ASSÚ: Cassação e abuso de poder são a ponta do iceberg mas está por vir uma avalanche

Pra quem acha que a ação do Ministério Publico Estadual é o desfecho final das provas obtidas de compras de voto e abuso de poder, se engana e muito, pois segundo comenta -se nos bastidores, essa ação é apenas a ponta do iceberg de uma avalanche final que está por vir para invadir a vida da oligarquia Soares e da vice Fabiele Bezerra.

Dizem que uma ação está prestes a explodir, pois se tem provas de antes da eleição, durante e pós eleição, em que dono de empresa que tem contrato com a Prefeitura Municipal, cobrou voto aos funcionários para a atual gestão, e supostamente, intimidou e cometeu Assédio com os funcionários antes da eleição e quem não votou, depois do dia 15 foi demitido.

Em um áudio que o Blog do VT teve acesso, o funcionário critica o fato da gestão se intitular gente cuidando de gente, mas que quer Impor um candidato político para os empregados, e isso se constitui num assédio moral grave, e nessa lambança da atual gestão, suprimir do empregado de um fornecedor, o direito a escolher seu candidato à eleição, e tentar impedir que se manifeste a favor do candidato adversário, além de ameaçar demitir, pode até gerar grandes ações indenizatórias.

As possíveis provas que desvendam um verdadeiro cartel político, com riqueza de dados, envolve uma empresa que realizou serviços de tapa buracos durante a eleição, e agora a população quer saber qual o valor gasto nessa recuperação e o mais importante, qual foi o quantitativo recuperado, e esses dados devem interessar muito ao Ministério Público.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: