fbpx

Gustavo Soares e Fabielle Bezerra podem levar Prefeitura do Assú a falência com aumento de gastos e ferindo a LC 173/20

A lambança com o dinheiro público na cidade do Assú, promovida pelo prefeito Gustavo Soares e a vice Fabielle Bezerra, estão aumentando e chega a assustar, pois agora, eles querem criar 36 cargos que serão votados na próxima semana pela Câmara Municipal, com isso, aumentam os custos e endividam ainda mais o município.

Os cargos que antes bastavam para a administração municipal agora já não são suficientes, porque depois da eleição em que o prefeito foi reeleito, parece que os compromissos aumentaram, e pra tentar sanar a insatisfação dos aliados, a chapa “pé podre e bota velha”, vai obrigar sua base aliada a votar no projeto que vai aumentar os gastos da Prefeitura do Assú.

O problema disso tudo, é que esse projeto fere a Lei Complementar 173/2020, que proíbe municípios beneficiados com auxílio federal durante a pandemia promovam aumentos ou criem cargos na administração. É imoral que o prefeito e a vice do Assú promovam mais despesas quando o momento deveria ser de contenção.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: