‘Até dia 7 de abril tomarei decisão’, diz Meirelles sobre candidatura

Resultado de imagem para MEIRELLES VALOR ECONOMICO

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, em visita a Belém, para participar do lançamento de um anuário sobre o Estado do Pará, destacou os efeitos positivos do crescimento econômico brasileiro no ano passado, mas se esquivou de responder sobre a possível candidatura à presidência da República. “Até o dia 7 do abril tomarei uma decisão e aí vamos ver se continuo no Ministério da Fazenda ou se saio para ser candidato”, disse.

Confiante, Meirelles declarou que o Brasil atravessou a “pior crise da história” e destacou que o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 1%, em 2017, foi positivo porque o Brasil saiu de um saldo negativo de 3,5%. “Em 1929, a queda foi de 5% do PIB, agora foi mais de 7%. O Brasil atravessou um período duríssimo. Vamos deixar o efeito da crise, o Brasil está crescendo. Saímos com projeção de crescimento para este ano de 3%”, afirmou.

Para ele, os resultados da melhoria econômica são vistos no consumo das famílias brasileiras, com o aumento da venda de bens duráveis como geladeira, televisor e fogão. “Esta compra não se dá à vista, é a prazo. A família tem que ter emprego e confiança para pagar as prestações do que comprou. Isso mostra que as famílias estão acreditando no Brasil. Estão fazendo os investimentos necessários”, apontou.

Leia mais‘Até dia 7 de abril tomarei decisão’, diz Meirelles sobre candidatura

Desejo do PSB é ter candidatura própria a presidente, diz Siqueira

Resultado de imagem para SIQUEIRA PSB VALOR ECONOMICO

O presidente reeleito do PSB, Carlos Siqueira, disse neste sábado que o desejo maior dentro do partido é ter candidato próprio a presidente. Mas, ele evitou comentar se essa hipótese tem maior probabilidade de acontecer em relação às alternativas de apoiar outro candidato, ou não participar diretamente da disputa presidencial.

Segundo Siqueira, ainda é cedo para apontar uma tendência porque os principais partidos ainda não se definiram também, tornando o quadro mais incerto.

Siqueira afirmou que ainda não há definição sobre a entrada do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, no partido. “Joaquim Barbosa está convidado, mas ele sempre se mostra em dúvida”, disse o presidente do partido, explicando que no convite feito para Barbosa está subentendido que ele seria o candidato do partido à presidência do país. “Ele tem mais um mês para essa decisão”, lembrou Siqueira.

Em relação à diretriz aprovada em resolução na sexta-feira, de que o PSB só fará aliança com quem tenha afinidade partidária e tenha sido contra as privatizações e reformas patrocinadas pelo presidente Michel Temer, Siqueira evitou se dizer se isso inviabilizaria um apoio ao governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, em sua candidatura presidencial. As informações são de Fabio Graner – Valor Econômico.

Leia maisDesejo do PSB é ter candidatura própria a presidente, diz Siqueira

Fachin critica STF como quarta instância

 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin criticou na noite desta sexta-feira (2) a atuação da corte como uma quarta instância. A declaração foi feita em Curitiba (PR), onde foi convidado a dar uma aula magna na Fundação de Estudos Sociais do Paraná (Fesp).

Na teoria, o Poder Judiciário tem três instâncias, sendo o Superior Tribunal de Justiça (STJ) a última delas nas justiças comum e federal. O STF tem como função atuar nos casos que envolvam ameaça à Constituição. Na prática, Fachin afirmou que o Supremo tem sido utilizado como revisor das instâncias anteriores.

Para o ministro, “se toda demanda há de ser revista” pela corte, há duas premissas. A primeira é a de que “só se faz Justiça se houver pronunciamento numa quarta instância”, o que, segundo Fachin, “parece insustentável”. A segunda, a de que juízes e tribunais federais precisam que as cortes superiores exerçam uma tutoria, assumindo papel revisional. As informações são de Cristian Klein – Valor Econômico.

Leia maisFachin critica STF como quarta instância

Cesar Maia é contra candidatura do filho e aposta em Alckmin

“Acho que ele ganha a eleição [à Presidência]”. Em seu gabinete na Câmara Municipal do Rio, o vereador e ex-prefeito da capital Cesar Maia (DEM) não está falando do filho e presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), que lançará pré-candidatura ao Planalto na próxima semana.

A aposta firme e direta é no governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). “É muito forte. É o político que hoje tem o maior poder de aglutinação como candidato a presidente”, diz o parlamentar, numa entrevista exclusiva e surpreendente ao Valor PRO, serviço de notícias em tempo real do Valor, à qual logo reagiu o filho.

Sem apoio do pai, Rodrigo Maia respondeu, por meio de nota, que discorda da ideia de que Alckmin seja o favorito na corrida presidencial e sugeriu que a divergência do ex-prefeito tenha como objetivo protegê-lo de um eventual fracasso eleitoral.

Uma derrota ao Planalto deixaria Rodrigo com reduzida influência política, sem mandato e sem foro privilegiado, algo importante tendo em vista que é alvo, ao lado do pai, de inquérito da Operação Lava-Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). “Cesar Maia falou como pai, preocupado com o filho. Até porque ele sabe muito bem que, pelo cenário hoje das pesquisas, as possibilidades de eleição de um candidato do PT e PSDB são pequenas”, disse o presidente da Câmara. As informações são de Cristian Klein – Valor Econômico.

Leia maisCesar Maia é contra candidatura do filho e aposta em Alckmin

Quase 100 municípios do RN já aderiram ao Internet Para Todos

Demais prefeituras têm até o dia 9 de março para fazer a inscrição

O Rio Grande do Norte já tem 89 municípios habilitados para receber o programa Internet Para Todos, o que corresponde a 53% do total de cidades potiguares. As demais que quiserem aderir devem ficar atentas ao prazo, que acabaria na próxima segunda-feira (5), e foi estendido para a sexta-feira (9). “No dia 12 de março, no Palácio do Planalto, estaremos assinando os primeiros contratos com as prefeituras”, detalha o ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab.

O deputado federal Fábio Faria, que encabeçou a luta para levar o programa a todo o RN, pede que os municípios façam a adesão já nesta primeira etapa para receber as antenas ainda no primeiro semestre. “A implantação nas zonas rurais terá um custo zero para as prefeituras e tarifas reduzidas para o usuário”, explica. “Isso vai promover inclusão digital e melhorar a comunicação entre órgãos públicos, escolas, hospitais e delegacias”, acrescenta.

Para o ministro Kassab, esse é um dos mais importantes programas a serem implantados no Brasil hoje, que vai levar internet banda larga, nesta primeira etapa, a cerca de 2 mil localidades. As prefeituras que ainda quiserem participar, precisam fazer a inscrição junto ao Ministério, enviando e-mail para internetparatodos@mctic.gov.br. Em caso de dúvida, basta entrar em contato pelo (61) 2027-6626.

Em Paraú, secretário Ivan Júnior declara apoio a Maria Olímpia

Com eleição suplementar em Paraú marcada para o próximo domingo (4), o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos Ivan Júnior, apontado como pré-candidato a deputado estadual nas eleições deste ano, participou ontem de mobilização política a favor da candidata a prefeita Maria Olímpia, do PP.

Na companhia de Nenê do Gas, do PT, o pré-candidato a deputado estadual discursou para o povo, destacou a importância da mudança e afirmou que ‘os adversários a chamam de Maria Teimosa, eu a chamo de Maria Valente e Parau a partir de domingo vai chamar de Maria prefeita‘.

Temer recebe a visita de Fernando Henrique em São Paulo

O presidente Michel Temer recebeu, na tarde desta sexta-feira, a visita do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O encontro aconteceu na casa de Temer, em São Paulo, três dias depois do tucano dizer que um governo fraco recorre a ajuda militar, numa referência à intervenção no Rio de Janeiro.

— Não sei quais foram os motivos que levaram (à intervenção) a não ser mesmo a segurança. Tem outros? Pode tirar proveito? É legítimo tirar proveito. Acho que o governo fez porque está encurralado. Tem que fazer alguma coisa e governos que não são fortes apelam para o militar — disse FH na última terça-feira, num evento na capital paulista.

Ao G1, Fernando Henrique disse que os dois trataram de eleições e conversaram sobre o cenário político nacional.

Na terça-feira, o ex-presidente considerou normal que Temer use eleitoralmente a intervenção se ela der resultados positivos. As informações são de O Globo.

Greve de vigilantes provoca suspensão de visitas a pacientes no Walfredo Gurgel

Resultado de imagem para walfredo gurgel

O maior hospital público do Rio Grande do Norte, o Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, está com as visitas a pacientes suspensas desde a última segunda-feira (2). O motivo é a greve de vigilantes de empresas privadas do estado, que reduziu o efetivo. A paralisação da categoria também afeta o funcionamento agências bancárias de Natal.

De acordo com o Hospital Walfredo Gurgel, os acompanhantes de pacientes das Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) continuam com acesso permitido. A suspensão atinge em especial os familiares e amigos de pacientes das enfermarias, que estão impedidos de entrar na unidade.

Fábio Dantas vai disputar o Governo do RN pelo PSB

Resultado de imagem para vice fábio dantas e rafael motta

Vice-governador Fábio Dantas se reuniu na semana passada com a direção Nacional do PSB, acompanhado dos deputados Rafael Motta e Ricardo Motta

O vice-governador Fábio Dantas vai se filiar ao PSB no dia 17 de março e será candidato ao governo do Estado. Ele afirmou a Tribuna do Norte que aceitou, ao fazer a opção pelo Partido Socialista Brasileiro, um convite da direção nacional da legenda. “Foi esse partido que, além de fazer o convite, mostrou uma preocupação com a eleição de governador.

Fábio Dantas é, atualmente, filiado ao PCdoB e foi eleito vice-governador, em uma aliança com Robinson Faria, do PSD. Ele deixa o PCdo e faz a nova opção partidária, além de articular uma aliança que viabilize a candidatura do Governo.

O vice-governador acrescentou que a confirmação oficial de candidaturas será, de acordo com o calendário da Justiça Eleitoral, com as convenções, em julho, mas afirmou que está disposto a fazer as articulações e manter o diálogo necessário para que possa ser candidato.

“Eu tenho que colocar meu nome à disposição para que a sociedade possa avaliar”, comentou. Ele disse que não tem interesse em uma candidatura ao Senado. “Foco agora é no Governo do Estado”, garantiu Fábio Dantas.

Senado quer barrar ‘fake news’ sem Justiça autorizar

O Conselho de Comunicação do Senado (CCS) apresentará, na próxima segunda-feira, minuta de um anteprojeto de lei que pretende obrigar os provedores a retirar do ar, em 24 horas, conteúdos que sejam consideradas fake news pelos alvos da publicação.

A retirada teria de ocorrer mesmo sem prévia ordem judicial, e o provedor poderá ser multado caso se recuse a atender a solicitação feita diretamente pelo reclamante. Bombardeado por especialistas e denunciado por entidades representativas de órgãos de imprensa como censura prévia, o dispositivo é semelhante a um que foi incluído no texto da reforma política no ano passado e vetado em outubro pelo presidente Michel Temer.

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), diz que não vai dar prosseguimento à iniciativa.  Segundo Eunício, a consultoria da Casa é contra a proposta:

— Não tem projeto apresentado por ninguém no Senado. Eu nem sei de onde surgiu isso. O c onselho não tem poder de apresentar projetos. Não vai ter prosseguimento porque não tem projeto nenhum. As informações são de O Globo.

Sérgio Cabral é condenado pela 5ª vez, e pena chega a 100

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral e a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo foram condenados, nesta sexta-feira, por lavagem de dinheiro por meio da compra de joias na joalheria H.Stern.

O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Criminal Federal, condenou Cabral a 13 anos e quatro meses de prisão. Esta é a quinta condenação dele na Justiça federal — suas penas somam, agora, 100 anos e oito meses de prisão.

Adriana Ancelmo foi condenada a dez anos e oito meses de prisão. É a terceira condenação dela. Suas penas somam 37 anos e 11 meses.

Além de Cabral e Adriana, o juiz Marcelo Bretas condenou o operador Carlos Miranda a oito anos de dez meses, e Luiz Carlos Bezerra, a quatro anos de prisão. As informações são de O Globo.

PSB decide não apoiar candidatura de Alckmin

Alckmin

O PSB aprovou na noite desta sexta-feira (2) uma resolução em que praticamente fecha as portas para um apoio formal à candidatura à Presidência da República do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Pelo texto aprovado em reunião do congresso nacional, se o partido optar por apoiar algum candidato de fora, terá de ser alguém do campo de esquerda, alinhado programaticamente com o PSB.

O partido adiou a decisão sobre lançamento de candidatura própria e também colocou como possibilidade não fazer coligação formal no primeiro turno com nenhum candidato à Presidência, a fim de dedicar esforços na eleição de 10 governadores com potencial de vitória e na ampliação da bancada de deputados federais. O foco do PSB é se consolidar como um partido médio.

“Falamos em possibilidade de coligação com um candidato que tenha identidade programática”, afirmou o presidente do PSB, Carlos Siqueira, evitando citar o nome de Alckmin. As informações são da Agência Estado.

Leia maisPSB decide não apoiar candidatura de Alckmin

%d blogueiros gostam disto: