fbpx

CPI da Covid no Senado convida Kelps Lima para depor sobre investigação do Consórcio Nordeste

A CPI da Covid no Senado aprovou na tarde desta quinta-feira (7) um convite para que o deputado estadual Kelps Lima (Solidariedade), presidente da CPI da Covid no Rio Grande do Norte, preste esclarecimentos sobre a investigação na Assembleia Legislativa potiguar que mira contratações do Consórcio Nordeste.

O convite a Kelps é resultado da aprovação unânime de um requerimento proposto pelo senador Eduardo Girão (Podemos-CE), que esteve no RN nesta quarta-feira (6) para acompanhar o depoimento à CPI potiguar do secretário-executivo do Consórcio Nordeste, Carlos Gabas. A oitiva durou apenas 20 minutos porque Gabas se recusou a responder perguntas dos deputados.

Além de chamar Kelps Lima para depor, a CPI da Covid no Senado também aprovou um requerimento para que sejam compartilhados documentos sobre a investigação contra o Consórcio Nordeste. A CPI da Assembleia obteve acesso a informações sobre a compra frustrada de respiradores que gerou um prejuízo de R$ 48 milhões para os nove estados da região Nordeste.

Eduardo Girão elogia CPI do RN

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) parabenizou nesta quarta-feira (6) os trabalhos da CPI da Covid na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Logo após acompanhar o depoimento de Carlos Gabas, secretário-executivo do Consórcio Nordeste, à CPI local, o parlamentar elogiou a condução da investigação no RN e comparou a comissão potiguar com a do Senado.

“Aqui, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte fez o que a CPI aí (no Senado) não quis fazer: investigar o Consórcio Nordeste. Parabéns ao povo do Rio Grande do Norte, aos potiguares. Eu fui recebido pelo senador Styvenson Valentim. Fizemos contato com o presidente da CPI da Covid que, diferente do que a gente vê aí, na paz, sem abuso, sem agressividade, sem desrespeito”, afirmou Girão.

Durante o pronunciamento, o senador lamentou que Carlos Gabas tenha ficado calado durante todo o depoimento. Eduardo Girão voltou a defender, ainda, a abertura de uma nova CPI, desta vez mista – com deputados federais e senadores –, para apurar as ações do Consórcio Nordeste durante a pandemia.

“O povo brasileiro não tem ideia do que aconteceu aqui. Ele (Gabas) chegou, sentou na cadeira com habeas corpus. Começou a sessão, a expectativa enorme, a casa do povo, as pessoas aqui, gente do povo, a imprensa, eu e o senador Styvenson representando o Senado Federal… E simplesmente o senhor Carlos Gabas ficou calado, não respondeu nada, nem onde trabalha, nem perguntas que não o incriminariam em absolutamente nada”, enfatizou Girão.

Portal 98FM Natal

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: