Carlos Eduardo Alves ouviu depoimentos sobre a insegurança em Ipueira

Em visita a Ipueira, no Seridó, o candidato a governador Carlos Eduardo Alves (PDT) ouviu depoimentos dramáticos sobre a insegurança. A delegacia de polícia foi assaltada, a população vive em pânico e própria vice-prefeita, Maria de Fátima (Fatota), foi uma das vítimas de recente assalto aos Correios.

“Nossa cidade é fronteiriça. Os bandidos nos assombram, até a delegacia de polícia foi violada. Eu senti na pele quanto estava nos Correios e fiquei entregue a bandidos violentos e bem armados. Assaltaram carros-fortes na Paraíba, entraram em Ipueira onde só tinha um soldado, coitado, que não ia arriscar a própria vida”.

O prefeito Galego Paiva (MDB) aumentou o tom: “Nosso comércio está fechando as portas por medo. Isso aumenta o desemprego. Queremos você, Carlos Eduardo, para restabelecer a ordem como governador”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: