fbpx

DEMAGOGA: Igualdade pra Fabielle é ver seu marido ganhando mais R$ 80 mil sem trabalhar enquanto desemprego dispara e famílias assuenses passam necessidades

A política realmente é algo que para algumas pessoas, evolui pra pior, como é o caso da vice Fabielle Bezerra, que vive com discursos prontos e palavras bonitas de garantias de direito, justiça e igualdade nas redes sociais, e param por aí, no discurso vazio e teórico enquanto na prática, a história é uma bem rica pra sua família e outra bem triste pro povo do Assú.

O esposo da vice, Hamaildson, recebe mais de R$ 8 mil do gabinete do deputado George Soares, e de dezembro até agora já recebeu mais de R$ 80 mil sem dar uma barra num prego de sabão, enquanto centenas de jovens e pais de famílias sofrem com o desemprego e até passam necessidades, por falta de oportunidades, pela falta de respeito de uma gestão que não apresenta resultados concretos de eficiência no poder público.

A verdade é que a gestão não pede e nem reivindica nada pro povo, porque as solicitações são pros bolsos deles mesmos, enquanto isso a gestão alega que não pode pagar insalubridade a alguns profissionais, não tem recursos para aumentar o auxílio pras famílias, e não consegue garantir o serviço básico de saúde aos assuenses que vive ainda um caos. OU seja, não sabe fazer a gestão pública funcionar para todos, mas sabe indicar o marido pra receber dinheiro.

Se a vice não tivesse tantos discursos vazios, teria pego essa indicação de cargo no gabinete e teria pedido ao deputado George para reverter o valor em doação mensal para uma instituição, ou utilizar o recurso como a vereadora Lucianny faz, que tem um trabalho sério e sem demagogia, já que todo mês usa um valor para um projeto chamado Reabilitando vidas, que tem ajudados muitas famílias.

A população precisa ficar atenta, pois as redes sociais vivem uma era de demagogia e mentiras, em que os maus políticos só fazem expor mentiras e discursos vazios, quero ver é usar o dinheiro que recebe em prol do povo.

A vice Fabielle é a típica demagoga que prega amor, igualdade e garantia de direitos, enquanto passa por cima dos direitos dos outros, vive em praias luxuosas da capital e do Ceará, escondendo fotos de momentos regados a bebidas e comidas refinadas, já que quando postou foto de viagens em plena pandemia, ouviu muitas críticas, adotou o estilo do prefeito em esconder viagens e passeios.

A pergunta que não quer calar, como exigir determinadas ações do deputado George se tem o marido pendurado no gabinete? Como aplicar a igualdade de direitos quando a vice indica seu marido pra receber uma dinheirama sem trabalhar, enquanto a cidade tem os piores índices de desemprego? A oportunidade de emprego é restrita para os sobrenomes? É preciso haver coerência na teoria e na prática!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: