Após 24 meses, Adriano Diógenes deixa prefeitura com salários em dia, obras e R$ 8 milhões em caixa

A frustração de receitas que o município de Guamaré enfrentou nos últimos 24 meses não foi empecilho para o prefeito de Guamaré, Adriano Diógenes colocar o seu plano de governo para funcionar. Adriano se despede do cargo, deixando um legado de 17 obras, salários do servidor público em dia, férias pagas e R$ 8 milhões em caixa.

Parte desses recursos é para custear as obras da sua gestão que estão em andamento. “A prefeitura chegou mais perto do cidadão de Guamaré, através de obras, benefícios sociais e ações, nas mais diversas áreas”, destacou o prefeito.

O próximo gestor de Guamaré vai encontrar a casa arrumada e um modelo de gestão moderno, que já vem sendo exemplo para outros municípios. 

Com informações do Blog Celso Amâncio

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: