fbpx

Ex-presidente do Detro se entrega à PF, após novo mandado de prisão

O ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviários do Rio de Janeiro (Detro) Rogério Onofre se apresentou na manhã dete sábado à Polícia Federal, na Praça Mauá. Ele era considerado foragido da Justiça, após não ter sido encontrado nem na casa dele em Paraíba do Sul (RJ) e nem em Florianópolis, onde foi preso em julho. Segundo o advogado dele, Yuri Sahione, Onofre não estava em casa porque se sente ameaçado.

— Não houve irregularidades. Após o novo mandado de prisão, avisamos o juiz que Rogério Onofre se encontrava em local sabido e seguro — informou o advogado. Segundo o advogado de Onofre, não há razão para o novo mandado de prisão. Ele argumenta que os motivos não são novos e remontam a fatos anteriores à primeira prisão, o que contraria a jurisprudencia da segunda turma do STF, da qual Gilmar Mendes faz parte. O advogado informou também que vai recorrer da decisão.

Ontem, o juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal do Rio e responsável por julgar os casos da Lava-Jato no Rio, mandou prender novamente o ex-presidente do Detro, que havia sido solto na quinta-feira por decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são de O Globo.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: