SOBRA DINHEIRO E FALTA COMPETÊNCIA: Em sete meses, Prefeitura do Assú já embolsou mais de 51 milhões de reais

De janeiro até julho de 2019, os cofres da Prefeitura do Assú já receberam mais de 51 milhões de repasses, um aumento de quase 7% em relação ao mesmo período de 2018. Que foi de 48 milhões. Com os cofres cheios, o prefeito que só vai à cidade do Assú para turistar, Gustavo Soares, não sabe utilizar os recursos da melhor forma, deixando a população do Assú abandonada e indignada com o total descaso do suposto gestor público.

O que se vê nesses dois anos e meio de gestão, é um médico, de procedência duvidosa já que responde a inúmeros processos por erro médico, que foi colocado como gestor de um município, para pura e simplesmente, ressuscitar uma oligarquia política, já que não poderia ser seu irmão que é deputado e nem seu o pai o hitlerista Ronaldo Soares que foi aposentado forçadamente pela justiça por diversos malfeitos.

O tal medico formado lá no fim do mundo em medicina, porque não conseguiu passar em uma Universidade Federal ou estadual do RN, tem gosto mesmo é de viver entre Natal e Mossoró, tendo um motorista que é pago pela Prefeitura do Assú, para estar com ele em atividades particulares e de lazer.

Agora onde está esse dinheiro? O uso desses recursos é uma verdadeira CAIXA PRETA. Só a população é quem sabe e sofre na pele, com as escolas em situação deplorável, os servidores que não tem implantação do plano de cargos do funcionalismo, as pessoas que precisam da saúde que está um caos, faltando equipamentos e medicamentos.

A situação que a Prefeitura do Assú vive hoje é alarmante, sobra dinheiro e no entanto, há a carência de ações concretas e significantes, que prejudicam o bem-estar da população.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: