Doutora Vanessa vai processar médica Isabela Soares, por calúnia após agressão verbal

A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, criança

A médica Isabela da Fonseca Soares, tia do prefeito do Assu Gustavo Soares e do deputado estadual George Soares, começou do dia para a noite, a atacar ferozmente e agredir verbalmente, a médica Vanessa Lopes, esposa do ex-prefeito de Assú, Ivan Júnior, nas redes sociais, por pura picuinha politica e sem provas documentais das denúncias das supostas fraudes, apontadas nos posts abaixo:

Após a publicação, a médica Vanessa Lopes, esposa do ex-prefeito de Assú, Ivan Júnior, usou também as redes sociais para se defender das agressões da médica Isabela Soares, irmã do ex-prefeito Ronaldo Soares, o maior ficha suja da história politica do Vale do Açu – e anunciar que está acionando a Justiça para processá-la.

“Estou aqui me defendendo de acusações injustas, levianas e infundadas, as quais serão contestadas da forma que têm de ser. Acione seu advogado, pois a senhora logo precisará dele”, destaca Vanessa na nota

NOTA DE REPÚDIO

Senhora Isabela da Fonseca Soares, me pergunto o que poderia ter feito, para que pudesse justificar tamanho ódio nesse coração, contra mim, alguém que sequer conhece.

Às vezes chego a pensar em inveja, frustração pessoal, infelicidade, despeito ou simplesmente complexo de inferioridade, mas acho que nem isso é capaz de justificar essa perseguição a mim e à minha família.

A senhora já ultrapassou todos os limites da maldade, da falta de escrúpulos e da má fé, sem razão alguma para tal. Se todas essas acusações giram em torno da política suja que sua família faz, e a senhora quer, de alguma forma, me atingir, lamento muito e garanto-lhe: SOU MUITO MAIOR E MAIS FORTE que essas picuinhas baratas a que a senhora e os seus sempre se propõem a fazer.

Graças a Deus, fui agraciada com uma família linda, que me apoia e me dá suporte quando preciso. Tenho um marido que me ama muito, e é um companheirão, pais maravilhosos que me ensinaram desde cedo o respeito ao próximo, valor imprescindível à natureza humana, e um filho lindo e saudável, que é uma dádiva de Deus e só me dá alegrias. Tenho um trabalho digno, que foi conquistado com muito suor e sacrifício, fruto de muito estudo noites a fio. Dediquei-me e lutei para passar nos concursos em que fui aprovada, a propósito, para sua informação foram 5 (cinco), coincidentemente, ou não, TODOS aos quais me submeti. Eu a desafio a provar qualquer indício que comprometa a lisura de tais concursos. Lembre-se que sua acusação atinge além de mim, outros tantos colegas que não tiveram essa conquista de mão beijada. Lamento o fato de a senhora não ser uma funcionária efetiva na PMA, como eu, e como diria Zagallo: “Vocês vão ter que me engolir”, pois eu sou uma servidora de carreira, e enquanto os políticos entram e saem, eu continuarei lá. Tenho o privilégio de poder escolher onde desejo trabalhar. A senhora acredita que fui “PRESENTEADA” com a minha aprovação, não é mesmo?! Talvez tenha sido, sabe por quê? Porque, graças ao meu bom Deus, minha conquista só dependia de mim, e Dele, e disso NINGUÉM pode me tirar o mérito. Hoje, tenho saúde para exercer meu ofício com paixão e o tenho feito, sem buscar nada em troca, nem me ater à política local, pela qual sua família nutre uma verdadeira obsessão, pois ESCOLHI ser médica para servir aqueles que tanto precisam de mim. Acredite: não me meça pela sua régua vil, pois eu nunca serei (e Deus me livre de ser) igual a senhora. Este é um desabafo de alguém que cansou e não suporta mais, NEM POR UM SEGUNDO, ser saco de pancadas e instrumento para atingir outrem (Ivan). Essa não é a primeira vez que sou vítima de seu ódio, nem tão pouco a segunda…

Estou aqui me defendendo de acusações injustas, levianas e infundadas, as quais serão contestadas da forma que têm de ser. Acione seu advogado, pois a senhora logo precisará dele. EU VIVO DO MEU TRABALHO, não de política, e tenho um nome e reputação a zelar, portanto não tolerarei esse tipo de agressão. NUNCA MAIS! Essa é a PRIMEIRA E ÚLTIMA vez que irei me dirigir à senhora e, em respeito à sua idade, não entrarei no jogo de vocês. AQUI, o assunto está encerrado, para mim! Não sou de brigas nem de baixarias, prefiro ocupar meu tempo com o que me faz bem.

Ah, eu sei exatamente quem está por trás disso, e especialmente o porquê…

Só peço ao Senhor que tenha misericórdia da senhora e a perdoe, pois é disso que a senhora precisa para ter paz e sossego.

Fique com Deus

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: