fbpx

Coreias desfilam sob bandeira única em abertura de Olimpíada

Vista aérea da abertura dos jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang, na Coreia do Sul - 09/02/2018

As delegações das Coreia do Norte e Sul desfilaram juntas, sob uma bandeira unificada, na abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno nesta sexta-feira.

Os atletas entraram no Estádio Olímpico de Pyeongchang usando um mesmo uniforme branco e acenando a bandeira azul e branca que representa a unificação das duas nações. A delegação foi recebida pelo público com grande entusiasmo e muitas palmas.

Dois atletas fizeram o papel de porta-bandeira para a delegação, um de cada país. O atleta de bobsled sul-coreano Won Yun-jong e a jogadora de hockey no gelo Hwang Chung-gum entraram lado a lado carregando a bandeira.

Abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno em Pyeongchang

A irmã do ditador norte-coreano Kim Jong-un, Kim Yo-jong, está no estádio para a cerimônia, assim como o presidente sul-coreano, Moon Jae-in. Os dois se encontraram no início do evento e trocaram um aperto de mãos, em um momento histórico para as nações que estão em guerra há mais de 65 anos. As informações são da revista VEJA.

Moon tem um encontro marcado com membros da delegação olímpica da Coreia do Norte no sábado, incluindo Kim Yo-jong. Além da irmã do ditador, outros importantes membros do governo norte-coreano acompanham os atletas, entre eles Kim Yong-nam, o presidente da Assembleia Suprema, Choe Hwi, presidente do Comitê Nacional de Planejamento Esportivo, e Ri Son-gwon, que lidera o organismo que administra as relações intercoreanas no Norte.

O vice-presidente americano, Mike Pence, e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, também estão no estádio e assistem à abertura sentados lado a lado.

Pence faltou a um jantar marcado nesta sexta com o presidente da Assembleia Suprema norte-coreana, Choe Hwi. O vice dos Estados Unidos também evitou qualquer tipo de contato visual com Yo-jong no início da cerimônia de abertura.

As duas Coreias fecharam em janeiro um histórico acordo para que o Norte participe dos Jogos e para que ambos países desfilassem lado a lado sob a bandeira unificada na cerimônia de abertura. Além de enviar atletas, a Coreia do Norte decidiu também deslocar centenas de músicos e animadoras para a Olimpíada, que termina em 25 de fevereiro.

Seul deposita sua esperança na visita de Kim para novas conversas de paz, não somente entre as duas Coreias, mas entre Pyongyang e os Estados Unidos.

Conheça a bandeira

Esta não foi a primeira vez em que a bandeira unificada foi usada. Ela foi criada em 1990, antes dos Jogos Asiáticos de Pequim, na China. Na ocasião, representantes das duas Coreias se reuniram para acordar a participação conjunta das duas delegações e criaram a bandeira.

Embora os esforços para que uma única equipe coreana participasse desses Jogos tenham fracassado, o primeiro grupo de animadoras conjunto agitou a torcida durante as competições, sempre carregando a bandeira unificada.

O símbolo da união coreana, contudo, só foi utilizado pela primeira vez por uma equipe no Campeonato Mundial de Tênis de Mesa em 1991, no Japão. Depois disso, os dois países já marcharam unidos sob a bandeira nas Olimpíadas de Verão e Inverno de Sidney, em 2000, Atenas, em 2003, e Turim, em 2006.

A bandeira tem o fundo branco e exibe uma silhueta azul da Península Coreana, que inclui a Ilha de Jeju ao sudoeste.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: