Painel eletrônico da Assembleia permite interação com Sistema do Processo Legislativo

A partir da Sessão Plenária desta terça-feira (8), o Legislativo Potiguar traz mais uma inovação que irá facilitar o andamento dos seus trabalhos. É a sessão ordinária híbrida. Ela ocorrerá de forma mista, isto é, com deputados participando diretamente do Plenário e outros remotamente. Isso é possível devido à integração do Sistema de Deliberação Remota (SDR) com o eLegis (Sistema do Processo Legislativo Eletrônico), ambos desenvolvidos pela Diretoria de Gestão Tecnológica da Casa.

Com essa novidade implementada hoje, será possível controlar, a partir de um único sistema, a presença e votação dos parlamentares que se encontram no plenário, bem como dos que estão fora da sede. Estarão disponíveis ainda as pautas das sessões, já que o painel funcionará agora em total integração com o eLegis.

Para o diretor de Gestão Tecnológica da Casa, Mário Sergio Gurgel, uma das grandes inovações do referido painel eletrônico é o seu desenvolvimento interno. “Antes nós só tínhamos o painel eletrônico, contratado de uma empresa de Minas Gerais, e sem integração com o processo legislativo. A partir do desenvolvimento interno do sistema, é importante frisar a economia que isso vai nos trazer, porque não precisaremos mais licitar o equipamento. Além disso, eu acredito que nós seremos o Legislativo brasileiro com um dos painéis mais modernos e eficientes para plenário”, destacou.

Ainda de acordo com Mário Sergio, futuras implementações estão em desenvolvimento. “Em breve será adicionada, por exemplo, a opção para os deputados solicitarem suas inscrições para se pronunciarem como oradores e nos horários das proposições, lideranças e dos deputados, tornando o processo cada vez mais digital. Outro ponto importante é que o Painel Eletrônico está sendo desenvolvido para atender todas as sessões e reuniões do processo legislativo, incluindo as reuniões de comissões, que hoje ainda não trabalham de forma eletrônica”, concluiu.

Além de toda a novidade visual do Plenário, também foram feitas inovações no áudio. Isso porque está sendo feita a troca da tecnologia do sistema de áudio analógico para o digital, o que resulta em mais qualidade e confiabilidade no serviço de som das sessões. Hoje foi implementado o projeto digital no plenário e a próxima etapa é seguir para as comissões. O que está ocorrendo é uma substituição gradual de todos os equipamentos de áudio analógicos pela tecnologia digital. Nesta primeira fase foi substituída a mesa de som analógica do plenário pela mesa digital. Também foi instalada uma interface de áudio digital entre a mesa e o computador que controla a videoconferência das sessões ordinárias. Assim, os deputados que estão conectados remotamente conseguem ouvir o plenário e vice-versa.

Através de uma interface óptica, é enviado o som da mesa digital do plenário para a mesa de áudio da TV Assembleia, e é recebido o som da TV e repassado ao plenário.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: