TRE desaprova contas do prefeito do Assú e piora a situação de Gustavo Soares

Resultado de imagem para gustavo e sandra

Com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN). tomada hoje em sessão plenária, quando por unanimidade de votos, manteve a sentença que desaprovou as contas de campanha eleitoral de 2016 do prefeito eleito do Assú Gustavo Montenegro Soares e da vice-prefeita Sandra Alves, a situação política do atual gestor fica mais complicada e o desfecho final da Justiça Eleitoral deve ser mesmo a cassação do mandato dele e também dela.

Por causa da desaprovação da prestação de contas pela Justiça eleitoral do Assú e agora pela Corte Eleitoral, os dois respondem a processo em que o Ministério Público Eleitoral pede a cassação do diploma de ambos, mas o juiz eleitoral Marivaldo Dantas, ainda não julgou se aceita ou não a cassação. Gustavo e Sandra são acusados de receberem doação de empresa do marido da atual vice-prefeita Helder Cortes Alves, durante a campanha eleitoral de 2016, contrariando a proibição imposta pelo Superior Tribunal Federal – STF.

Os dias de Gustavo Soares e Sandra Alves, como prefeito e vice do Assú, estão contados. É apenas uma questão de tempo para os dois serem defenestrados da Prefeitura do Assú.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: