fbpx

Prefeitos do Assú e Itajá enganam a população e ludibriam Ministério Público

Resultado de imagem para prefeito gustavo Soares

Os prefeitos Gustavo Soares (Assú) e Alaor Pessoa (Itajá), adotaram uma esperta manobra para para enganar a população dos dois municípios e ludibriar a fiscalização do Ministério Público sobre o destino do dinheiro que entra nos cofres das duas prefeituras. O mecanismo de buscas nos portais de transparências não permitem que o cidadão acesse dados que identifique numero de servidores, cargos comissionados, folha de pagamento e etc.

O portal de transparência do Assú que antes funcionava, agora esconde os nomes de funcionários e seus respectivos salários, além de permitir o dowloand de arquivos para facilitar a identificação do número de cargos comissionados e contratados temporários.

De janeiro de 2017 até abril deste ano, o prefeito Gustavo Soares embolsou quase R$ 100 milhões e agora esconde o destino do dinheiro.

Resultado de imagem para prefeito alaor pessoa

O portal de transparência de Itajá parece que foi feito para guardar a sete chaves os ‘segredos’ da gestão do prefeito Alaor Pessoa que já arrecadou aproximadamente mais de R$ 16 milhões e que prima pela falta de quase total falta de acesso ao cidadão.

A bagunça é grande e tem por objetivo debochar do Ministério Público que tem a responsabilidade de fiscalizar a lei de acesso á informação que permite aos cidadãos acompanhar as receitas e os gastos com fornecedores, prestadores de serviços, licitações e etc.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: