fbpx

Procurador critica ‘ação política’ na Caixa

Resultado de imagem para caixa

A atuação política na Caixa Econômica pode ter desequilibrado o mercado financeiro, já que o banco público emprestava com juros menores a quem não devia. A afirmação foi feita pelo procurador da República Anselmo Henrique Cordeiro Lopes em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo.”

Ele conduz as investigações das operações Sépsis (que apura irregularidades em aporte do fundo de investimento do FGTS), da Cui Bono? (que investiga corrupção na liberação de empréstimos pela vice-presidência de pessoa jurídica da Caixa) e a própria Greenfield (cujo foco são desvios nos maiores fundos de pensão do país).

Na semana passada, por recomendação do Ministério Público Federal e do Banco Central, o presidente Michel Temer determinou o afastamento de quatro vice-presidentes da Caixa por 15 dias, devido a suspeita de corrupção e irregularidades. A decisão foi anunciada após procuradores da operação Greenfield alertarem o presidente, por meio de ofício, que ele poderia ser responsabilizado por “eventuais novos ilícitos” cometidos por gestores do banco.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: