fbpx

Cozinheiro é preso por reclamar de ter de cozinhar para Bolsonaro

A pacata cidade de Bento Gonçalves, a 121 quilômetros de Porto Alegre, foi sacudida, na manhã de ontem, pela notícia de que agentes federais prenderam um funcionário do Hotel Spa do Vinho, onde o presidente Jair Bolsonaro era esperado hoje.

Eduardo Lazzari, cozinheiro do hotel, tão logo soube que cozinharia para Bolsonaro, escreveu nas redes sociais: “Vou ter que cozinhar para este diabo ainda, que raiva”. Foi o que bastou para ser preso e o evento, no hotel, cancelado por razões de segurança.

Mais tarde, depois de depor e de ser liberado, ele pediu desculpas públicas pela reclamação que fez, saiu das redes sociais, mas já era tarde. A dona do hotel, que mora em Santa Catarina, está a caminho de Bento Gonçalves. Lazzari foi suspenso por três dias.

Na internet, o post do cozinheiro bombou. E, na Câmara, o deputado bolsonarista Bilbo Nunes (PSL-RG) subiu à tribuna para denunciar, com ar grave, uma “ameaça de morte a Bolsonaro”, atribuindo-a a “um numeroso grupo de pessoas”.

Bolsonaro está no Rio Grande do Sul para participar, amanhã, de mais uma passeata de motociclistas que defendem sua reeleição. Neste momento, visita a Vinícola Miolo, em Bento Gonçalves. Agentes federais investigam autores de comentários nas redes.

– Ah, se eu fosse o cozinheiro!

Metrópoles

Pacheco diz que eleições de 2022 são ‘inegociáveis’ e defende prerrogativas dos senadores

O presidente do Senado Federal, senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG), concede entrevista coletiva para falar sobre as atividades legislativas da Casa.   Foto: Pedro Gontijo/Senado Federal

O presidente do Senado e do Congresso Nacional, Rodrigo Pacheco, afirmou nesta sexta-feira (9) que a realização das eleições em 2022 é “inegociável”, e que o pleito “não decorre da vontade” das autoridades políticas, mas da Constituição federal. Pacheco também disse que a decisão do Congresso Nacional a respeito da adoção do voto impresso terá que ser respeitada por todos os Poderes.

— Nós não admitiremos especulações em relação à frustração das eleições de 2022. É algo que o Congresso repudia, evidentemente. Isso não decorre da vontade do presidente do Senado, ou da Câmara, da República, ou do Tribunal Superior Eleitoral. Isso advém da Constituição, à qual devemos obediência. Ela impõe eleições periódicas, o sufrágio universal e o voto direto e secreto como a expressão mais pura da soberania popular. É o povo que manda no Brasil, e manda sobretudo através das eleições em que possa escolher seus representantes. As eleições são uma realidade da democracia brasileira. São inegociáveis.

Pacheco disse que debates sobre mudanças no formato das eleições — como a adoção do voto impresso — são legítimos e devem envolver “todos os personagens da República”, mas não podem conter “ataque a pessoas”. O presidente ressaltou que a palavra final, porém, cabe ao Congresso, que já discute o assunto (PEC 135/2019).

Leia maisPacheco diz que eleições de 2022 são ‘inegociáveis’ e defende prerrogativas dos senadores

Gustavo, Fabielle e George Soares “expulsam” Carlos Júnior e caos tende a piorar na Saúde do Assú

Em quase 5 anos de gestão, já passaram vários nomes pela Secretaria de Saúde de Assú, e todos saíram pela falta de apoio da gestão diante das demandas e das prioridades do prefeito Gustavo e do deputado George Soares. Ainda se comenta nos bastidores, que todo secretário é para ser um “pau mandado” e se não dançar como a música toca, cai fora.

O Secretário Municipal de Saúde do Assú não pode ter vontade de trabalhar de verdade pelo povo, porque isso tira o vínculo do assistencialismo do prefeito Gustavo, do deputado George e da vice Fabielle, que adoram manipular e usar a necessidade do povo em benefício próprio.

O que eles gostam é deixar as UBS lotadas, pessoas precisando dos medicamentos que faltam no município, não monitoram as ações de combate e enfrentamento a COVID, faltam profissionais, e os que tem, estão 80% insatisfeitos.

A falta de assistência é técnica e é manobra maldosa dos Soares e da vice Fabielle, pois querem que tudo isso seja usado como moeda de troca, para o povo ficar devendo o “favor” e ser manipulado para votar em George em 2022, e assim, manter os cargos das cunhadas, madrasta, primos e irmã nos gabinetes em Brasília, e o marido da vice no Gabinete de George.

Carlos Júnior foi a bola da vez, pois se quiser ajudar ao povo não dá pra o cargo, pois mesmo a população gostando dele, ele não pratica a politicagem que Gustavo, George e Fabielle tanto gostam. Muito pelo contrário, ele sempre foi mais respeitoso com a necessidade do povo, e isso incomodou o grupo, e principalmente os vereadores governistas, que vem nele um adversário para Câmara.

Hoje, foi anunciado o nome da adjunta para assumir a titularidade da pasta, que foi indicação da vice Fabielle, e dorme e acorda pensando em dominar a saúde, manipular ainda mais as necessidades e ações, para barganhar mais cargos com George, e empregar o resto de sua família, seguindo os ensinamentos que a oligarquia prega.

O problema disso, é que a vice quer também emplacar um nome para conquistar uma cadeira na Câmara dos Vereadores, e isso já está causando um terremoto na base governista.

Educação e Segurança pautam requerimentos de Isolda Dantas

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) encaminhou requerimentos ao governo estadual solicitando medidas de apoio a estudantes do Ensino Médio de Poço Branco (Agreste Potiguar), bem como aumento das rondas policiais na zona Rural de Alexandria, localizada no Oeste Potiguar.

Para a comunidade escolar do município de Poço Branco, Isolda está demandando reparos na subestação de energia da Escola Estadual Estudante José Francisco Filho. “Atualmente, existe um projeto para a instalação de 20 novos aparelhos condicionadores de ar, porém a obra está parada em função da insuficiência da subestação de energia que serve ao prédio”, detalhou.

Segundo a parlamentar, é essencial que a rede energética da escola seja ampliada com todas as adaptações necessárias para a instalação dos novos aparelhos de ar-condicionado, promovendo, assim, mais conforto e qualidade ao estudo dos jovens.

Com relação ao aumento da Segurança para Alexandria, a deputada explicou que os moradores da comunidade de Serrota, zona Rural do município, registraram a necessidade do aumento de rondas policiais na localidade.

“A realização regular de rondas policiais, além de garantir o apoio e atendimento a possíveis ocorrências, auxilia efetivamente na prevenção de novos crimes, contribuindo com a segurança de todos”, finalizou.

INCOMPETÊNCIA/IMORAL: 18 agentes de saúde são descredenciados na gestão de Gustavo, Fabielle e George Soares pelo Ministério da Saúde

Será que a gestão da Prefeitura do Assú sob o comando do prefeito Gustavo Soares, da vice Fabielle Bezerra e do deputado George Soares, é meramente pura incompetência, ou será que há maldade que chega a ser imoral? Um ato é moral ou imoral por sua própria essência pela forma em que foi executado, e pela sua verdadeira intenção, nós podemos considera-lo bom ou ruim, mas o real objetivo e propósito só o trio sabe.

De 2015 pra cá, o histórico acima mostra que o município de Assú já chegou a ter mais de 140 agentes comunitários cadastrados, e hoje tem 126, mas só recebe por 119 profissionais.

O blog do VT pesquisou e conseguimos detectar, que em janeiro de 2020, o munícipio do Assú sob o comando de Gustavo Soares e do deputado “boquinha” George Soares, chegaram a receber por 125 agentes comunitários, e quando atualizamos o sistema para maio de 2021, vemos que o valor caiu para 119 agentes, e tendo 144 cadastrados.

Mas com a portaria do Ministério da Saúde publicada no Diário, o município perdeu o cadastramento de 18 agentes, ficando com 125, ou seja, nesse meio tempo, já foram descadastrados mais agentes, e não dá pra estimar nem a perda total de recursos nesses quase 5 anos de gestão da oligarquia Soares.

A vice fabielle Bezerra não era vice na gestão anterior, mas era ferrenha aliada com mandato de vereadora, e mesmo sendo da saúde, colocou uma venda nos olhos, afinal, seus indicados recebiam da Prefeitura, e hoje tem o marido recebendo mais de R$ 8 mil por mês no gabinete do deputado George Soares.

Fabielle já absorveu os ensinamentos, de que quanto pior pro povo, melhor pra eles, que posam de salvadores da pátria. Em breve, faremos estudos com dados reais mostrando a incompetência imoral desse trio que está no poder.

Ezequiel Ferreira solicita ações de infraestrutura, segurança, saúde e educação para Caicó

O município de Caicó, no Seridó potiguar, foi beneficiado por uma série de requerimentos apresentados pelo deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O parlamentar solicita ações nas áreas de saneamento básico, pavimentação de ruas, segurança pública, saúde e educação.

O primeiro documento encaminhado a governadora Fátima Bezerra (PT) e ao secretário estadual de Segurança Pública e Defesa Social, Francisco Araújo, tem como objetivo o aumento do efetivo policial e a busca por melhores condições de trabalho para a Polícia Militar de Caicó. Ezequiel relata que o número de agentes está reduzido no local e que faltam equipamentos adequados para conter a criminalidade.

Já na área da saúde pública, o deputado solicita a disponibilidade de uma ambulância para o município, que não possui veículos do tipo suficientes para atender à demanda da população. “É de extrema importância que o Governo do Estado dê esta atenção a Caicó, possibilitando prestar um atendimento digno e de qualidade à população, com a destinação de uma ambulância, a qual muito auxiliará na prestação de serviços de primeiros socorros”, disse Ezequiel. Além da governadora, o documento também é endereçado ao secretário estadual de Saúde, Cipriano Maia.

O presidente da Assembleia também apresentou requerimento para que o Governo do Estado inicie reformas nas escolas estaduais de Caicó. Na justificativa, Ezequiel revela que as unidades de ensino caicoenses estão com rachaduras nas paredes, goteiras no telhado e com a parte hidráulica e elétrica deterioradas. “Faço um apelo para que seja realizada a reforma nas escolas, com a finalidade de incentivar o maior interesse e melhor rendimento dos alunos”, completou. A solicitação foi encaminhada a governadora e ao secretário estadual de Educação, Getúlio Marques.

Por fim, Ezequiel solicitou obras de infraestrutura voltadas para o saneamento básico e pavimentação de ruas. “A ação é essencial para toda a sociedade para que sejam evitadas doenças que provém dos esgotos a céu aberto”, alerta o parlamentar. O pedido direcionado a Caern tem como objetivo também a realização de um estudo de viabilidade para a execução das obras. O deputado sugere ainda que seja realizado um convênio entre a Prefeitura de Caicó e o Governo do Estado com o objetivo de possibilitar a pavimentação e drenagem das ruas.

Prefeita de Pau dos Ferros entra novamente com processo contra ex-prefeito

O ex-prefeito de Pau dos Ferros/RN, Leonardo Rêgo (DEM), que perdeu o pleito em 2020 para a atual prefeita, Marianna Almeida (PSD), responderá por ação na justiça por improbidade administrativa, correndo o risco de ficar inelegível.

A Prefeitura de Pau dos Ferros, através do seu procurador, Francisco Ubaldo Lobo Bezerra de Queiroz (Dr. Chiquinho Lobo), protocolou mais uma ação na justiça contra o ex-prefeito.

Segundo Chiquinho, a ação protocolada de improbidade administrativa se deu por atos que atentam contra os princípios da administração pública e que as ações perpetradas pelo ex-prefeito violam os deveres de honestidade, legalidade, probidade e eficiência no fazer público.

Com informações Portal Potiguar

Criminosos assaltam pessoas na fila da vacinação em Centro de Saúde na Grande Natal

Criminosos assaltam pessoas na fila da vacinação na Grande Natal — Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi

Dois homens armados assaltaram as pessoas que estavam na fila para pegar a ficha da vacinação contra a Covid em Parnamirim, na Grande Natal. O assalto aconteceu por volta das 4h50 no Centro de Saúde do Parque Industrial.

De acordo com uma das vítimas, os dois homens estavam em uma moto. “Eles pararam, mostraram a arma e anunciaram o assalto. Muita gente conseguiu correr, mas eu fiquei e eles levaram meu celular”, disse a mulher que pediu para não ser identificada.

Um rapaz que também estava na fila teve o capacete roubado. A Polícia Militar fez ronda pela região, mas ninguém foi preso.

G1RN

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: