fbpx

Temer viaja com comitiva menor que vai à praia com ele no carnaval

Resultado de imagem para Presidente Michel Temer viaja com comitiva menor restinga

O presidente Michel Temer (MDB) embarcou ontem em Brasília, por volta das 10h40, para passar o feriado prolongado de Carnaval com a família na restinga de Marambaia, unidade da Marinha no Rio de Janeiro. A comitiva levada pelo presidente acabou sendo menor que a planejada inicialmente para a viagem. Temer pediu para reduzir o staff após a repercussão negativa com a divulgação de que a comitiva teria cerca de 60 pessoas, informação publicada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal “O Globo”.

Alegando questões de segurança, a assessoria do Planalto não divulgou o número exato de pessoas que efetivamente viajou para prestar serviços ao presidente e sua família na base naval. A redução da comitiva foi anunciada pelo ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) e contará apenas com o “mínimo indispensável”, segundo ele. Em entrevista à rádio Gaúcha, na semana passada, Padilha estimou um cálculo de cerca de 40 pessoas na nova comitiva presidencial.

De acordo com auxiliares, Temer teria ficado “muito incomodado” com as notícias publicadas em relação à equipe de 60 pessoas que seria necessária para que ele pudesse se instalar na casa oficial. O presidente chegou a pensar em desistir de ir, mas foi convencido do contrário e confirmou a viagem da família ao Rio. As informações sã da Agência Estado.

Nessa comitiva inicial estavam seguranças, médicos, enfermeiros, pessoal do cerimonial, imprensa e até um ecônomo, que administra despesas e necessidades dos viajantes. Também deveriam embarcar uma babá, camareiras, cozinheiros, garçons, copeiras e ajudantes para cuidar da arrumação da casa temporária do presidente. Não se sabe quais desses profissionais foram cortados da nova lista.

O escalão avançado que chega antes do presidente e trabalha na preparação do local para receber Temer e sua família já estava no Rio de Janeiro à espera do emedebista quando ele a família deixaram Brasília pela manhã.

Planos

Temer deve retornar ao trabalho somente na Quarta-feira de Cinzas. O foco do governo é fazer um esforço final para tentar aprovar ainda neste mês de fevereiro a reforma da Previdência na Câmara dos Deputados.

A discussão está prevista para começar no plenário da Câmara a partir do dia 19, e o governo almeja que o tema seja votado até o dia 28. Aliados, porém, já admitem que o tema pode ficar para depois das eleições.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: