estado. “Estamos trabalhando fortemente para dar andamento a obras que proporcionarão efetivos retorno social e econômico”, destacou o Governador.

Entre as obras estão a ampliação do Centro de Convenções de Natal, que está tendo a capacidade duplicada de seis para 12 mil pessoas; a da adutora Apodi/Mossoró/Caicó, o saneamento básico, o Museu da Rampa, o Hospital da Polícia Militar, a Cadeia Pública de Ceará Mirim, além da conclusão de obras de mobilidade urbana e rural, como a Moema Tinoco, na zona norte de Natal, o acesso sul ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante, a conclusão da Prudente de Morais e várias outras estradas no interior do Estado.

Leia mais

“Alívio para o caixa dos municípios”, diz Fábio Faria sobre parcelamento de dívidas do INSS

O deputado federal Fábio Faria (PSD), um dos defensores da ampliação do parcelamento da dívida previdenciária dos municípios, comemora a assinatura pelo presidente Michel Temer, nesta terça-feira (16), da MP que autoriza o pagamento do débito com INSS em até 200 vezes. “Muitas prefeituras ficaram com nomes sujos por causa do débito, faltando dinheiro para despesas básicas, como salários. Com a renegociação, repasses de recursos federais importantes, como emendas parlamentares e parcelas do FPM, voltam a ser regularizados. Um alívio para o caixa dos municípios”, afirma.

A medida provisória alivia as contas de aproximadamente 3 mil prefeituras no Brasil que, segundo a Receita Federal, atingiram R$ 25,6 bilhões em dívidas com a Previdência Social em 2016. A MP, além de permitir o parcelamento do débito em até 200 meses, prevê a redução dos juros em até 80% e das multas e encargos da dívida em 25%. Antes, a renegociação só poderia ser feita em 60 parcelas pagando um mínimo de 20% do valor devido.

Governador e diretor geral do DEPEN visitam obras de reconstrução de Alcaçuz

Exibindo 16.05 Visita técnica a Alcaçuz - Foto Bethise Cabral (1).jpg

O governador Robinson Faria visitou na manhã de hoje (16) as obras que estão sendo realizadas na Penitenciária de Alcaçuz, acompanhado pelo diretor geral do Departamento Penitenciário Nacional (DEPEN), Marco Antônio Severo, da diretora do Sistema Penitenciário Federal, Cíntia Rangel e dos secretários da Casa Civil, Tatiana Mendes Cunha, de Justiça e Cidadania, Mauro Albuquerque e de Infraestrutura, Jader Torres.

Robinson Faria visitou o Pavilhão 3, totalmente reconstruído, e o Pavilhão 2, que está em obras, com previsão de conclusão até o final da próxima semana. Os dois pavilhões fazem parte da primeira etapa das ações de recuperação do presídio.  

Leia mais

Confederação Nacional dos Municípios apoiará reforma da Previdência

marcha dos prefeitos

O presidente da Confederação Nacional dos Municípios (CNM), Paulo Ziulkoski, anunciou nesta terça-feira (16), que o conselho político da entidade decidiu por maioria apoiar a aprovação da reforma da Previdência. De acordo com Ziulkoski, as novas regras de aposentadoria, se aprovadas, representarão um alívio financeiro para as prefeituras no futuro.

O presidente da CNM exibiu, durante a abertura da XX Marcha dos Prefeitos, dados atuariais de uma prefeitura do Estado do Rio de Janeiro, para a qual a reforma da Previdência representaria uma queda de 50% no déficit projetado para o futuro. “Esse município tem folha de R$ 3,9 milhões ao mês e haveria R$ 400 mil por mês de economia”, disse.

Ziulkoski ressaltou que a entidade respeita as diferenças ideológicas dentro da própria entidade, mas que a decisão de apoiar foi tomada pela maioria. As informações são da Agência Estado.

Leia mais

Léo Pinheiro inclui novas mensagens sobre sítio de Atibaia em processo contra Lula

Uma troca de mensagens do ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, com um interlocutor deve ser usada como mais uma prova da relação do ex-presidente Lula com o sítio de Atibaia pelo Ministério Público Federal (MPF). Numa conversa, um número não-identificado envia a seguinte mensagem a Pinheiro: “Léo, amanhã vou pra o nosso tema esvaziar o lago para impermeabilizar. Eles, eu soube que vão estar lá para acompanhar a despesca. Mas não tenho certeza. Se desejar podemos combinar”. No dia seguinte, conforme o Portal da Transparência, seguranças da Presidência estiveram no sítio que teve reformas bancadas pela empreiteira.

A mensagem avisando sobre as obras em um lago foi enviada no dia 6 de junho de 2014, três meses após a deflagração da operação Lava-Jato. Segundo dados do Portal, quatro seguranças da Presidência que acompanham o ex-presidente e sua família após o fim do mandato estavam em Atibaia no dia seguinte. Misael Melo da Silva, Rogério dos Santos Carlos, Edson Antonio Moura Pinto e Elias dos Reis estavam na cidade durante o período. Os dois primeiros foram para a cidade do interior ainda no dia 6 e os outros dois, no dia seguinte.

Leia mais

PF desmantela quadrilha que exportava cocaína dentro de blocos de granito para a Europa

Grupo ganharia R$ 170 milhões quando droga fosse vendida na Espanha, seu destino final

A Polícia Federal (PF) desmantelou uma quadrilha que atuava na cidade de Matozinhos (MG) e enviava cocaína para a Europa dentro de blocos de granito. Segundo informações do programa “Bom Dia Brasil”, uma tonelada da droga foi apreendida quando chegou no porto da Antuérpia, na Bélgica.

A estimativa das autoridades é de que a quadrilha ganharia cerca de € 50 milhões (aproximadamente R$ 170 milhões) quando a cocaína fosse vendida em seu destino final, a Espanha. Cinco colombianos foram presos e quatro estão foragidos — entre estes um homem chamado Roberto Carlos Gomez Herrera, suspeito de ser o chefe do grupo de traficantes.

A quadrilha vinha sendo monitorada há mais de um ano e meio pelas autoridades. Os colombianos, que se apresentavam como empresários espanhóis exportadores de pedras de granito, montaram uma espécie de “sucursal da máfia” no estado de Minas. Eles alugaram legalmente um galpão e utilizavam até uniforme, como uma empresa normal. As informações são de O Globo.

Leia mais

Placar da reforma da Previdência entre deputados do RN é de 5 favor e 3 contra

Resultado de imagem para Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Rogério Marinho (PSDB),

Apesar da polêmica em torno da reforma da Previdência, os deputados Fábio Faria (PSD), Felipe Maia (DEM) e Rogério Marinho (PSDB), desde o começo se mostram fervorosos defensores dessa proposta do governo Michel Temer e mantém a mesma posição, segundo O Estado de são Paulo.

No Placar da Previdência, eles constam como deputados que vão votar a favor da reforma, satisfazendo a vontade da equipe econômica do governo como aliados fiéis. Apesar de se esquivarem, Walter Alves e Beto Rosado, devem votar a favor, totalizando assim um placar de 5 x 3 entre os deputados do RN.

Três deputados do RN mantém firme posição de votar contra a reforma da Previdência

Resultado de imagem para Antônio Jácome (PTN), Rafael Motta (PSB) e Zenaide Maia

Os deputados Antônio Jácome (PTN), Rafael Motta (PSB) e Zenaide Maia (PR), da bancada do Rio Grande do Norte, continuam com a mesma posição contrária a aprovação da reforma da Previdência, segundo o jornal O Estado de São Paulo.

No Placar da Previdência do Estadão, os três parlamentares mantém a mesma firme posição política de votar contra. O trio não foi afetado pela chave de roda de Temer que acabou afetando a mudança de posição dos deputados Walter Alves e Beto Rosado.

Walter e Beto Rosado mudam de posição sobre a Previdência depois de aperto de chave de roda

Resultado de imagem para walter alves e beto rosado

De acordo com o Placar da Previdência, divulgado pelo jornal O Estado de São Paulo, os deputados federais da bancada potiguar, Walter Alves (PMDB) e Beto Rosado (PP), mudaram de posição sobre a reforma da Previdência.

Os dois deputados do RN que afirmavam estar contra, agora já não anunciam mais que vão votar a favor. Eles não aguentaram o aperto da chave de roda do presidente Michel Temer.

TROCA POR VOTOS Governo dará alívio a dívidas de municípios e produtores rurais

Em busca dos 308 votos necessários para aprovar a reforma da Previdência, o governo do presidente Michel Temer vai dar condições mais benéficas para que municípios e produtores rurais parcelem pelo menos R$ 85 bilhões em dívidas previdenciárias. Os novos Refis incluem descontos em multa e juros, além de prazos mais longos para o pagamento dos débitos. O governo também vai reduzir a alíquota paga por produtores rurais ao Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural).

Com as medidas, antecipadas no fim de abril pelo jornal O Estado de S. Paulo, o Palácio do Planalto espera fazer um aceno à base aliada para conseguir apoio à reforma. De um lado, o financiamento das dívidas com o Funrural pode garantir o apoio da bancada ruralista, que tem 109 deputados, segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar. No caso dos municípios, o parcelamento vai colocar as prefeituras em dia com a Previdência, condição necessária para que recebam dinheiro das emendas voluntárias dos parlamentares. As informações são da Agência Estado.

Leia mais

Delatora afirma que Henrique Alves pediu para pagar campanha ‘por fora’

Mônica Moura declarou ao Ministério Público Federal que parte ‘por dentro’ era ‘bem menor’ do que caixa 2 da corrida eleitoral do peemedebista

Julia Affonso –  O Estado de são Paulo

Em depoimento do Ministério Público Federal, a empresária Mônica Moura declarou que, em 2002, acertou caixa 2 para a campanha de Henrique Eduardo Alves (PMDB) ao Governo do Rio Grande do Norte. A combinação, segundo a delatora e mulher do marqueteiro João Santana, se deu com o próprio Henrique Alves, ex-ministro do Turismo (Governo Temer).

Mônica Moura relatou que o peemedebista era o candidato de Garibaldi Alves Filho ao governo naquele ano. Segundo a empresária, Henrique Alves deixou a campanha no início, ‘antes de começar o horário gratuito’, e deu lugar a Fernando Freire.

“Essa campanha foi mais ou menos uns 4 milhões, 4,5, 5 milhões o valor acho que do primeiro turno, que foi pago da mesma forma. Esse meu acerto de campanha foi feito com Henrique Alves, porque ele era o candidato, então acertei diretamente com ele e que receberia, e aí, ele pediu para pagar uma parte por fora e uma parte por dentro. Nós tivemos um contrato menor, nessa época, bem menor do que a parte paga em caixa 2. Ele mandou alguém pagar”, declarou.

Leia mais

MPF denuncia Cabral por corrupção na gestão do setor de saúde

Sergio Cabral

O Ministério Público Federal (MPF) informa que denunciou o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) e outras seis pessoas por corrupção passiva e ativa e organização criminosa por irregularidades cometidas na Secretaria Estadual de Saúde, entre 2007 e 2014.

Os demais denunciados são César Romero, Carlos Miranda, Carlos Bezerra, Sérgio Côrtes, Miguel Iskin e Gustavo Estellita, acusados pela força-tarefa da operação Lava Jato no Rio de Janeiro de pagar ou receber propina para fraudar contratos da área de saúde.

Em nota, o MPF explicou que a operação Fatura Exposta identificou que o modus operandi da organização criminosa liderada por Cabral, que cobrava 5% sobre todos os contratos firmados pelo Estado, também se ramificou na Secretaria de Saúde. As informações são da Agência Estado.

Leia mais