fbpx

Servidores estaduais protestam para pressionar o governo a definir calendário de pagamento

A representação de servidores públicos do Estado que esteve em audiência com a secretária-chefe do Gabinete Civil, advogada Tatiana Mendes Cunha, na manhã desta quarta-feira (4), não teve nenhuma informação a mais sobre a atualização dos salários e pagamento de parcelas vencidas do 13º salário de 2017.

Porém, os dirigentes sindicais conseguiram marcar nova reunião com ela e representantes da área econômica do governo para a quinta-feira (12), às 12h, ocasião em que esperam uma definição do governo em relação à pauta de reivindicação do funcionalismo público estadual.

O pleito principal dos servidores é a atualização do pagamento salarial e definição de um calendário, mas a categoria também clama pela revisão dos salários, que não tem aumento geral desde 2010 e a realização de concursos públicos para áreas essenciais do serviço público.

Para pressionar o governo, os servidores estaduais organizaram pela manhã um ato público com o bloqueio das duas entradas de acesso ao Centro Administrativo, em Lagoa Nova, e, em seguida, se dirigiram à Governadoria para tentar uma audiência com representantes do Poder Executivo, o que terminou ocorrendo com a interlocução da chefe do Gabinete Civil por volta do meio dia. Tribuna do Norte

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: