Jornalista noticia viagem de Styvenson a SP paga pelo Senado

O senador potiguar Styvenson Valentim (Podemos/RN), que há alguns dias disse que sentia obrigado a explicar o que ‘era correto’ e ‘o que não era’ quando sua irmã recebeu o auxílio emergencial do Governo Federal, agora se nega a explicar passagens aéreas para São Paulo com custos pagos pelo Senado Federal.

A viagem que ocorreu durante um fim de semana de novembro do ano passado, teve um custo de R$ 1.501,11 pagos com dinheiro público, pelo Senado Federal, foi questionada pelo jornalista Dinarte Assunção, editor do Blog do Dina.

Styvenson embarcou em Brasília com destino à São Paulo na manhã da sexta-feira, 8 de novembro, e voltou para a capital Federal na noite do domingo seguinte, dia 10. A agenda do parlamentar na capital paulista é desconhecida e as razões da viagem não foram informadas ao comunicador, que entrou em contato com a assessoria do Capitão questionando sobre o assunto.

O parlamentar pode utilizar a cota parlamentar para cobrir seus gastos, inclusive de emissão de passagens aéreas, desde que tenham alguma relação com o exercício do mandato. O que há comprovação nesse caso específico, visto que Styvenson se negou a informar as razões de sua viagem paga com dinheiro público.

Informações do Blog do Dina

RN atinge pico da pandemia de Covid-19, diz Secretaria Estadual de Saúde

Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica do RN — Foto: Governo do RN/Reprodução

O Rio Grande do Norte atingiu o pico da pandemia de Covid-19 nesta quinta-feira (25), segundo garantiu Alessandra Lucchesi, subcoordenadora de vigilância epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). A ocupação de leitos está em 96%.

“Analisando o cenário epidemiológico, a gente consegue evidenciar que estamos sim no pico da pandemia aqui no estado”

Em outras palavras, isso significa dizer que o estado chegou ao pior estágio da doença e a tendência é de que a curva dos casos confirmados e de óbitos por coronavírus se estabilize e comece a cair em seguida. No entanto, é necessário passar pelo pico para saber se ele, de fato, foi atingido.

Por esse motivo, a Sesap afirma que irá observar o comportamento da doença pelos próximos 10 dias. O panorama anunciado nesta quinta-feira (25) pela pasta é baseado no cenário atual (casos, mortes e taxa de transmissibilidade), que reflete o período de uma a duas semanas atrás, o que é chamado de “delay” epidemiológico.

“Vale salientar que existem diferenças de região para região, são muitas variáveis, mas isso é o que temos hoje. Os dados de hoje informam o que aconteceu há sete, dez, doze dias atrás. O que nós esperamos é que o número de casos e mortes continue alto, mas não crescente de forma exponencial, e depois a curva comece a cair”, explica Alessandra Lucchesi.

O quadro do Rio Grande do Norte mostra que a doença cresceu rapidamente ao longo das últimas semanas, o que para a Sesap é o principal indicativo de que a pandemia tenha atingido o seu pior momento. Na quarta-feira (24), o estado registrou 64 mortes em 24 horas.

Leia maisRN atinge pico da pandemia de Covid-19, diz Secretaria Estadual de Saúde

Ferramenta da Assembleia disponibiliza à população vídeos da produção Legislativa

A população do Rio Grande do Norte ganhou mais uma ferramenta para acompanhar os trabalhos da Assembleia Legislativa. A partir desta semana, estará no ar o “Legis Vídeos”, desenvolvido pela equipe de Tecnologia da Informação da Casa e que disponibilizará todos os vídeos de sessões, audiências, pronunciamentos e demais atividades realizadas no Parlamento. O foco é dar ainda mais transparência ao trabalho desenvolvido pelos deputados estaduais.

“A administração pública voltada para o cidadão é caracterizada pela busca constante de ferramentas de excelência com o objetivo de ampliar a proximidade com a população. Na Assembleia, essa nova ferramenta vai ajudar o Parlamento a prestar contas com o povo sobre o seu trabalho, viabilizando, de forma simples e rápida, o acompanhamento por parte da população das atividades do Legislativo”, explicou o presidente da Assembleia, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB).

O Legis Vídeo é um acesso digital que armazena e disponibiliza todas as sessões ordinárias, extraordinárias, solenes, audiências públicas, frentes parlamentares e reuniões de comissões. A ferramenta também conta com um recurso de edição, que permite ao internauta separar e fazer o download somente do trecho que tiver interesse. Além disso, a busca também é facilitada e intuitiva, sendo de fácil acesso a qualquer usuário.

De acordo com o diretor de Gestão Tecnológica da Assembleia, Mário Sérgio Gurgel, no primeiro momento serão liberados todos os vídeos referentes às sessões ordinárias e de todas as comissões do período de pandemia, realizados de forma remota. Em um segundo momento, a expectativa é disponibilizar não apenas o acervo das sessões remotas, mas todo o acervo legislativo anterior, dos últimos dois anos. Ele afirma que os vídeos serão disponibilizados em até 24 horas após a sessão.

Leia maisFerramenta da Assembleia disponibiliza à população vídeos da produção Legislativa

FRACASSO: Secretário de Gustavo Soares reconhece que sua administração vai de mal à pior

Essa semana em Assú, aconteceu uma reunião do Conselho Municipal de Saúde, em que estavam presentes o secretário Clebson Corsino e a prefeita interina Sandra Alves, e o comenta – se que o bafafá após essa reunião foi grande.

Em um determinado momento, todos ficaram estarrecidos com uma declaração do super secretário Clebson, que reconheceu o total descaso da gestão do prefeito de “férias” Gustavo Soares, e que a gestão está muito desgastada diante da opinião pública, especialmente a saúde, que piorou com essa pandemia, e a má vontade do deputado boquinha George Soares, em não fazer ação efetiva para beneficiar a população, fazendo apenas a politicagem sebosa em que está acostumado.

O prefeito “doutor” tem deixado a desejar em todos os setores da sua gestão, mas o que “doutor” não deveria ter deixado desabar, era a saúde, afinal, ele é médico. Mas mesmo assim, o “doutor” fracassou, mostrando sua ineficiência em gerir a Prefeitura Municipal do Assú.

Não é à toa que a reclamação que ecoa a toda hora na cidade de Assú, é sobre o básico que falta na saúde, desde a falta de atendimento nas unidades básicas de saúde, como equipamentos de proteção e cuidado para servidores da saúde, medicamentos para a população.

O prefeito “doutor”, já entrou para história, como incompetente e ineficiente, e está com os dias contados, pois dia 31 de dezembro de 2020, essa tortura para cidade do Assú acaba, já que para a população, ele só continua no cargo se não houver eleição.

Governo já pagou quase R$ 88 bilhões de auxílio emergencial

Em balanço, o Ministério da Cidadania informou que o governo federal já creditou R$ 87,8 bilhões para os beneficiários do auxílio emergencial, que somam 64,1 milhões de pessoas. A terceira parcela do benefício só começou a ser paga aos integrantes do Bolsa Família que se inscreveram para receber o auxílio – cerca de 19 milhões de pessoas. Esse grupo continua recebendo em um calendário de pagamentos que termina no próximo dia 30.

Já o calendário de pagamento para os demais grupos ainda não foi informado pela Caixa Econômica Federal, responsável pela operacionalização do programa.

Aprovado em abril, o auxílio é um benefício no valor de R$ 600 (que pode chegar a R$ 1.200 para mulheres chefes de família) destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no enfrentamento à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Até agora, cerca de R$ 40 milhões foram devolvidos aos cofres púbicos por pessoas que receberam o benefício, mas que não preenchiam os requisitos exigidos pela legislação. O Ministério da Cidadania disponibilizou uma página na internet com o passo a passo para a devolução.

Em outra ação, o Ministério da Cidadania e a Defensoria Pública da União fizeram parceria para ajudar a quem precisa contestar o resultado do pedido do auxílio emergencial sem necessidade de abrir um processo judicial. Do total de 124,18 milhões de solicitações do auxílio emergencial, 64,14 milhões foram considerados elegíveis e 41,59 milhões foram apontados como inelegíveis, por não atenderem aos critérios do programa.

Saiba o que fazer quando tiver o pedido negado. Existem ainda 16,69 milhões de inscrições classificadas de inconclusivas, que é quando faltam informações para o processamento integral do pedido. Quem estiver nessa situação deve refazer o cadastro por meio do site ou aplicativo do programa.

Ezequiel debate políticas públicas com ministro Rogério Marinho e Governadora

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira (PSDB), participou no início da noite desta quarta-feira (24), de uma reunião com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, e com a governadora do RN, Fátima Bezerra (PT), tendo como pauta principal a definição de eixos para destravar o crescimento econômico do Estado com foco em mobilidade urbana, saneamento, recursos hídricos e moradia. A reunião ocorreu na governadoria.

“Destacamos políticas públicas de infraestrutura urbana e de promoção do desenvolvimento regional e produtivo juntos aos municípios e seus principais gargalos. Para a Grande Natal a melhoria da mobilidade urbana, saneamento básico e moradia. E, para o interior benfeitorias para o nosso sistema hídrico”, enfatizou Ezequiel Ferreira.

As notícias que o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, trouxe do Governo Federal para o RN são as melhores, destacou Ezequiel Ferreira. “Investimento em obras de infraestrutura importantes para a retomada da nossa economia. Rogério nos afirmou em reunião a garantia do aporte financeiro imediato de R$ 80 milhões para Oiticica e mais R$ 170 milhões para a conclusão da obra o mais rápido possível”, detalhou.

A infraestrutura de Passagem das Traíras também receberá recursos do Governo Federal. O prazo de conclusão é até o fim do ano, sendo investido lá R$ 16 milhões. “E, para completar a lista das boas notícias: a tão esperada conclusão das obras de Transposição do Rio São Francisco para que as águas cheguem em até um ano ao nosso Rio Grande do Norte”, disse.

Durante a reunião, o ministro do Desenvolvimento Regional, o potiguar Rogério Marinho, explicou que vem cumprindo extensa agenda na região Nordeste esta semana. Hoje ele iniciou o dia na Paraíba, com visita à Barragem Santa Rosa dos Padres, na comunidade Santa Rosa, em Brejo do Cruz (PB). Depois, esteve na Barragem das Traíras, em São José do Seridó (RN), onde visitou as obras de recuperação do empreendimento.

Rogério Marinho também esteve no canteiro de obras da Barragem de Oiticica, na zona rural de Jucurutu (RN). Lá, visitou as obras da barragem e almoçou com autoridades e lideranças políticas. O ministro disse que fez um sobrevoo na Barragem Armando Ribeiro Gonçalves e, em Parnamirim, participou da entrega de uma estação de trem da CBTU no Centro da cidade. Na oportunidade, ele anunciou a liberação de recursos na ordem de R$ 75,7 milhões para a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), em Natal.

Amanhã, quinta (25), às 7h30, em Natal, o ministro vai visitar as obras de enrocamento em Ponta Negra; de saneamento, em Nossa Senhora da Apresentação; de drenagem, no bairro Planalto e de um túnel na Avenida Prudente de Morais. O prefeito Álvaro Dias vai acompanhar as visitas. No fim da manhã, Rogério Marinho segue em voo da FAB para Fortaleza (CE), para seguir com sua agenda pela região Nordeste.

Em função da pandemia, Macau, de forma inovadora e democrática, regulamenta atividade econômica na cidade

Após diversas medidas de prevenção e combate a pandemia na área da saúde, como a aquisição de respiradores fixos e transitórios para o Hospital Antônio Ferraz, desinfecção de equipamentos públicos e de saúde, barreira sanitária na entrada da cidade, ações de conscientização, orientação e assistência à população, em especial aos mais vulneráveis, deu-se mais um passo concreto e necessário na luta contra a COVID-19 com a regulamentação do funcionamento do comércio, como explica o prefeito Túlio Lemos: “a nossa responsabilidade se torna cada vez maior quando temos que decidir sobre a sobrevivência da população, seja pelo lado da saúde ou da economia. Entre o desemprego e a garantia da vida, para garantir o total isolamento, optamos pela flexibilização e restrições do funcionamento do comércio com a divisão de responsabilidades e envolvimento de todos no combate ao Novo Coronavírus”.

A exemplo das medidas já adotadas no Estado do Rio Grande do Norte, em Macau, de forma inovadora e participativa, foi editado e publicado o Decreto 2.458, de 21 de maio de 2020, que trata sobre a suspensão e regulamentação das atividades econômicas no município.

O intuito do Decreto é reduzir a propagação do vírus, como também mitigar os impactos econômicos decorrentes do fechamento total das atividades comerciais. Para o empresário Joseval Fernandes (Val Confecções, Shopping do Povo e Shopping 15), “nós comerciantes e todos os funcionários temos que agradecer ao prefeito Túlio Lemos pela sua sensibilidade em flexibilizar o funcionamento do comércio. Agora, todos nós temos também a obrigação e colaborar para que essa pandemia não progrida no nosso município”.

Leia maisEm função da pandemia, Macau, de forma inovadora e democrática, regulamenta atividade econômica na cidade

Presidente da Embratur ataca peça com Jesus gay em live com Damares

Presidente da Embratur ataca peça com Jesus gay em live com ...

Num debate pela internet hoje com Damares Alves, o presidente da Embratur, Gilson Machado, resolveu criticar uma peça teatral apresentada em 2018, em Pernambuco, em que Jesus é retratado como homossexual.

“Eu não tenho nada contra quem usa seu orifício rugoso infralombar para fazer sexo. Mas querer impor a sexualidade a uma grande maioria de cristãos e querer desvirtuar a forma que Jesus Cristo veio à Terra? Está escrito na Bíblia: Jesus Cristo nasceu, cresceu, foi crucificado e ressuscitou em forma de homem”, afirmou.

Faltou explicar direito o que isso tem a ver com o trabalho da Embratur. Antes, Damares falava sobre a pedofilia.

O antagonista

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: