Doria recebe flores de manifestante ciclista e as joga no chão

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), recebeu flores de uma ciclista na tarde deste domingo e as jogou fora em seguida, quando saía de carro após participar da inauguração da Japan House, centro cultural japonês, em São Paulo, ao lado do presidente Michel Temer e do governador Geraldo Alckmin.

“Esta flor é em homenagem aos mortos nas marginais”, disse a ciclista. Doria não aceitou o presente. A ciclista então colocou o braço pela janela do passageiro e deixou o ramalhete no painel do veículo. O prefeito pegou as flores e as atirou no chão. “Agradeço”, respondeu.

Em nota, a assessoria da Prefeitura de São Paulo informou que “o prefeito reagiu a um gesto invasivo e desnecessário”. As informações são de O Globo.

A ciclista Giulia Gallo, que entregou as flores ao prefeito, diz que se sente desprotegida com as mudanças propostas pelo prefeito.

– Eu como ciclista e pedestre estou me sentido muito desprotegida. Se ele tirar as ciclovias vamos correr risco.

Doria foi abordado por ciclistas na Avenida Paulista. Eles participavam de manifestação por mais trechos de ciclovia e traziam nas bicicletas flores em homenagem aos ciclistas mortos na cidade. Os manifestantes reclamam das mudanças propostas por Doria como remanejamentos e troca de parte das pistas exclusivas para bicicletas por ciclorrotas, que são caminhos sem a separação das bicicletas do restante do tráfego.

Antes de receber as flores, Doria atendeu ao chamado de outro ciclista que também falou sobre a questão das ciclovias. O prefeito cumprimentou o rapaz, que fez um pedido: “O pessoal está precisando de ciclovia na periferia. Não tire a ciclovia da Vila Prudente. Não tira a da Consolação. Põe ciclorrotas nas outras vias, mas não na Consolação”.

Em resposta ao pedido do ciclista, Doria informou que a Secretaria de Transportes está fazendo um amplo estudo de todas as ciclovias da cidade, ciclorrotas.

– Eu gosto dos ciclistas, gosto das ciclovias e apoio. Isso que é importante ficar registrado – respondeu.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: