fbpx

Beto Rosado rebate Estadão, relata luta por mirante para Monte das Gameleiras e cita perseguição política

O deputado federal Beto Rosado (PP) rebateu a suposta denúncia publicada nesta segunda-feira (20) pelo jornal Estado de S. Paulo, o Estadão. O parlamentar relatou todo o esforço que precisou dedicar para obter recursos destinados a construção de um mirante em Monte das Gameleiras, diz que sempre atuou da mesma forma para defender interesses de todas as cidades do Estado e cita uma possível perseguição política ao ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, como um dos motivos para a tentativa do jornal paulista de polemizar algo rotineiro no relacionamento entre Congresso Nacional e Palácio do Planalto.

“O município de Monte das Gameleiras, que foi onde tive a maior quantidade de votos para deputado em termos proporcionais do RN, tem esse perfil turístico. O prefeito é inclusive Progressista, parceiro político nosso, não só pelo partido como administrativamente também, e estamos sempre alocando recursos para a cidade. E ele já vinha me solicitando apoio para esse complexo turístico na cidade, que é local adequado para receber turistas, com hoteis de alta qualidade”, disse Beto fazendo referência ao prefeito Jailton Félix. O gestor, inclusive, fez questão de agradecer via redes sociais ao deputado pela emenda de R$ 1,5 milhão, destinada a Monte das Gameleiras para a construção do mirante.

Beto relata que é comum para deputados e senadores a peregrinação em Ministérios na busca por recursos para seus Estados, ainda mais quando o ministro da pasta é algum conterrâneo, como no caso de Rogério Marinho no MDR e de Fábio Faria, no Ministério das Comunicações. Outro personagem que Beto costuma acionar quando necessário é o próprio presidente da Câmara, deputado Artur Lira (Progressistas), com quem mantém bom relacionamento.

O deputado potiguar revela que desde o primeiro mandato do prefeito Jailton Félix já havia essa solicitação por recursos para a obra e que, agora com o projeto definido, buscou ajuda com diversos ministros para viabilizar a emenda junto ao Ministério do Turismo. “Foi um acerto direto com o ministro do Turismo”, acrescenta.

Sobre o motivo de tanta tentativa de polemizar o assunto, o deputado acredita que seja com o objetivo de prejudicar agentes políticos. “Nosso trabalho sempre é para ajudar a todos os municípios do RN que nos procuram com projetos viáveis. E a injustiça que está sendo feita é essa, temos uma cidade que precisa do recurso, que faz um pedido legítimo e se tenta prejudicar com o objetivo de atingir alguma figura política com outros interesses”, finalizou.

Fonte: Portal Grande Ponto

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: