ANO ELEITORAL: Deputado George Soares é o maior incentivador da gastança para realização do São João em Assú


Em todo o mundo o estado de calamidade na saúde pública é notório, o prefeito DESORIENTADO do Assú, Gustavo Soares, anuncia que realizará o São João na terra dos poetas, onde ele não tem residência fixa, e que vai apenas a passeio. O blog do VT lança um questionamento importante no ar, quem é o maior incentivador dessa gastança em momento de crise e quem será o maior beneficiado com a realização dos shows e montagens de palcos e etc?

O ganancioso deputado George Soares junto com seu pai, Ronaldo Soares, manda e desmanda na gestão do irmão, e é o maior incentivador dessa gastança, que irá beneficiar quase que exclusivamente, seu ex sócio Karume Nascimento, e sobrinho do coordenador de campanhas da família, Nuilson Pinto.

Enquanto Mossoró, Campina Grande, Santa Luzia, João Pessoa, Caruaru, Petrolina, e quase todas as cidades do nordeste, anunciaram o cancelamento da festa, já que nos meses de Abril e Maio teoricamente deveriam ser pagos recursos para garantir a realização da festa, só que no meio dessa crise, é imoral e ilegal destinar recursos financeiros para atividades de lazer.

Agora, caberá ao Ministério Público, a averiguação dessa medida divulgada pelo prefeito do Assú. Dessa forma, não é razoável que no atual estágio de pandemia que vivenciamos, haja qualquer dispêndio para custear um evento festivo, apenas para beneficiar aliados do atual prefeito.

Além disso, ainda tem outro ponto preocupante, que é o fato de que eles não podem adiar a festa de São João, pois estamos em ano eleitoral, e isso não seria permitido, por isso, eles estão tão doidos para realizar as festividades, mesmo com várias recomendações para não realização.

MP investigará suposto favorecimento do Governo do RN para contratação de OS

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte abriu procedimento para investigar a possibilidade de favorecimento em um processo licitatório anunciado hoje, pelo Governo do Estado, para contratação de Organização Social (OS) na área da Saúde para gerir o hospital de campanha do Estado, que deverá ser instalado na Arena das Dunas.

A notícia dada em primeira mão pelo Blog do Dina aponta vários aspectos que levaram o Ministério Público, através de seus promotores do Patrimônio Público a investigar o procedimento que teve edital publicado nesta quinta (2) e pede apresentação de propostas já nesta sexta (3), com um prazo de apenas um dia para as interessadas atenderem todas as exigências e apresentarem a proposta ao contrato de R$ 37,1 milhões para cuidar do equipamento, com vistas ao combate à pandemia de covid19.

A licitação com valor de R$ 37,1 milhões apresenta “característica de favorecimento” no edital, segundo os membros do Ministério Público. Para o MP, o tempo estabelecido para apresentação de propostas de preço é muito curto, e isso acarretaria em dificuldades para as OS que queiram participar do processo, apresentar uma proposta com todas as exigências feitas no edital.

Também pesou para o MP abrir o procedimento, a ausência de publicidade acerca das justificativas (razões técnicas) para a montagem de um hospital de campanha, sendo que o Governo sequer explica o porquê de não ampliar a rede já existente.

*Blog do Dina

Mossoró tem 148 casos suspeitos e 21 confirmados de Covid-19

O novo boletim da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) aponta crescimento no número de casos suspeitos em Mossoró. Os dados divulgados no final da tarde desta quinta-feira, 2, são referentes até o meio-dia desta quinta.

De acordo com a pasta estadual, a cidade tem 148 casos em investigação. No último boletim eram 138. O número de casos confirmados subiu de 20 para 21. No entanto, esse 21º caso já havia sido adiantado pela Secretaria Municipal de Saúde Mossoró após a Sesap divulgar seu boletim na última quinta-feira. Os casos descartados se mantiveram em 26.

O órgão de saúde estadual explica que os casos que permanecem como suspeitos seguem aguardando os resultados dos exames laboratoriais e/ou investigações epidemiológicas. Informamos ainda que para as amostras analisadas no LACEN-RN o prazo é de até 05 dias, a depender da demanda de processamento do laboratório.

Os referidos pacientes seguem em isolamento domiciliar ou hospitalar, sendo esta medida recomendada para casos sem complicações clínicas, conforme Protocolo Clínico Estadual e Nacional.

*De Fato

Jucurutu: vereador rompe com grupo de Robson e anuncia apoio a Iogo Queiroz do PSDB

O presidente municipal do PSDB em Jucurutu, o advogado Julinho Queiroz, vem conseguindo cada vez mais fortalecer a pré candidatura a prefeito do jovem Iogo Queiroz, que será o nome do PSDB a prefeito.

Nesta quinta-feira(02), Iogo Queiroz recebeu a adesão do vereador Jubira Saldanha, que deixou o sistema liderado pelo deputado Nelter Queiroz (MDB). “É com satisfação que recebemos mais essa importante adesão, do vereador Jubira, que entendeu que o projeto do PSDB é o melhor para nossa cidade”, afirmou Iogo Queiroz que vem ganhando a cada dia apoios importantes.

Sistema de sessão remota entra em funcionamento na ALRN

Os ajustes finais para sessão remota Sistema de Deliberação Remota (SDR) foram aprovados nesta quinta-feira (2) durante treinamento com parlamentares e assessores na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A nova ferramenta vai facilitar o trabalho dos legisladores no período de pandemia do Coronavírus que tem como efeito o isolamento social.

O sistema permite votação dos deputados estaduais com os mesmos itens da votação presencial, permitindo ao parlamentar o posicionamento oficial e acompanhamento da votação. Além do SDR, a Diretoria de Gestão Tecnológica desenvolveu um aplicativo com senhas criptografaras e reconhecimento facial, levando mais segurança cibernética e segurança jurídica ao processo legislativo de votação.

Para o diretor de Gestão Tecnológica da ALRN, Mário Sérgio Gurgel, o sistema permitirá continuidade do trabalho dos parlamentares do Rio Grande do Norte, sem prejuízo ao poder público.

As sessões também serão transmitidas pela TV Assembleia no canal aberto 51.3 no site da ALRN al.rn.leg.br e nas redes sociais @assembleiarn.

Covid-19: com 108 profissionais contaminados, HC em SP não vê falta de proteção

 

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo, um dos mais importantes do país, contabilizou até o dia 30 de março 108 funcionários infectados pelo novo coronavírus. No entanto, o hospital não relata escassez de equipamentos de proteção individual (EPIs) para quem atua na linha de frente. A falta desses materiais é hoje uma das principais preocupações do Ministério da Saúde.

Indagada pelo blog sobre a quantidade de profissionais da saúde a serviço do HC que foram infectados pelo vírus, a assessoria de imprensa do hospital enviou um balanço sobre os casos registrados, mas não dividiu as estatísticas por profissões exercidas pelos funcionários examinados. Também não há informações sobre o número de contaminações ocorridas no ambiente de trabalho ou fora dele.

“O HCFMUSP informa que o estoque (de EPIs) está regular e que há um plano em andamento para que não falte insumo”, diz trecho do comunicado.

O HC afirma que seu centro de atendimento a colaboradores atendeu a 2.549 profissionais até 30 de março. Desse total, 1.244 fizeram testes para saber se foram contaminados pelo novo coronavírus. Foram 108 casos positivos.

A nota informa ainda que neste momento 125 funcionários estão afastados para evitar risco de contaminação.

O blog havia perguntado a quantidade de casos graves e se houve óbito entre os profissionais da saúde do HC, porém, a resposta não trouxe esse detalhamento. Abaixo veja a nota na íntegra.

“O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP já atendeu, até o balanço de 30 de março, no Centro de Atendimento ao Colaborador (CeAC), 2.549 colaboradores. Destes, 1.244 foram testados e 108 confirmados. Hoje, 125 funcionários permanecem afastados para evitar qualquer tipo de contaminação, entre suspeitos e confirmados. O HCFMUSP tem cerca de 20 mil colaboradores. Informa ainda que todos os colaboradores que precisam estão recebendo atendimento e aqueles com sintomas, de acordo com o protocolo, estão realizando testes. Todos os suspeitos são afastados temporariamente até confirmação do resultado. Aqueles que têm o exame positivo estão isolados e recebendo tratamento de acordo com protocolo. O HCFMUSP está realizando todos os esforços e seguindo todos os protocolos de segurança, inclusive com todos os equipamentos de proteção necessários, para garantir a segurança de pacientes e colaboradores. E reafirma seu apoio e admiração por todos os seus profissionais, que estão na linha de frente do combate à pandemia”.

Nelter Queiroz pleiteia fechamento de comportas da Passagem das Traíras

Mesmo com as atividades da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte suspensas, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) continua ativo com sua atividade parlamentar. Neste sentido, encaminhou várias demandas ao Governo do Estado através da Secretaria de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH), da Secretaria de Agricultura, da Pecuária e da Pesca (SAPE) e da Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern).

Um desses pleitos diz respeito ao barramento das águas e fechamento das comportas da Passagem das Traíras. O parlamentar protocolou requerimento e fez contato telefônico com o secretário da SEMARH, João Maria Cavalcanti, que adiantou que, em atenção ao pedido de Nelter, realizará videoconferência com técnicos da Secretaria para avaliar a solicitação.

“Pleito de grande importância e que precisa ser viabilizado urgentemente. A sugestão foi direcionada ao nosso mandato através de apelo feito pelos vereadores José Carlos Dantas (presidente da Câmara Municipal de Vereadores de São José do Seridó) e Dedé do Consórcio (Jardim do Seridó), além de outras lideranças políticas da região”, frisou Queiroz, destacando que a ideia visa atender a população dos municípios de São José do Seridó, Caicó e Jardim do Seridó residente no entorno da Barragem bem como garantir a segurança hídrica destes.

Ainda de acordo com o deputado, a ideia se justifica devido a paralisação das obras de recuperação da estrutura física da parede da Passagem das Traíras. “As águas acumuladas até o momento no reservatório não comprometem a segurança deste, mas, ao mesmo tempo, já garante por algum tempo a segurança hídrica dos moradores e proprietários rurais da localidade”.

Nelter Queiroz também direcionou demandas à CAERN e à SAPE, respectivamente, buscando a recuperação da estrutura física da adutora de engate rápido que abastece os municípios de Acari e Currais Novos, além do peixamento da barragem Gargalheiras.

Leia maisNelter Queiroz pleiteia fechamento de comportas da Passagem das Traíras

MPRN adota novas medidas de contenção e controle de gastos

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) adotou novas medidas de contenção e controle de gastos devido a situação de calamidade pública decorrente da pandemia do coronavírus, causador da Covid-19. Em resolução publicada na edição desta quinta-feira (2) do Diário Oficial do Estado (DOE), o procurador-geral de Justiça (PGJ), Eudo Rodrigues Leite, determina a suspensão do pagamento por plantões diurnos e noturnos dos promotores e procuradores de Justiça do Estado.

Além dessa medida, a nova resolução também estabelece a suspensão de novos atos de designação de servidores para substituição de cargo em comissão, de função gratificada ou de gratificações especiais; e a suspensão temporária do pagamento do terço de férias.

“A cada dia, as projeções econômicas derivadas da pandemia da Covid-19 vão se revelando mais preocupantes e mais desafiadoras para a atividade privada e para a administração pública. Até o momento, o MPRN tem feito o ‘dever de casa’, promovendo cortes de despesas imprescindíveis para a regularidade futura dos pagamentos da folha, fornecedores, encargos e outros”, falou Eudo Leite.

O procurador-geral de Justiça lembrou que outras medidas já haviam sido tomadas anteriormente. “Nós já cancelamos cursos e eventos, contingenciamos despesas com diárias, passagens aéreas, contratação de serviços técnicos especializados, estágios remunerados, locação de imóveis, terceirização de mão de obra, obras de engenharia, material de consumo, serviços de transporte, reprografia, material de expediente, entre inúmeras outras. Agora, tivemos que efetuar mais contenções. O objetivo é atravessar essa crise com o mínimo de traumas, preservando a capacidade financeira da instituição de honrar os compromissos essenciais com os integrantes e contratações em vigor”, concluiu.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: