PF já contabilizou mais de R$ 8 milhões em bunker da propina de Geddel

PF acha bunker onde Geddel escondia propina

Mais de R$ 8 milhões já foram encontrados nas malas e caixas apreendidas em apartamento que seria utilizado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima, em Salvador, segundo o G1. A contagem ainda não acabou. Os valores foram achados na manhã desta terça-feira na operação Tesouro Perdido.

Após investigações decorrentes de dados coletados nas últimas fases da operação Cui Bono, na qual Geddel foi preso, a PF chegou a um endereço em Salvador que seria, supostamente, utilizado pelo ex-ministro como “bunker” para armazenagem de dinheiro em espécie.

Geddel foi preso em julho acusado de participar de esquema ilegal de liberação de recursos na Caixa. Ele foi vice-presidente do banco durante a gestão Dilma Rousseff. No governo Temer, Geddel foi ministro da Secretaria de Governo, responsável pela articulação política do Palácio com o Congresso, pela distribuição de cargos e de emendas parlamentares.

Desde 12 de julho, o ex-ministro está em prisão domiciliar sem o uso de tornozeleira eletrônica por ordem do desembargador Ney Bello. Filiado ao PMDB, Geddel é próximo ao presidente Temer. As informações são da Agência Estado.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: