Marun diz que Câmara quer ‘liquidar’ com eventual denúncia de Janot

Integrante da tropa de choque de Michel Temer no Congresso, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS) disse nesta segunda-feira que não há “a menor dúvida” de que a Câmara vai “barrar” eventual denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente, baseada na delação do empresário Joesley Batista. Conforme O GLOBO antecipou hoje, Marun disse que a ideia é resolver o assunto o mais breve possível.

O deputado ainda criticou a atuação de Janot, alegando que o procurador não será imparcial, como pede seu cargo, ao formular denúncia com base em gravação de Joesley cuja perícia ainda não foi concluída. Marun disse ainda que o PSDB, ao não tomar uma decisão, fica no governo, fica onde está.

Outros interlocutores de Temer dentro da Câmara e do Senado disseram que o Congresso não pode ficar paralisado, à espera de uma pauta do procurador e que o mais importante é manter a estabilidade do país.

Marun alegou que a base de Temer tem os 171 votos necessários para evitar que a Câmara autorize a abertura de um processo contra Temer. As informações são de O Globo.

— Não existe a menor dúvida de essa denúncia (se for apresentada) vai ser barrada, seja hoje, amanhã ou no mês que vem.E isso por um princípio basilar: a denúncia seria um fruto podre de uma árvore podre, já que seria baseada numa prova que ainda está sendo periciada. Vamos tentra liquidar essa questão com a maior brevidade possível. Não podemos manter a atuação do Legislativo em cima disso — disse Marun, criticando Janot:

— O procurador (ao apresentar a denúncia agora) não estaria adotando uma postura não compatível com a necessária imparcialidade da função.

O deputado disse que Temer disse que o PSDB decide não sair do governo.

— PSDB já está no governo. Então, o adiamento de uma decisão será o significado de que ele fica no governo. E agora esperamos o apoio maciço às reformas _ disse ele.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: