Lucílio e Jarbas da Princesa FM apoiam acordo espúrio e imoral do PR com o PT do Assú

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas
Para Lucílio Filho e Jarbas Rocha, os dois principais comunicadores nada está errado na cidade e o Assu virou um paraíso nas mãos do prefeito Gustavo Soares e do seu irmão deputado George Soares

O governo do RN, no comando da governadora Fátima Bezerra, inaugurou a fase mais hedionda prática política que é o toma lá dá cá, sem ética e sem escrúpulo moral nenhum.

A cidade do Assú, a aproximadamente 200 quilômetros de Natal, é um exemplo dessa bandalheira que tomou conta da política do Estado após o acordo espúrio e imoral do PT da governadora e do senador Jean Paul Prates, com o PR do presidente estadual e deputado federal João Maia e o PROS da sua irmã e senadora Zenaide Maia, esposa do atual secretário de Desenvolvimento Econômico do RN, Jaime Calado, cunhado do chefe do PR.

A aliança política entre duas legendas no município do Assu, provoca vergonha até nos defuntos enterrados nos cemitérios da cidade, com o descaramento político dos principais líderes do PT assuense com a sindicalista imaculada do SINTE/RN E assessora especial da governadora Inês Almeida e do menino de recado de João e Zenaide Maia, o deputado George Soares.

No rol desse jogo sujo está também o presidente do partido Volclene Bezerra, ex-petroleiro Luiz Carlos, Sá Cachina, Paulo Morais e seu irmão, o petroleiro Jailton Morais. O presidente da CDL João Nogueira ameaçou deixar a legenda do PT mas recuou e desistiu de sair do partido que se prostituiu. Nesse caldeirão, hoje não se sabe quem é quem, o que defende de bom e puro para a política do Assu, se é que isso existe realmente.

A turma ai, não tem vergonha nenhuma e o imparcial diretor da Princesa FM Lúcílio Filho, está por trás disso tudo. Ele não condena o PT se vender por um cargo de secretário municipal de Agricultura. Para Lucilio, é normal, o deputado George Soares, conseguir com o PT um emprego para o sogro.

O radialista chefe da Princesa FM age como guru político apoiando tudo isso, mas essa conduta não o envergonha de jeito nenhum e o radialista Jarbas Rocha caminha na mesma direção achando tudo isso muito normal e gritando nos microfones que é imparcial, mesmo recebendo uma mesada no gabinete do deputado do PR.

Pois diga!!!

Governo do PSDB/SP usa carne de frigorífico interditado na merenda escolar

Cozinha de escola estadual em SP; fornecedores foram suspensos por fraude

A gestão do governador João Doria (PSDB) firmou contrato de fornecimento de carne para a merenda escolar com três frigoríficos que tiveram atividades suspensas pelo Ministério da Agricultura. O produto de ao menos uma das empresas continuou a ser entregue a colégios estaduais mesmo após a aplicação da penalidade.

O ministério informou à Folha que determinou a suspensão das atividades dos frigoríficos após constatar fraude econômica.

Embora não tenha detalhado a natureza das autuações, fraude econômica consiste em comercializar um produto diferente do que o que foi combinado –por exemplo, vender carne de segunda como se fosse de primeira, ou misturar rejeitos à carne.

Os três frigoríficos com atividades suspensas respondem pelo fornecimento da maior parte das carnes servidas aos alunos do estado desde o ano passado.

São eles: NS Alimentos, que fornece carne de porco e coxão mole; Centroeste, que tem contratos para carne moída; e Fridel, com contrato para patinho e coxão mole, e que foi reaberto nesta quarta (20). Angela Pinho – Folha de São Paulo

Leia maisGoverno do PSDB/SP usa carne de frigorífico interditado na merenda escolar

Assu perde para ABC e o Camaleão pode ser rebaixado

Jogadores do ABC comemoram gol de Ivan

O ABC fez o suficiente para vencer o Assu por 2 a 1 na noite desta quarta-feira, no Frasqueirão. Com o resultado, o Alvinegro chegou aos 10 pontos e segue na quarta posição do returno do Campeonato Potiguar.

Os gols da vitória foram marcados por Ivan e Maurício. Jânio Daniel descontou para o Camaleão do Vale, que tem cinco pontos, na sexta colocação.

O Camaleão é o último colocado na classificação geral, com 10 pontos, e precisa da vitória sobre o América-RN na última rodada. Mesmo assim, ainda dependerá dos resultados de Santa Cruz de Natal e Força e Luz.

TRE condena Robinson Faria por entrega de duas ambulâncias em Santo Antônio

TRE apontou que Robinson Faria teve candidatura beneficiada por cerimônia de entrega das ambulâncias — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

O ex-governador do estado Robinson Faria (PSD) e o seu candidato a vice, Sebastião Couto (PR), foram condenados pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) por conduta vedada nas eleições do ano passado. O TRE atendeu uma denúncia do Ministério Público Eleitoral. A condenação aponta que Robinson teve a sua candidatura beneficiada de forma irregular por uma cerimônia de entrega de duas ambulâncias ao município de Santo Antônio durante o período eleitoral.

Foram condenados também na decisão o prefeito de Santo Antônio, Josimar Custódio, o ex-secretário estadual de Saúde, Pedro de Oliveira Cavalcanti Filho, e a Coligação Trabalho e Superação (formada pelo PRB, PTB, PR, PPS, PMB, PTC, PSB, PRP, PSDB, PSD, Avante e Pros).

Todos foram sentenciados a pagar multas individuais no valor de 10 mil Unidades Fiscais de Referência (Ufir).

O advogado de defesa do ex-governador, Felipe Cortez, informou que enviou recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) recorrendo da decisão e que está confiante.

A representação do MP Eleitoral comprovou que o secretário usou camisa da cor da campanha do então governador, bem como o prefeito de Santo Antônio, constando nos autos foto dele fazendo o número 55, exatamente o de Robinson Faria nas urnas. Nas redes sociais, a solenidade de entrega das ambulâncias foi divulgada com a hashtag #todoscomrobinson55.

Em seu acórdão, o TRE/RN destacou que, em relação à “entrega das mencionadas ambulâncias, indubitavelmente, ficou fartamente comprovado o uso promocional vedado”. Essa mesma irregularidade também é parte de uma ação de investigação judicial eleitoral (Aije) – ainda não julgada – de autoria do MP Eleitoral e que requer a condenação dos envolvidos por abuso de poder político e econômico. Essa Aije pode resultar na inelegibilidade dos réus pelo prazo de oito anos.

Assessoria de Comunicação Social do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte

Presidente da Câmara disse que projeto anticrime de Moro é ‘copia e cola’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), recebe o ministros Sergio Moro (Justiça), que apresentou pacote anticrime pelo governo federal e pelo ministério de Moro

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), desqualificou o projeto anticrime apresentado pelo ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública), dizendo que o texto é um “copia e cola” de proposta sobre o mesmo tema que foi apresentada no passado pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF.

Ao chegar à Câmara, Maia mostrou irritação com o ministro ao chamá-lo de “funcionário do presidente Jair Bolsonaro” e dizer que ele “está confundindo as bolas”.

“O funcionário do presidente Bolsonaro? Ele conversa com o presidente Bolsonaro e se o presidente Bolsonaro quiser ele conversa comigo. Eu fiz aquilo que eu acho correto [sobre a proposta de Moro]. O projeto é importante, aliás, ele está copiando o projeto direto do ministro Alexandre de Moraes. É um copia e cola. Não tem nenhuma novidade, poucas novidades no projeto dele”, disse em resposta a um questionamento sobre se Moro estava se intrometendo na Câmara.

Incomodou Maia o fato de Moro ter dito na manhã desta quarta que seu projeto poderia tramitar ao mesmo tempo que a Previdência na Câmara. Talita Fernandes e Angela Boldrini – Folha de São Paulo

Leia maisPresidente da Câmara disse que projeto anticrime de Moro é ‘copia e cola’

Polícia Rodoviária prende assaltantes e recupera dois carros roubados na BR 304

Um dos veículos havia sido tomado de assalto minutos antes em um posto de combustível

A Polícia Rodoviária Federal recuperou no final da tarde desta terça-feira (19), no km 290 da BR 304, em Macaíba/RN, dois veículos que estavam em poder de assaltantes que acabara de assaltar um estabelecimento comercial.

Uma equipe realizava patrulhamento na rodovia quando recebeu a informação de que ocorrera um assalto a um posto de combustíveis no trecho conhecido como Reta Tabajara.

De imediato os policiais se dirigiram para o local e de repente cruzaram com os bandidos, mas estes ao visualizarem a equipe PRF, jogaram os veículos em um barranco, fora da rodovia e fugiram pelo matagal. Durante o acompanhamento tático, houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. Uma equipe da Polícia Militar compareceu ao local em apoio à PRF.

Foram recuperados um RENEGADE que fora roubado durante o assalto ao posto de combustíveis e um FIESTA, que era usado pelos assaltantes e já estava com queixa de roubo. Os proprietários foram informados da recuperação e compareceram à Unidade Operacional da PRF de Macaíba, onde os seus veículos foram entregues.

Após diligências na região, os PRFs conseguiram prender dois dos assaltantes que encontravam-se circulando pelas redondezas. Foi preso um homem de 32 anos e outro de 20 anos, ambos residentes no bairro das Quintas, em Natal. A ocorrência foi encaminhada para a Central de flagrantes da zona Sul, em Natal. Agencia de notícias da PRF

Prefeitura do Assu contrata por quase R$ 400 mil empresa de irmão do vereador Paulinho

Prefeito Gustavo Soares abraçado ao vereador Paulinho de Marlene que tem um irmão recebendo generosos mimos do governo do municipal para empresa dele

O prefeito do Assú Gustavo Soares, irmão do deputado e líder do governo do RN na Assembléia, George Soares, vem desafiando abertamente os promotores de Justiça do  Ministério Público da comarca do Assu.

O prefeito anda empurrando com a barriga uma licitação para a contratação de uma empresa do lixo ao invés de beneficiar diretamente uma empresa do cunhado do presidente do PT Volclen Bezerra que ja embolsou mais de R$ 7 milhões a base de aditivos.

Agora, o Doutor contrata novamente uma empresa do irmão do vereador governista Paulinho de Marlene, numa ação ação incestuosa e nada republicana que o MP precisa investigar a lisura e a isenção desse contrato de quase R$ 400 mil da empresa de SERGINALDO BATISTA DA SILVA com a Prefeitura do Assu.

Desde o começo da administração que SERGINALDO BATISTA DA SILVA, irmão do vereador Paulinho de Marlene, vem ganhando licitação realizada pela Prefeitura do Assú para prestar serviços ao município e a suspeita que a S. B. DA SILVA COMÉRCIO E SERVIÇOS – ME já embolsou muitos milhões de reais no governo do Doutor.

O Ministério Público precisa investigar esse derrame de dinheiro que foram para na conta bancária do irmão do vereador Paulinho que por coincidência apoia o governo na Câmara de Vereadores do Assú e não tem tradição na execução desse tipo de serviço para a qual esta sendo contratado desde 2017.

O prefeito Gustavo Soares assinou há poucos dias um aditivo de contrato com a S. B. DA SILVA COMÉRCIO E SERVIÇOS – ME no valor de R$ 353.154,80 (trezentos e cinquenta e três mil cento e cinquenta e quatro reais e oitenta centavos), para a Execução de Serviços referente à Pavimentação com Paralelepípedos rejuntados com britas e emulsão asfáltica (RR2C) – BRIPAR, em diversas ruas do bairro Vertentes.

Prefeito do Assu Gustavo Soares e a secretária Viviane deixam faltar medicamentos na saúde

Prefeito Gustavo Soares abandona saúde e Ministério Público dá puxão de orelha no irmão do deputado George Soares

Regularizar o abastecimento de três medicamentos utilizados no tratamento da hipertensão pulmonar de pacientes da cidade de Assu e região, no prazo de 30 dias. Esse é o objetivo da recomendação expedida pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Assu. A medida foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (20).

Três medicamentos para tratamento de hipertensão pulmonar estão em falta na Unicat/Assu

O inquérito civil instaurado pelo MPRN constatou a falta dos medicamentos Ambrisentana, Bosentana e Citrato de Sildenafila na Unidade Central de Agentes Terapêuticos (Unicat), em Assu. Eles estão incluídos na Relação Nacional de Medicamentos (Rename), aprovada por uma portaria do Ministério da Saúde.

Dessa forma, os três medicamentos fazem parte da estratégia do Sistema Único de Saúde (SUS) para o integral tratamento dos pacientes que deles necessitam, de acordo com os respectivos protocolos e diretrizes terapêuticas para o combate da hipertensão pulmonar.

A direção da Unicat/Assu tem 10 dias para informar à Promotoria de Justiça sobre o acatamento da recomendação, além dos prazos e condições adicionais necessários para o cumprimento da medida. Confira aqui a recomendação.

Zeca Abreu não paga dívida e tem medo de Jacaré tomar 89 FM do Assu

Resultado de imagem para zeca abreu e ronaldo soares
Pai do deputado George Soares quer tomar rádio do ex-aliado Zeca Abreu

O ex-prefeito do Assu Ronaldo Soares, pai do atual prefeito Gustavo Soares e do deputado estadual George Soares, deverá acionar a Justiça para obrigar o ex-vice-prefeito Zeca Abreu, tio do ex-secretário Arnóbio Abreu, a pagar uma dívida que o ex-bacurau contraiu na agência do Banco do Nordeste (BNB) do município por causa de empréstimo que hoje já soma mais de R$ 20 mil que foi usado para comprar equipamentos da atual Radio Nova 89 FM, quando era o vice-prefeito, companheiro e aliado político do Jacaré que foi prefeito do Assu de 2000 até 2008.

De acordo com informações de bastidores, o Jacaré como seu fiador, após cair na lábia do ex-vice-prefeito, vai procurar forçar Zeca a pagar a dívida no BNB e se não conseguir, terá de tomar a emissora 89 FM após pagar a dívida junto ao banco e vai lutar na Justiça para deixar o ex-aliado com uma mão na frente e outra atrás, como retaliação por ele permitir que a sua emissora continue a criticar os seus filhos: o prefeito Gustavo Soares e o deputado George Soares.

Hoje, a Princesa FM está amordaçada e comprada pelo governo do prefeito Gustavo Soares que paga quase R$ 500 por dia ou R$ 19 mil por mês ao diretor e radialista Lucílio Filho pelo relevantes serviços de babão do governo, na divulgação de ações positivas da administração municipal que abandonou a cidade, mas quer continuar mentindo e escondendo da população os mal feitos do prefeito e seus secretários. Na outra ponta, o radialista Jarbas Rocha, completa o time de babão do governo e de subservientes a vontade absoluta da Prefeitura do Assu, por um emprego no gabinete do deputado George Soares.

Coroné Jacaré compra silêncio de dois cabritões famosos em Assú

A imagem pode conter: 5 pessoas, incluindo Fátima Nogueira, Dailson Machado, Adriano Paiva e Pedro Neto-Chocolate Pedro, pessoas sorrindo

O chefe da centenária oligarquia Ronaldo Soares começa a acreditar que poderá manter o comando da Prefeitura do Assu com o silêncio comprado de um cabritão famoso da cidade e empresário Adriano Paiva pelo seu filho e prefeito do Assu Gustavo Soares.

O deputado estadual George Soares, por outro lado, tem conseguido até agora manter o silêncio de outro cabritão de peso, o ex-candidato a prefeito derrotado Patrício Júnior, que não dão um pio após os dois forçarem o governo manter aluguel de casa e a continuação do pagamento por prestação de serviços que ja atinge quase UM MILHÃO DE REAIS desde o começo do mandato em 2017.

Por sua vez, os vereadores agem do mesmo modus operandi dos dois cabritões famosos em troca de migalhas distribuídas pelo governo do prefeito Gustavo Soares com cargos comissionados e outras vantagens como a contratação de empresa de irmãos dos edis por uma fortuna para o poder público pagar.

O covarde Ronaldo Soares que usa o pseudônimo de Eridu no blog do babão oficial de seus filhos, agora ficou de bico calado se fazendo de desinformado após comprar o silêncio dos que se diziam inimigos da oligarquia e agora, estão calados e obedientes, como cordeiros indo para o matadouro.

Procedimento de Toffoli para abrir inquérito sobre fake news divide Supremo

O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, durante visita ao TRE-MGOs ministros do Supremo Tribunal Federal estão divididos sobre o inquérito aberto na semana passada pelo presidente, Dias Toffoli, para investigar fake news, ameaças e ofensas à honra de membros da corte e de seus familiares.

A discordância é sobretudo quanto ao procedimento: Toffoli instaurou o inquérito de ofício (sem provocação de outro órgão), sem pedir providências ao Ministério Público, e designou o ministro Alexandre de Moraes para presidi-lo sem fazer sorteio e sem ouvir os colegas em plenário.

Existe uma percepção, no entanto, de que algo precisava ser feito para conter supostos ataques em série à instituição.

Há ministros que declararam apoio à investigação, outros que a criticaram por ter excluído a Procuradoria e, ainda, os que não querem sequer opinar, porque esperam se descolar do caso.

Questionado por jornalistas sobre as críticas que o Ministério Público tem feito ao inquérito, Moraes respondeu com uma expressão jocosa usada no meio jurídico.  Reynaldo Turollo Jr. – Folha de São Paulo

Leia maisProcedimento de Toffoli para abrir inquérito sobre fake news divide Supremo

Prefeito Gustavo Soares burla licitação para manter boquinha do lixo com cunhado do presidente do PT

A imagem pode conter: 4 pessoas, incluindo Júnior Souto e Volclene Bezerra Lula Da Silva, pessoas sentadas, pessoas em pé e mesa

O presidente do diretório do PT em Assú Volclene Bezerra está feliz da vida com a determinação do prefeito Gustavo Soares, de ter mandado suspender o processo licitatório para a prestação de serviços de limpeza urbana para manter o apadrinhamento do seu cunhado monopolizando o bolo do lixo.

Na brincadeira, o empresário cunhado do presidente do PT, já embolsou mais de R$ 7 milhões desde que o o prefeito e irmão do deputado George Soares assumiu o governo e presta serviços sem licitação por pura indicação política para agradar familiares do petista que gosta de uma boquinha doce da viúva que torra o dinheiro publico sem critério de moralidade nas barbas do Ministério do Público do Assu.

Na semana passada, a Comissão Permanente de Licitação, lançou um edital de licitação, na modalidade concorrência, para contratação de empresa de prestação de serviços de limpeza urbana no Diário Oficial do Estado – DOE e não no Diário Oficial do Município – DOM, mas por recomendação do titular da secretaria de Serviços Públicos,  de modificações a serem feitas na planilha de preços, suspendeu a licitação apenas como uma monabra para ludibriar o Ministério Público e ganhar tempo e prorrogado para possivelmente, 26 de abril, a apresentação de nova planilha será disponibilizada e abertura das propostas.

Governo do RN do PT registra saldo positivo de R$ 1,4 bilhão em março

Resultado de imagem para fabio danta e o prefeito do assu
Ex-vice governador Fábio Dantas chamou o deputado George Soares de bajulador de Fátima

O Governo do Rio Grande do Norte registrou até esta semana uma receita acumulada de R$ 3,159 bilhões, o que corresponde a cerca de 20,68% do previsto para o ano. Comparando com as despesas públicas até o mesmo período, delimitadas em R$ 1,75 bilhão, o Estado está com um saldo positivo de R$ 1,4 bilhão.

Os dados foram identificados no Portal da Transparência do Estado. O levantamento foi feito com os dados publicados até esta segunda-feira, 18. O resultado foi alvo de reclamações do ex-vice-governador do Estado, Fábio Dantas, que utilizou as redes sociais para criticar a falta de transparência do governo estadual.

“O que não entendo é porque o portal da transparência do próprio governo aponta esses números e o governo divulga outro. Tem dinheiro em caixa, segundo o portal da transparência”, disse ele, através das redes sociais.

Segundo o poder Executivo, a falta de recursos é a principal justificativa para o não pagamento de salários atrasados dos servidores estaduais. O governo não pagou o 13º salário de 2017, parte do Salário de novembro de 2018, o 13º salário de 2018 e Salário de dezembro de 2018. Atualmente, a dívida acumulada é de R$ 857 milhões.

Leia maisGoverno do RN do PT registra saldo positivo de R$ 1,4 bilhão em março

Ex-prefeito de Canguaretama, acusado de usar dinheiro irrregular ligado ao Bolsa Família

Wellison Ribeiro, de Canguaretama, foi absolvido em primeira instância, porém o Ministério Público entende que a decisão judicial deve ser modificada

O Ministério Público Federal (MPF) recorreu da absolvição do ex-prefeito de Canguaretama, Wellison Carlos Dantas Ribeiro, que em 2012 aplicou indevidamente R$ 109 mil ligados a programas complementares do Bolsa Família. Parcelas dessa verba terminaram sendo gastas com ornamentação de escolas para festas juninas. Além disso, ao deixar a Prefeitura ele ocultou documentos relativos à destinação dos recursos.

Apesar das irregularidades, o ex-prefeito foi absolvido em primeira instância. O MPF, contudo, reforça que – ao deixar a Prefeitura, no fim de 2012 – Wellison Ribeiro não só havia destinado o dinheiro para finalidades diferentes das previstas, como também ocultou os documentos e, por consequência, a prestação de contas foi parcialmente reprovada pelo Ministério de Desenvolvimento Social.

“Do total de R$ 421.502,07, R$ 109.428,17 foram impugnados pela ausência de comprovação dos gastos”, destaca o recurso do MPF, assinado pelo procurador da República Fernando Rocha. Parte desse dinheiro foi utilizado, irregularmente, para aquisição de bens permanentes e outra parte para ornamentação de escolas no período das festas juninas. Os recursos deveriam ser destinados exclusivamente a promover atividades de ação social ofertadas pelos “CRAS – Casa das Famílias”.

Leia maisEx-prefeito de Canguaretama, acusado de usar dinheiro irrregular ligado ao Bolsa Família

Senador do PPS protocola pedido de CPI para investigar ministros do STF

O senador Alessandro Vieira (PPS-SE) durante discurso na tribuna do Senado Foto: Pedro França / Pedro França/Agência Senado

O senador Alessandro Vieira  (PPS-SE) protocolou, o requerimento para instaurar a CPI dos Tribunais Superiores com objetivo de investigar, entre outros temas, a atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal ( STF ). O documento contém a assinatura de 29 senadores.

O presidente do Senado, David Alcolumbre (DEM-AP), informou  que vai aguardar um parecer da consultoria jurídica da Casa para decidir se dará prosseguimento ao pedido de abertura da CPI dos Tribunais Superiores , que foi protocolado nesta manhã.

A apresentação do requerimento ocorrer após uma semana em que duas decisões do Supremo causaram fortes reações entre políticos:  a abertura de um inquérito para apurar ataques à Corte  e  a manutenção na Justiça Eleitoral da investigação de crimes ligados ao caixa dois .

Leia maisSenador do PPS protocola pedido de CPI para investigar ministros do STF

Randolfe quer convocar Gilmar Mendes na CPI dos Tribunais Superiores

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) durante sessão no plenário do Senado Foto: Pedro França/Agência Senado/19-12-2018

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) já tem pronto um pedido de convocação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes e informou que vai apresentá-lo caso a CPI dos Tribunais Superiores seja instalada. O requerimento de abertura da comissão foi protocolado nesta terça-feira , com 29 assinaturas, duas a mais do que o necessário.

O pedido lista 13 fatos relacionados a magistrados, e cinco deles envolvem Gilmar. No pedido de convocação, Randolfe faz críticas ao ministro e afirma que ele assistirá “ao fim do reino absolutista de hostilidade à lei e à sociedade brasileira, que construiu do alto de palácios judiciais”

Ainda de acordo com o texto do senador, Gilmar “conhecerá o peso do império da lei que tantas vezes impôs, reconfortado pela toga, aos adversários e de que tantas vezes poupou seus amigos”.

Leia maisRandolfe quer convocar Gilmar Mendes na CPI dos Tribunais Superiores

Kajuru diz que Gilmar Mendes vende sentenças e ministro pede providências ao STF

O ministro Gilmar Mendes

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), fez uma representação contra o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) ao presidente do tribunal, ministro Dias Toffoli.

No documento, que foi protocolado nesta terça (19), Mendes cita trechos de uma entrevista do senador à Rádio Bandeirantes no domingo (17).

Kajuru afirma querer saber como o ministro “tem R$ 20 milhões de patrimônio”. “De onde você tirou esse patrimônio? De Mega Sena? De herança de quem você tirou, Gilmar Mendes? Foram das sentenças que você vendeu, seu canalha!”

O senador diz ainda Mendes é sócio dos ex-governadores tucanos Beto Richa (PR), Aécio Neves (MG) e Marconi Perillo (GO). “Nós vamos pegar, apurar, investigar todas as empresas que eles são sócios, que eles têm negociação, por que ele protegeu Aécio Neves, por que que ele protege o Marconi Perillo. Por que que ele protege tantos outros políticos.”

Segundo Kajuru, Mendes será o primeiro alvo da CPI da Toga. “Depois vamos nos Lewandowskis da vida”.

Mendes encaminhou as declarações ao ministro Toffoli para a “adoção das providências que entender cabíveis”.

Mônica Bergamo – Folha de São Paulo
error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: