Fernando Haddad segue a tradição stalinista de desqualificar adversários

No programa Manhattan Connection que foi ao ar na quarta-feira passada, Fernando Haddad foi indagado por Diogo Mainardi sobre quem, afinal de contas, seria o candidato do PT nas eleições presidenciais de 2022, se Lula ou ele próprio, como “poste de ladrão”. Incomodado com a pergunta, Haddad aproveitou-se do estilo “deixa que eu chuto” de Mainardi para dizer que o jornalista deveria procurar “tratamento” por ser “problemático”. Tachou-o de louco, sem usar a palavra.

Os blogs petistas viram na reação de Fernando Haddad um grande sinal de equilíbrio e elegância, naturalmente, assim como veem em Lula a pessoa mais honesta do mundo. Talvez entusiasmado com o seu desempenho, Fernando Haddad voltou à carga no Twitter. Ele anunciou que participaria no último domingo de uma live no Youtube intitulada Conexão Xangai com quatro economistas de universidade. “De Manhattan para Xangai: nenhum dos participantes dessa mesa precisa de tratamento psiquiátrico; podem confiar. Vamos discutir ideias econômicas para ajudar nosso país. Assistam!“, escreveu Fernando Haddad na rede social.

Um dos economistas que discutiram com o petista ideias econômicas para nosso país parece ser entusiasta do processo de industrialização levado pelo ditador Kim Jong II Sung, de acordo com um texto que circulou na internet. Mas não é a qualidade intelectual dos interlocutores de Fernando Haddad que interessa aqui. O que interessa é o desrespeito do petista com quem sofre de distúrbios de ordem psiquiátrica (o que não é o caso de Diogo Mainardi) e o que isso revela ideologicamente.

Leia maisFernando Haddad segue a tradição stalinista de desqualificar adversários

Idosos são enganados com falsa aplicação de vacina no Rio de Janeiro

Imagem ilustrativa da vacinação

Imagens obtidas pela CNN nesta segunda-feira mostra dois idosos recebendo uma falsa aplicação da vacina contra a Covid-19 em Petrópolis e Niterói. Os vídeos foram gravados pelos familiares.

Em Petrópolis, o  caso aconteceu no posto de vacinação montado em uma universidade da cidade, no primeiro dia em que a imunização começou a ser feita em idosos acima de 90 anos.

A prefeitura de Petrópolis confirmou que a seringa utilizada estava vazia no momento da aplicação. Após a denúncia e o vídeo viralizar nas redes sociais, equipes da secretaria de Saúde da cidade fizeram contato com a família e a idosa foi vacinada com a dose contra a Covid-19, segundo o município.

A técnica de enfermagem, que foi filmada no momento da falsa aplicação, foi afastada e será ouvida nesta segunda-feira (15) em um procedimento interno. Segundo a prefeitura, a profissional é contratada para realizar a imunização na cidade. O município também informou ter aberto um canal de comunicação para esclarecimento de dúvidas e recebimento de denúncias.

Em Niterói, o vídeo mostra o momento em que a técnica insere a seringa e não aplica a dose em um idoso. De acordo com a prefeitura de Niterói, a enfermeira foi afastada da função e será investigada pela Secretaria Municipal de Saúde.

“A família do idoso foi imediatamente contactada e acolhida. Uma visita foi agendada para o mesmo dia, no qual o médico e a enfermeira responsável realizaram a aplicação da vacina na casa do idoso”, disse a prefeitura, em nota.

Na capital fluminense, os profissionais que aplicam a vacina foram orientados a mostrar a seringa sendo cheia de imunizante antes da aplicação. Tudo para evitar fraudes e dar mais segurança no processo. Além disso, familiares são autorizados a filmarem e fotografarem o momento da vacinação.

CNN Brasil

SINE-RN tem 37 vagas de empregos nesta segunda-feira (15) para Natal, RM e Pau dos Ferros

A Subsecretaria do Trabalho da Sethas-RN, através do SINE-RN, oferece hoje 37 vagas de emprego para Natal e Grande Natal Pau dos Ferros e região.

Para concorrer às vagas, o(a) candidato(a) deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Neste momento, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Sine-RN está com atendimento presencial realizado mediante agendamento.

Em Natal, os telefones para agendamento da unidade matriz, em Candelária, são: (84) 3190-0783, 3190-0788, 98106-6367 e 98107-4226.

Os agendamentos e atendimentos acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.

Siga o Sine-RN no Instagram: @sine.rn

VEJA AS OFERTAS DE VAGAS DE EMPREGO POR OCUPAÇÃO:

NATAL e GRANDE NATAL – (35 Vagas Permanentes)
AUXILIAR DE FABRICAÇÃO NAS INDÚSTRIAS DE ARTEFATOS DE CIMENTO        10
AUXILIAR DE MARCENEIRO  03
DESENHISTA TÉCNICO DE ENGENHARIA CIVIL  01
ENGENHEIRO ELETRICISTA  01
GERENTE DE OBRAS (CONSTRUÇÃO CIVIL)    01
INSTALADOR DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS 02
MARCENEIRO     02
MECÂNICO DE BICICLETAS  01
MECÂNICO DE MOTOCICLETAS     01
MOTORISTA CARRETEIRO    10
PIZZAIOLO 02
TÉCNICO MECÂNICO EM AR CONDICIONADO  01

PAU DOS FERROS e Região – (02 Vagas Permanentes)
PROMOTOR DE VENDAS       02

PF apura se dinheiro de tráfico de militares na FAB bancou até swing

A Polícia Federal busca percorrer o caminho do dinheiro fruto de esquema de tráfico internacional de drogas, com uso de aeronaves da Força Aérea Brasileira (FAB), para identificar todos os envolvidos. Elementos que integram investigações feitas no âmbito da Operação Quinta Coluna, deflagrada em 2 de fevereiro, apontam que a vida financeira do sargento da FAB Manoel Silva Rodrigues, preso em 2019 quando levava cocaína para a Espanha, era repleta de altos e baixos.

Diálogos entre ele e a mulher, Wikelaine Nonato Rodrigues, mostram que o casal constantemente discutia devido à falta de dinheiro ou por discordar sobre como os recursos eram empregados. Antes de viagens realizadas ao exterior, eles teriam, entretanto, recebido quantias em espécie, o que mudou a rotina da dupla.

Os investigadores recuperaram uma conversa registrada em 18 de abril de 2019, antes da viagem do militar para Madri, capital espanhola. A mulher pergunta a Manoel se eles podem sair à noite para uma “baladinha”, caso o homem consiga receber R$ 1,5 mil. O sargento fala que sim e que eles podem utilizar o dinheiro guardado na casa. Wikelaine não concorda e diz que a quantia seria para pagar contas.

Nesse momento, os policiais acreditam que o casal conseguiu algum dinheiro que alterou circunstancialmente a condição financeira da família. Os investigadores também apontam para o fato de a dupla guardar dinheiro em casa. Para a PF, os recursos seriam uma espécie de “adiantamento” pelo transporte de entorpecente que ocorreria em alguns dias.

Veja a transcrição do diálogo:

[Wikelaine]: Amor, se pegar os 1.500 vamos sair um pouco? Numa baladinha????
[Manoel]: Claro que vamos… Por mim iríamos com esse dinheiro aí. Topa?
[Wikelaine]: Vamos ver se ele vai dar os 1.500. Fica melhor que a gente não mexe nesse que tem aqui, porque é de pagar as contas.
[Manoel]: Hoje não tem expediente… Ele com certeza não falará com o cara hoje
[Wikelaine]: Você mandou mensagem?
[Manoel]: Ele falou que me manda quando pegar. Falou para esperar
[Wikelaine]: Ah, espera então. Você chega que horas aqui?
[Manoel]: Vamos na (o militar cita uma famosa casa de swing do DF) hoje ou sexta? Sexta não é dia santo?
[Wikelaine]: Até meia-noite
[Manoel]: Qualquer coisa vamos no sábado. Vê a programação da (casa de swing) aí, vida.
A mulher envia a foto de um panfleto com a programação do estabelecimento, e o sargento responde:
[Manoel]: Bora. Sexta nós vamos.
[Wikelaine]: Depois da missa.

Leia maisPF apura se dinheiro de tráfico de militares na FAB bancou até swing

Taxa de ocupação de leitos críticos para Covid-19 chega a quase 90% na Grande Natal

Leitos de UTI instalados em hospital do RN (Arquivo) — Foto: Sesap/Divulgação

A taxa de ocupação para leitos críticos para pacientes com Covid-19 chegou a atingir 88,9% na manhã desta segunda-feira (15) na região metropolitana de Natal. Pelo menos dez unidades de saúde do Rio Grande do Norte estavam com 100% dos seus leitos preenchidos.

Os dados são do Regula RN – o sistema usado pelo estado para administrar e monitorar os leitos públicos para atendimento à doença no estado. A taxa média de ocupação do estado era de 78,2%.

No domingo (14), a taxa atingiu 89,6% de ocupação – com 112, dos 125 leitos operacionais com pacientes. A região metropolitana não chegava a esse patamar desde julho de 2019 – no auge da primeira onda da doença no estado.

No período, no entanto, o estado tinha mais leitos – no dia 15 de julho, eram 186 leitos, dos quais 171 estavam ocupados.

Entre os hospitais da região metropolitana de Natal, o Hospital João Machado estava com 28 leitos críticos – sejam de UTI ou semi-intensivos ocupados – e um bloqueado. Já o Hospital de Campanha de Natal estava com todos seus 20 leitos ocupados. No Giselda Trigueiro, todos os 26 leitos também seguiam ocupados.

Leia maisTaxa de ocupação de leitos críticos para Covid-19 chega a quase 90% na Grande Natal

PM registra 33 casos de aglomerações no fim de semana no RN; Pipa tem multidão nas ruas

Aglomeração registrada na Praia da Pipa, durante o fim de semana.  — Foto: Reprodução

A Polícia Militar registrou pelo menos 33 ocorrências envolvendo aglomerações no último fim de semana, mesmo após a proibição de festas de carnaval por causa da Covid-19. De acordo com a corporação, foram 16 casos registrados no sábado (13) e 17 no domingo (14). Ninguém foi preso.

Mais aglomerações também foram registradas na praia da Pipa na noite de domingo (14), em Tibau do Sul, no litoral potiguar. Uma multidão já havia sido registrada no sábado (13).

Ainda na manhã desta segunda-feira (15) havia várias pessoas sem máscaras no distrito. Um grupo de foliões amanheceu o dia tocando instrumentos e se divertindo. Na rua principal, os garis tiveram trabalho redobrado para fazer a limpeza.

A Prefeitura de Tibau do Sul disse que está realizando barreiras educativas para orientar os turistas a usarem máscaras e evitarem aglomerações.

“A gente apela que a população use da empatia, da preocupação com o próximo”, disse o porta-voz da Polícia Militar, tenente-coronel Eduardo Franco. Somente na região metropolitana de Natal, a taxa de ocupação de leitos chegou a quase 90% na manhã desta segunda-feira (15).

Em Natal, somente entre o sábado (13) e a madrugada de domingo (14), a prefeitura registrou 11 ocorrências. Na manhã desta segunda-feira (15), a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo ainda não tinha os dados consolidados do fim de semana completo.

Leia maisPM registra 33 casos de aglomerações no fim de semana no RN; Pipa tem multidão nas ruas

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: