Fies vai prever desconto de salário assim que devedor tiver emprego

Pelas novas regras, os estudantes terão que arcar com juros maiores e prazo menor para quitar a dívida - Arquivo Agência Brasil -- http://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2015-07/para-especialistas-mudancas-no-fies-tornam-o-programa-mais-sustentavel

O governo de Michel Temer (PMDB) deve lançar nesta semana as novas regras para o Fies, o financiamento estudantil de universitários. Uma das propostas para diminuir a inadimplência é que o estudante recém-formado, assim que arrumar um emprego, tenha descontado de seu salário a parcela que deve ao banco que financiou seus estudos por meio do programa.

A empresa, ao reter os impostos que o trabalhador tem que pagar ao governo, reteria também a parcela do Fies. O modelo seria o mesmo do crédito consignado. Profissionais liberais também estariam obrigados a saldar o financiamento com o pagamento de impostos.

O modelo foi inspirado no que existe hoje na Austrália. A medida garantiria às instituições financeiras o retorno do dinheiro, baixando a inadimplência e, portanto, o custo do empréstimo. As informações são de Monica Bergamo, Folha de São Paulo.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: