Pesquisa comprova crescimento da campanha de Robinson Faria (PSD)


Análise detalhada da pesquisa divulgada neste domingo revela o aumento de Robinson Faria nas intenções de votos

—————————— —————————— —————————— ————————–

Nos números da pesquisa Certus/Fiern, divulgada neste domingo (2), têm mais a revelar do que se imagina sobre o pleito ao governo do estado. Analisando os dados, o levantamento só constata o crescimento da candidatura de Robinson Faria (PSD) à reeleição. Ele passou de 6,31% para 8,37%, o que representa um crescimento de aproximadamente 35% em um mês.

Mostra também que o segundo lugar não está tão previsível como muitos imaginam, já que o candidato posicionado na segunda colocação mal obteve crescimento nas intenções de voto no intervalo entre as duas pesquisas, mantendo-se estagnado na casa dos 15%. Carlos Eduardo Alves aumentou apenas 35 décimos.

Outro fato importante acerca da pesquisa é que os dados foram coletados os dias 24 e 27, embora tenha sido registrada somente quatro dias depois. Ou seja, as entrevistas foram realizadas pouco antes de a campanha de Robinson Faria começar de fato. O primeiro comício oficial de Robinson foi exatamente na noite do dia 24, em Tenente Ananias. Depois disso, dezenas de outros municípios recepcionaram o governador-candidato.

Ele com sua Caravana da Verdade vem percorrendo cidades do interior e por onde tem passado há demonstrações de confiança por parte do eleitorado dessas cidades. Isso deduz a predisposição do eleitor potiguar a votar com confiança em quem tem experiência na administração pública.

Ainda é cedo para avaliar a corrida ao governo, já que nenhuma pesquisa foi efetivada de fato – e divulgada – após a largada permitida pela legislação eleitoral e muito menos depois do início da propaganda gratuita no rádio e na televisão. Nada tão definido assim como os adversários de Robinson gostariam.

Partido Novo entra com ação no TSE contra propagandas eleitorais do PT com Lula

Lula

Partido Novo, do candidato à Presidência da República João Amoêdo nas eleições 2018, entrou neste domingo, 2, com uma ação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra propagandas eleitorais da chapa do PT para o Planalto. O partido acusa a coligação “O Povo Feliz de Novo” de descumprir ordem judicial e a acusa de fazer propaganda irregular.

O partido cita a decisão do TSE de impugnar a candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, definida na madrugada de sábado, 1, e as propagandas veiculadas pelos petistas na televisão e no rádio deste mesmo dia. Para o Novo, a chapa do PT “deixa claro que não está disposta a seguir o caminho da legalidade”.”A Corte deliberou que a coligação poderia prosseguir com a propaganda eleitoral desde que Lula não praticasse atos de campanha, em especial no rádio e na televisão, até que se proceda à substituição”, justifica o partido.

O Novo questiona as inserções em que Fernando Haddad diz ser candidato a vice-presidente e critica o que chama de “fraude” em relação ao fato do ex-prefeito ser chamado de “representante de Lula”. “Trata-se de um descarado ato de campanha do candidato cujo registro foi impugnado, o que não apenas descumpre a decisão desta Corte, mas também viola a legislação eleitoral em inúmeros pontos”, defende o partido. “Se houve uma tentativa de ser sutil, com todo o respeito, os representados falharam na sua tarefa.”

São citados trechos de propagandas que, na avaliação do Novo, transmitem o protagonismo das peças a Lula – e não a um candidato habilitado pela Justiça Eleitoral. O partido afirma que, no programa veiculado em bloco, à tarde e à noite de sábado, Haddad “reforça a intenção de descumprir a decisão que indeferiu o registro de candidatura” de Lula ao dizer, no vídeo, que “a decisão tá tomada, nós vamos com o Lula até o fim”.

A ação pede a concessão de medida cautelar para determinar a retirada de onze publicações da página de Lula no Facebook, além da suspensão da veiculação da propaganda em bloco e em inserções, no rádio e TV, das propagandas exibidas pela coligação no sábado, 1. Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

 

Alckmin critica PT por esconder candidato e diz que só reproduziu fala de Bolsonaro

O candidato à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) ao lado de João Doria, candidato ao governo de São Paulo, durante campanha em São Bernardo do Campo, na região do ACB paulista

Em evento político em São Bernardo do Campo, berço político petista, o presidenciável tucano Geraldo Alckmin criticou neste domingo (2) o PT por esconder seu real candidato. Apesar do TSE ter vetado a candidatura de Lula, a legenda insiste que ele é candidato, e continua tratando Fernado Haddad como vice.

“O que estamos vendo na televisão pelo PT é enganação vergonhosa. Tão escondendo o candidato que efetivamente vai ser candidato”, disse Alckmin. “Por que não fala a verdade? Buscando vitimizar aquele que foi condenado e escondendo aquele que efetivamente vai disputar a eleição”.

​Alckmin também negou que sua propaganda que mostra Jair Bolsonaro (PSL) xingando mulheres seja um ataque.

“Não há nenhum ataque. É ele que fala. Se o que ele fala é ataque problema dele”, disse, em São Bernardo, sobre a propaganda que mostra o militar dizendo que uma repórter é ignorante e xingando a deputada petista Maria do Rosário de vagabunda. O vídeo ainda pergunta à mulheres se elas gostariam de ser tratadas desta maneira.

Bolsonaro rebateu a peça de propaganda fazendo menção à máfia da merenda, ao questionar se o eleitor deixaria sua filha sem merenda.

“É mal informado ainda. Porque a questão da merenda o estado que apurou junto com o Ministério Público. Não teve nenhum envolvimento de ninguém do governo. Não teve nenhum prejuízo”, disse. “O que havia era estelionatário comandado cooperativa e prejudicando fortemente os cooperados. E foram punidos”, disse. 

Leia maisAlckmin critica PT por esconder candidato e diz que só reproduziu fala de Bolsonaro

Nelter mostra força e leva multidão ao lançamento oficial de sua campanha em Jucurutu

O lançamento oficial da campanha à reeleição do deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) rumo ao oitavo mandato, na noite deste sábado (1º), levou uma multidão às ruas de Jucurutu e lotou o Babylônia Casa Show, local do evento.

Prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, ex-vereadores, lideranças e amigos vindos de vários municípios do Seridó, Vale do Açu e Médio Oeste, prestigiaram o lançamento oficial da campanha de Nelter Queiroz, que também contou com a presença do senador e candidato a deputado federal, José Agripino Maia (DEM).

O ex-prefeito George Queiroz reforçou a luta do deputado Nelter em prol da construção da Barragem de Oiticica e da viabilização do campus doInstituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) para Jucurutu. Já o senador José Agripino Maia lembrou de suas ações em prol de Jucurutu no período em que governou o Estado e a importância de Nelter e do ex-deputado Nelson Queiroz para o município.

Emocionado, Nelter Queiroz ressaltou a importância da manutenção de seu mandato para o desenvolvimento de Jucurutu, além de lembrar o início de sua trajetória política e o papel fundamental que seus pais Nelson Queiroz e Terezinha Lula tiveram em sua vida pública.

FLORÂNIA

Ainda ontem, a prefeita Márcia Nobre (DEM) realizou evento em Florânia para anunciar apoio às candidaturas de Nelter Queiroz, estadual e José Agripino Maia, federal. A reunião tabém contou com a presença do ex-prefeito Titi Nobre, do vice-prefeito Cláudio Pinheiro (MDB), de vereadores, ex-vereadores e população local.

Macau ultrapassa meta do Ministério da Saúde na Campanha de Vacinação

As crianças de Macau, de um ano até 4 anos, 11 meses e 29 dias foram vacinadas durante a Campanha de Vacinação, nas Unidades Básicas de Saúde, nas escolas, nas ruas e até mesmo nas casas das pessoas. E, foi graças à essa força tarefa e empenho da equipe da Secretaria Municipal de Saúde, com o apoio da Secretaria Municipal de Educação e da primeira dama, Andrea Lemos, que a cobertura vacinal de Macau ultrapassou a meta estipulada pelo Ministério da Saúde, e ficou também bastante acima da média nacional que foi 86% das crianças vacinadas.
Em números gerais foram aplicadas 1.581 doses contra pólio e 1.563 doses contra sarampo. Em termos percentuais isso significa, respectivamente, 96,17% e 95,07% de crianças vacinadas.
“Foi um trabalho no qual nos empenhamos desde o início da Campanha até o último minuto do dia 31 de agosto. E estamos muito felizes com os resultados”, comemorou a secretária de Saúde, Lucianny Guerra. Já o prefeito Túlio Lemos parabenizou o empenho de sua equipe e disse que esse resultado é fruto de uma gestão que está realmente comprometida com a saúde dos macauenses.
Dados preliminares do Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunização, de acordo com a Empresa Brasil de Comunicação, indicam que mais de 19 milhões de crianças com idade entre 1 ano e menos de 5 anos foram imunizadas. O número coloca a média nacional em 86%.

Carreata de Robinson Faria passa em sete municípios neste domingo

A concentração acontece na BR 101, no Posto Rota Sul, na entrada de Monte Alegre

—————————— —————————– —————————— ————————–

O candidato ao Governo do Estado pela Coligação Trabalho e Superação, Robinson Faria (PSD), participa neste domingo (02), junto com a comitiva 55, de uma grande carreata pelos municípios de Monte Alegre, Brejinho, Santo Antônio, Serrinha, Lagoa de Pedra, Lagoa Salgada e Vera Cruz.

A concentração acontece às 10h na BR 101 (Posto Rota Sul, na entrada de Monte Alegre). A carreta está prevista para iniciar às 11h.

Prefeito de Bom Jesus defende eleição de Carlos Eduardo e dispara: “atual governador é nota zero”

Neste sábado (01/09) em Bom Jesus, terceiro município da carreata pela Região do Potengi, o candidato a governador pela coligação 100%RN (PDT/PP/MDB/Podemos/DEM), ex-prefeito de Natal, Carlos Eduardo (PDT), testemunhou desabafo contundente do prefeito Clécio Azevedo (PSDB) contra o atual governador e seu mandato. “O atual governador é nota zero em gestão, competência e vontade política”.

O prefeito Clécio Azevedo citou o exemplo do seu município como prova do descaso do atual governo com os prefeitos. “Aqui nada foi feito como nada foi feito em todo o Estado. Precisamos de um governador com a experiência, o pulso firme e o gestor ideal para tirar nosso Rio Grande do Norte do atoleiro. Carlos Eduardo foi prefeito da capital, sabe o que é administrar sem ajuda de governo e demonstrou talento e eficiência. É dele que o Estado precisa”.

Como exemplo, Clécio Azevedo comparou Paraíba e Rio Grande do Norte. “A Paraíba, nossa vizinha, tem governo, tem serviços funcionando, tem um governador competente. Nós temos Carlos Eduardo, único entre os candidatos com preparo comprovado para que o nosso Estado seja de novo uma terra que orgulhe os seus filhos.”

Carlos Eduardo ofereceu sua trajetória no Executivo como exemplo para pedir e receber o apoio dos que estiveram presentes em Bom Jesus. “Tenho coragem. Sei que a tarefa não é fácil. O governo arrasou a segurança transformando o Rio Grande do Norte em Rio Grande da Morte. A saúde, a agricultura familiar, o servidor público, que não recebe salário a não ser com retiradas ilegais do dinheiro dos aposentados. É hora de mudar e o destino está na decisão correta de cada eleitor”.

A caravana 12 pela Região do Potengi passa pelos seguintes municípios: Ielmo Marinho, São Pedro, Bom Jesus, Lagoa de Velhos, Barcelona e São Tomé. O candidato começou o sábado visitando comércio e feira livre de São Paulo do Potengi.

União dos Caminhoneiros promete nova greve da categoria em 10 dias

Resultado de imagem para União dos Caminhoneiros promete nova greve da categoria em 10 dias

A União dos Caminhoneiros (UDC) informou que, dentro de um prazo de 10 dias, fará uma mobilização nacional para paralisar por tempo indeterminado as atividades de transporte rodoviário de carga no Brasil. De acordo com a entidade, o objetivo é chamar a atenção do governo federal que não adotou práticas de fiscalização para o cumprimento da tabela do frete, que estabelece preços mínimos do serviços dos caminhoneiros.

A medida foi negociada na última paralisação da categoria, que paralisou diversas atividades no final de maio e início de junho. O movimento grevista prejudicou o desempenho da economia no segundo trimestre do ano, que teve crescimento de apenas 0,2%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“A falta de fiscalização e atitudes práticas da parte do órgão fiscalizador tem trazidos enormes prejuízos aos caminhoneiros autônomos do Brasil, o desrespeito descarado das empresas transportadoras que não estão obedecendo a lei”, diz o comunicado da UDC.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: