TRE desaprova contas do prefeito do Assú e piora a situação de Gustavo Soares

Resultado de imagem para gustavo e sandra

Com a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RN). tomada hoje em sessão plenária, quando por unanimidade de votos, manteve a sentença que desaprovou as contas de campanha eleitoral de 2016 do prefeito eleito do Assú Gustavo Montenegro Soares e da vice-prefeita Sandra Alves, a situação política do atual gestor fica mais complicada e o desfecho final da Justiça Eleitoral deve ser mesmo a cassação do mandato dele e também dela.

Por causa da desaprovação da prestação de contas pela Justiça eleitoral do Assú e agora pela Corte Eleitoral, os dois respondem a processo em que o Ministério Público Eleitoral pede a cassação do diploma de ambos, mas o juiz eleitoral Marivaldo Dantas, ainda não julgou se aceita ou não a cassação. Gustavo e Sandra são acusados de receberem doação de empresa do marido da atual vice-prefeita Helder Cortes Alves, durante a campanha eleitoral de 2016, contrariando a proibição imposta pelo Superior Tribunal Federal – STF.

Os dias de Gustavo Soares e Sandra Alves, como prefeito e vice do Assú, estão contados. É apenas uma questão de tempo para os dois serem defenestrados da Prefeitura do Assú.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: