fbpx

Orla de Natal permanece aberta para réveillon, mas prefeitura determina fechamento de quiosques às 18h

Orla de Natal vai permanecer aberta durante réveillon, segundo prefeitura — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Apesar de proibir a realização de eventos com mais de 50 pessoas e cancelar a tradicional queima de fogos patrocinada pelo poder público na virada de ano para 2021, a Prefeitura de Natal decidiu que vai manter a orla de Natal aberta no réveillon. Por outro lado, os quiosques só poderão funcionar até às 18h, nesta quinta-feira (31), para evitar aglomerações.

Instalação de mesas e cadeiras também estará proibida, de acordo com a secretaria de meio ambiente e urbanismo. Caso a situação fique “fora de controle”, agentes de trânsito deverão fechar os acessos às praias, segundo informou o secretário adjunto de Mobilidade, Walter Pedro.

As informações foram divulgadas após uma reunião entre órgãos municipais e estaduais que discutiu a fiscalização que será realizada quanto às medidas de prevenção à covid-19.

A prefeitura e o governo do estado prometem fortalecer a fiscalização para conter aglomerações em locais públicos e privados. Pelo menos 22 viaturas das polícias, guarda municipal e fiscalização do município vão percorrer corredores de bares, restaurantes e casas de shows.

Policiais militares no calçadão de Ponta Negra, em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Policiais militares no calçadão de Ponta Negra, em Natal — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Os estabelecimentos já começam a ser vistoriados nesta quarta-feira (30). Os fiscais vão observar o cumprimento do decreto municipal publicado no dia 24 de dezembro, que proíbe eventos com mais de 50 pessoas e determina limite de 8 pessoas por mesa, desde que do mesmo núcleo familiar, além de distanciamento social.

De acordo com o supervisor geral de Fiscalização Ambiental do município, Leonardo Almeida, os estabelecimentos que descumprirem as regras poderão receber multas de até R$ 40.260 e serem denunciados por desobediência, crime ambiental e contra a saúde pública.

As secretarias municipal e estadual de segurança já receberam denúncias de destas de réveillon e eventos com venda de ingressos. Nesta terça-feira (29), uma reunião entre as as secretarias definiu que várias forças policiais vão atuar juntas para coibir os excessos nesses locais e eventos.

“Constatada irregularidade, as pessoas vão ser orientadas a encerrar a festa. Caso insistam, as pessoas serão detidas e conduzidas à delegacia”, disse o secretário de Segurança do RN, Francisco Araújo.

G1RN

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: