BNDES exclui Caern do Programa de Privatização a pedido de Robinson

Resultado de imagem para Caern é excluída do PPI do BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social excluiu, à pedido do governador Robinson Faria, a Companhia de Águas e Esgotos do RN (Caern) do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). Na prática, a decisão do BNDES cancela a contratação do consórcio Acqua – grupo que venceu a licitação realizada em abril passado e que seria contratado por R$ 6,3 milhões para elaborar um estudo sobre viabilidade de PPI e dos possíveis modelos de Parceria Público Privada (PPP).

A solicitação do governo estadual foi encaminhada dia 25 de maio à presidência da instituição, através do ofício nº 156/2017 –GE, e a resposta do BNDES foi chancelada pelo gerente da Gerência de Licitações, Pedro Ivo Peixoto da Silva, no último dia 26 de junho, segundo informações da Tribuna do Norte.

O documento expedido “revoga a contratação de serviços técnicos especializados para a estruturação de projetos de participação privada, visando a universalização dos serviços de fornecimento de água e esgotamento sanitário”, e estabelece um prazo de cinco dias úteis para que a decisão seja contestada, período vencido na última segunda-feira dia 3. Não há informações sobre alguma objeção por parte do consórcio Acqua a respeito do cancelamento do Pregão Eletrônico nº 33/2017 de 6 de abril

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: