fbpx

Cassações pelo RN ganham mais força a cada dia e tensão aterroriza Gustavo e Fabielle em Assú

Desde que acabaram as eleições em 2020, as denúncias chegaram como que avalanche para o Tribunal Regional Eleitoral do RN, e desde daí, foi – se necessário um tempo de averiguação, investigação e análise, e parece que nos últimos meses tudo está andando a todo vapor.

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte, por maioria de votos, e em consonância com o parecer da Procuradoria Regional Eleitoral, desproveu o recurso e determinou o afastamento imediato da prefeito e do vice da cidade de Pedro Velho, Dejerlane Macedo (Dejinha, do PSDB) e de Inácio Rafael da Costa (PSDB), e a realização de novas eleições naquele município.

Com isso, a terra dos poetas está fervendo, porque se por menos a cidade de Pedro velho terá a oportunidade de ter novas eleições, devido a situações de abuso de poder, imagine Assú, com o tanto de provas, testemunhas, e até pareceres favoráveis à cassação da dupla Gustavo e Fabielle.

O prefeito Gustavo, a vice Fabielle e o deputado George estão sem dormir desde que houve a audiência em Fevereiro, e de lá pra cá eles acompanham o desenrolar dos fatos, e estão cientes que a cassação é tida como certa, por isso, aceleraram o processo de apresentação de Lula Soares aos cargos comissionados e o introduziram na administração, pois se for decidido novas eleições, ele será o cabeça da chapa.

Portanto, a vida dos Soares e da vice Fabielle será uma novela jamais vista, porque o deputado George Soares tentará reeleição em meio aos escândalos de Gustavo e Fabielle que se tornarão inelegíveis, graças aos aliados de primeiro escalão e alta confiança, Rennan, Romildo Queiroz, Rosalvo e Bia Dantas, fora outros que ainda estão enrolados nos processos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: