fbpx

MPF denuncia dois ex-deputados federais por contratação de funcionário fantasma

O Ministério Público Federal/DF denunciou nesta quinta-feira os ex-deputados federais Edir Pedro de Oliveira e Milton Cardias, ambos do PTB-RS, e uma ex-servidora fantasama da Câmara pelos crimes contra a administração pública, cuja pena varia de dois a 12 anos de reclusão, mais multa.

O MPF/DF sustenta que, entre 2004 e 2007, Oliveira e Cardias contrataram e mantiveram na lista de assessores de gabinete, a fisioterapeuta Danielle Fraga que é filha de um outro parlamentar gaúcho, sem que ela prestasse qualquer serviço ou mesmo comparecesse à Casa Legislativa. Pela prática, os envolvidos já respondem por improbidade administrativa. As investigações revelaram que os pagamentos indevidos feito a Danielle chegaram a R$ 150 mil, segundo informações de O Globo.

No caso de Danielle e de Oliveira, o pedido é para eles respondam 32 vezes pela pratica criminosa, enquanto Cardias, por 21 atos de peculato. “Danielle jamais trabalhou como secretária parlamentar desses então deputados, interna ou externamente às dependências da Câmara dos Deputados. Não exerceu qualquer atividade parlamentar que justificasse o recebimento de salários da Câmara dos Deputados” afirma um dos trechos do documento.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: