Prefeitura do Assú, em ritmo eleitoral, continua a chamar professores temporários

O prefeito do Assú Gustavo Soares, que vem praticando uma ‘política terrorista’ de que falta de dinheiro para retomar as obras paralisadas e reajustar salários do funcionalismo, entre outras desgraças anunciadas como limite prudencial de despesas, desde que assumiu o governo, continua a convocar os aprovados no Processo Seletivo Simplificado de Professores temporários para Rede Pública Municipal.

Com a proximidade da campanha eleitoral em que seu irmão e deputado estadual George Soares disputará a reeleição por uma vaga na Assembléia Legislativa, o prefeito Gustavo Soares, começa a desconstruir o discurso de que a Prefeitura do Assú está em dificuldade financeira, como ele sempre alegou para justificar a falta de construção de obras e a manutenção dos serviços básicos para a população.

 

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: