Museu Câmara Cascudo da UFRN oferta exposições no período das férias

O Museu Câmara Cascudo (MCC) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) está com uma programação repleta de exposições durante o período das férias escolares, com atrações em áreas como história do RN ou ciências naturais. Gratuitas e abertas ao público de diversas idades, as visitas podem ser realizadas na unidade, que está localizada no bairro do Tirol, na cidade do Natal.

As novas exposições em cartaz são “Akangatu. Patrimônio indígena no Museu da Ciência de Coimbra e no Museu Câmara Cascudo”, que possui um acervo biológico e cultural no Museu das Ciências da Universidade de Coimbra, além de fotografias e vídeos oriundos de pesquisas da Amazônia e do Brasil Central do período contemporâneo; e a “Vida dos dinossauros”, que é uma instalação de realidade virtual, parceria com o Instituto Metrópole Digital (IMD-UFRN), que recria o tempo dos dinossauros.

Ainda como novidade no museu, há a “Hora imortal: UFRN contemporânea”, com o discurso de Câmara Cascudo proferido na instalação da UFRN, em 1958, e um pouco do legado da instituição nesse processo, reunindo mais de 100 fotografias; e a “Ferramenta para ferir a pedra”, que é resultado de uma vivência de dez dias nas pedreiras do município de Passa e Fica, na região Agreste do Rio Grande do Norte.

Das atrações mais antigas, continuam sendo exposta “Aves e evolução”, que traz uma perspectiva histórica e convida o visitante a viajar ao longo nas Ciências Naturais, da Idade Antiga até chegarmos às concepções atuais; “Engenhos: tradição do açúcar”, que aborda a presença desses locais no território potiguar, com o seu impacto no ambiente e na sociedade; e a “Anatomia comparada”, onde é possível ver as semelhanças e diferenças entre os vertebrados, além de uma coleção de esqueletos completos e crânios de diversos mamíferos.

Ou ainda a vista à “Caverna/Paleontologia”, que é uma réplica da caverna Olho D’Água da Escada, localizada no município de Baraúnas. E, por fim, a “Icnologia: a vida passou por aqui”, que aborda o campo da ciência que estuda diversos vestígios, como pegadas, ninhos, tocas, entre outros.

MCC
A história do Museu Câmara Cascudo/UFRN (MCC/UFRN) teve início no dia 22 de novembro do ano de 1960, sendo hoje o maior espaço museológico do Rio Grande do Norte e importante centro de educação, lazer e pesquisa. O MCC-UFRN funciona de terça-feira a sexta-feira, das 8h30 às 12h e das 13h às 17h, além dos sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h. As visitas em grupo, a partir de dez pessoas, devem ser agendadas pelo e-mail educativo.mcc.ufrn@gmail.com.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: