Moro pode superar ‘núcleo político’ alvo do mensalão

Sérgio Moro

O juiz Sérgio Moro, responsável pela primeira instância da Operação Lava Jato, poderá, ainda em 2017, superar o escândalo do mensalão em condenações de políticos. As sentenças de Moro na operação que tem como base o esquema de corrupção na Petrobrás já ultrapassam, em número de anos, as penas impostas em 2012 pelo Supremo Tribunal Federal (STF) ao chamado “núcleo político” do mensalão.

Somadas, as penas impostas pelo juiz titular da 13.ª Vara Federal em Curitiba, até agora, chegam a 186,2 anos de prisão – mais que o dobro do mensalão (71,9 anos).

Em três anos de processos da Lava Jato, Sérgio Moro já condenou 10 políticos e tem outros nomes na fila – entre eles, o do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o do ex-ministro Antonio Palocci. As defesas de Lula e Palocci, réus na Operação Lava Jato, já apresentaram alegações finais no processo. Este é o último passo antes da decisão do juiz. As informações são de O Estado de São Paulo.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: