fbpx

Com 1,3 mil casos, Petrobras tem surto de Covid em plataformas

Petrobras vai desativar 10 plataformas até 2020 | Economia | G1

Petrobras confirmou que 1,3 mil funcionários testaram positivo para Covid-19, doença causada pelo coronavírus, Todos os novos casos, segundo a estatal, são assintomáticos ou com sintomas leves.

A Federação Única dos Petroleiros (FUP) denuncia que os funcionários têm enfrentado dificuldades de se testarem e que os protocolos sanitários não são cumpridos pela empresa.

A Petrobras minimiza a situação. “No momento, observa-se o aumento dos casos de Covid-19 em todo o Brasil e esse aumento de incidência no país tem reflexo também na indústria de petróleo e gás”, justifica a petrolífera, em nota.

Segundo a estatal, mesmo com o avanço dos adoecimentos, “não há impacto significativo nas operações em razão de afastamentos de colaboradores contaminados”.

As maiores incidências da doença ocorrem nas unidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Pernambuco, Amazonas e Espírito Santo, de acordo com informações da FUP.

O Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, filiado à FUP, cobra transparência da Petrobras. “Isso vem confirmando o que o sindicato tem denunciado desde o início da pandemia, que é o descaso da companhia com os trabalhadores”, reclama o coordenador-geral da entidade, Tezeu Bezerra.

A Petrobras garante que as atividades operacionais são desempenhadas “de forma segura de acordo com os mais rigorosos padrões de segurança e protocolos de saúde”.

A empresa diz que realiza testagem, promove o distanciamento físico e que o uso de máscaras é obrigatório, por exemplo.

“A companhia monitora continuamente, tanto os indicadores internos como externos, e ajusta suas medidas quando necessário”, finaliza, em nota.

Com informação, Metrópoles

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: