fbpx

Toffoli diz não se arrepender do inquérito das fake news

O ministro Dias Toffoli (foto), do Supremo Tribunal Federal, afirmou nesta sexta-feira (11) não se arrepender da abertura do inquérito das fake news. O magistrado participou do Congresso Nacional das Sociedades de Advogados, em São Paulo, que reuniu desde quarta autoridades do Judiciário, políticos, juristas e advogados.

Eu não me arrependo do inquérito que foi muito criticado, em março de 2019, que eu abri para investigar as fake news e os seus financiadores, muitos financiando inverdades para atacar as instituições democráticas, em especial o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional”, disse na palestra.

Toffoli disse ainda que o maior desafio para o Judiciário é encontrar os limites para a liberdade de expressão. Ele também defendeu a necessidade de “enfrentar as narrativas que se colocam contra a ciência, a racionalidade e as instituições”.

O inquérito das fake news foi aberto em março de 2019 pelo próprio Toffoli — então presidente do STF –, que indicou o ministro Alexandre de Moraes como relator.

O Antagonista

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: