LEGAL MAS IMORAL: Viviane Lima vai dar expediente em Natal e quem paga conta é o município do Assú

Como se já não bastasse a crise que existe na saúde pública do município do Assú, o prefeito ausente resolve manter o “cala boca” na ex secretária de Saúde Municipal, Viviane Lima, que já tinha sido nomeada pelo Estado, mesmo estando de férias, e a mando do Líder do Governo, George Soares, o Governo do Estado e o município, firmam um TERMO DE COOPERAÇÃO MÚTUA.

O termo cede a servidora do Assú para o Estado, que dará expediente na capital, mas quem vai pagar a conta é a população do Assú, já que sairá dos cofres do município.

A publicação é legal mas é bem imoral, pois já existe a deficiência no município de profissionais de saúde, e ainda assim, a Prefeitura prefere cumprir o desejo da ex secretária, com medo que ela coloque a boca no trombone, e gere mais dor de cabeça para o prefeito.

Agora, resta saber se o Ministério Público vai aceitar essa decisão do prefeito, de retirar um servidor de uma área já precária, e continuar a arcar com seu salário mesmo estando na capital.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: