PAGO COM RECURSO DOS ROYALTIES: Prefeitura do Assú cala boca da 89 FM por 4,5 reais mensais


Agora calar a boca das rádios de Assú virou alvo de TERMO DE FOMENTO, essa é a justificativa que o fantoche de prefeito, Gustavo Soares, autorizou para justificar o pagamento a rádio 89 Fm, que vinha desempenhando um trabalho de informação e serviço à população, mas que agora, recebeu um cala boca de 4,5 mil reais por mês, e vai apenas retransmitir as mentiras que a Prefeitura do Assú prega pra população.

Resta saber se a rádio 89 FM, vai continuar a ter programas independentes ou irá proibir qualquer assunto que não seja do agrado do fantoche Gustavo, e do seu pai, o prefeito de fato, Ronaldo Soares.

Ronaldo Soares como sempre, e a exemplo de seu filho, o deputado George, nunca gostou de ser contrariado, não aprendeu a conviver com opiniões divergentes, e sempre foi raivoso e vingativo quando se trata de mídia que mostra a verdade. Esperava o melhor momento para dar o bote e calar a boca, como aconteceu com a Rádio Princesa e agora com a 89 Fm.

O que mais estranha nessa história é que o pagamento sairá dos recursos dos royalties, o Blog do VT só não sabia, que calar boca de rádio era investimento, já que esses recursos só podem ser aplicados para essa finalidade.

O Ministério Público deve ficar de olho nessas manobras para favorecer o prefeito Gustavo Soares, impedindo que as reclamações da população tenham voz, e utilizando- se de recursos de royalties para pagar, e assim, supostamente burlando as leis vigentes do país.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: