Diretora do hospital do Assu persegue quem não votou em George mas protege adversária da governadora

A parteira Maria Lucia, (ao lado do Dr Núbio), é protegida da diretora Linduina e adversária da governadora Fátima Bezerra, do PT, a quem faz duras e severas criticas

O hospital regional Dr Nelson Inácio em Assú, virou um birô eleitoral e de perseguição política comandada pela sargento, a enfermeira Luidina Melo, para garantir viabilidade política da suposta candidatura do seu amigo especial, secretário Nuilson Pinto, o Pavão, ou de apoio a reeleição do prefeito Gustavo Soares para amedrontar e perseguir quem não votou no deputado do PR e atual líder do governo George Soares.

No entanto, estranhamente a diretora Liduina Melo protege a parteira Maria Lúcia, conhecida adversária da governadora Fátima Bezerra, do PT, a quem combate e a compara como pior do que o ex-governador Robinson Faria.

Muita gente não está entendendo de jeito nenhum, porque Liduina persegue servidores que não votaram em George Soares e não mexe uma palha com a critica feroz do governo do PT, que inclusive é uma das protegidas da atual direção da unidade de saúde do Estado.

O fato de Maria Lúcia critica duramente a governadora Fátima Bezerra nas redes sociais de whatassap em grupos que ela participa, vem chamando muita a atenção sobre a proteção que a diretora geral do hospital do Assu Liduina Melo a protege e não a persegue de jeito nenhum.

Segundo uma fonte com livre trânsito no hospital, ja se comenta que Maria Lucia, antipetista é protegida também do deputado George Soares e do prefeito Gustavo Soares, só pode.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: