Em meio a investigação, Jucá é internado em hospital de Roraima

Senador Romero Jucá: O senador Romero Jucá durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça do Senado para a leitura do seu parecer sobre o projeto de lei de Reforma Trabalhista – 21/06/2017

Líder do governo de Michel Temer (PMDB) no Senado, o senador Romero Jucá (PMDB-RR) foi internado neste domingo (1) com febre alta e suspeita de apendicite, segundo informou nesta segunda-feira, em nota, a assessoria do parlamentar. Entretanto, após passar por alguns exames,  o senador, que está no Hospital Unimed de Boa Vista, Roraima, foi diagnosticado com diverticulite. Ele está medicado e ainda será submetido a outros exames.

A diverticulite é uma inflamação que acomete os divertículos, pequenas saliências que se formam na parede interna do intestino, principalmente em pacientes com mais de 40 anos de idade,

A internação aconteceu poucos dias depois da Polícia Federal indiciar – no âmbito da Operação Anel de Giges – os dois filhos do senador, o ex-deputado Rodrigo de Holanda Menezes Jucá e Mariana de Holanda Menezes Jucá, por crimes de peculato, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa.

A operação investiga o suposto desvio de 32 milhões de reais por meio de superfaturamento na aquisição da fazenda Recreio, localizada em Boa Vista. Em nota, Jucá afirmou que a operação é uma agressão direta a sua família e disse não temer nenhuma investigação contra ele e qualquer outro membro dela.” Não tememos investigação. Nem eu, nem qualquer pessoa da minha família. Investigações contra mim já duram mais de catorze anos e não exibiram sequer uma franja de prova”, afirmou. As informações são da revista VEJA.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: