fbpx

Fábio Dantas viaja pelo RN e propõe “Estado empreendedor”

Pré-candidato ao governo do Rio Grande do Norte, Fábio Dantas (SD) tem percorrido os municípios apresentando seu programa de governo, propostas e debatendo temas relevantes. Com entrada promissora nas pesquisas de intenções de voto, se tornou aposta de parte da oposição para derrotar a governadora Fátima Bezerra (PT) nas urnas.

Em seu projeto, intitulado ‘Fábio Dantas pelo RN’, ele visita as cidades do interior, onde, segundo ele, é bem recebido. “Em cada lugar que chego, tenho sido recebido sob aplausos e sorrisos, além de ser abraçado e acolhido pelos líderes políticos, aliados e apoiadores potiguares que desejam a sua eleição como o governador do Estado”, disse.

Para ele, é preciso restaurar o protagonismo do RN e da força do potiguar, para que o Estado possa tornar-se um lugar bom para se investir e gerar emprego e renda para sua população. “Não acredito que possamos construir um novo Rio Grande do Norte na forma que estamos, um Estado estagnado, onde o governante pensa mais em um partido político do que na população de forma geral”, disse.

E lamentou a situação atual do RN. “Entendo que um governo deve ser feito com o gestor se colocando no lugar das pessoas, sabendo ouvir e o nosso governo será de muito coração, mas também sabendo que é importante a formação. Precisamos mudar a face do Rio Grande do Norte e levar para nossa população oportunidades de geração de emprego e renda. Um governo empreendedor irá nascer a partir da nossa chegada, no dia 1º de janeiro de 2023”, ressaltou, em entrevista à rádio Nova 89 FM.

Em declaração ao AGORA RN, nesta segunda-feira 16, Fábio Dantas afirmou que a gestão atual abandonou as cidades, não se preocupa com os principais problemas que afligem as pessoas. “Não é esse o Rio Grande do Norte que eu quero para os meus filhos, não é esse o Estado que eu quero para os meus semelhantes”. E que, ao assumir o governo do Estado, pretende estabelecer um diálogo com a Assembleia Legislativa sobre todas as reformas necessárias para tornar a máquina pública saneada.

“Os aumentos inflacionários serão concedidos a todos servidores públicos, indistintamente do cargo que ocupa. Esse discurso de aumentar o salário de uma categoria e não aumentar o da outra não irá existir em nosso governo. Os aumentos inflacionários serão concedidos a todos os servidores públicos, indistintamente do cargo que ocupa”, ressaltou.

Segundo Fábio, todos os servidores públicos estaduais terão remuneração prevista em seu plano de governo. “Igual e acessível a todos. Por exemplo, o procurador do Estado, que recebe uma remuneração com aumento diferenciado, porque são de quatro em quatro anos, receberá o acumulado e vamos aplicar a inflação dos anos para poder dar aquilo que eles têm por direito previsto na Constituição, para quem faz parte da carreira jurídica, por exemplo”.

O pré-candidato defendeu também que, o discurso de aumentar muito o salário de uma categoria e não aumentar da outra não irá existir em seu governo. “Ainda em relação ao funcionalismo público, iremos, nos primeiros 60 dias, pagar a correção monetária, tendo em vista que a governadora está pagando os salários dos servidores com o mesmo valor de 2018. Vamos corrigir pela inflação e pagar essa diferença que ela não irá pagar”, se comprometeu.

Com informações do Terra Brasil Notícias

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: